Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cultura
Festival da Canção de Balneário Camboriú terá novidades e menos canções competindo

Sexta, 8/11/2019 15:00.
Divulgação
Vitor Soltau, um dos competidores

Publicidade

A preparação para a 9ª edição do Festival da Canção de Balneário Camboriú segue com força total. O evento tem novidades este ano, como a menor quantidade de canções competindo (de 45 para 30), uma Mostra Paralela e ainda uma oficina de saúde vocal que será ministrada para os músicos participantes.

A presidente da Fundação Cultural de Balneário Camboriú, Bia Mattar, conta que as expectativas para o evento estão ‘bem grandes’, assim como a ansiedade. “A cada ano que passa vamos nos aperfeiçoando, e após nove edições aprendemos algumas coisas. Apresentamos neste ano a Mostra Paralela com a participação de cinco artistas que não vão estar concorrendo e vão se apresentar nos intervalos das apresentações oficiais, e a diminuição e 45 para 30 canções que estarão competindo”, explica. Na abertura, que acontece na noite do dia 26, quem irá tocar é a banda Terra à Vista, que conquistou o 2º lugar no Festival do ano passado, servindo inclusive como inspiração para os concorrentes desta edição.

Banda Terra a Vista, que conquistou o segundo lugar em 2018 e vai se apresentar na primeira noite do Festival

Bia salienta que sempre quiseram contar com apoio/patrocínio de empresas da região, mas que por conta da Fundação ser um órgão público tinham certa dificuldade, mas neste ano foi lançado um edital de apoio que selecionou apoiadores, dentre eles o Jornal Página 3, que é o jornal oficial do Festival da Canção. “O SESC também está nos apoiando, assim como a fonoaudióloga e cantora Luciana Assanti, que inclusive já trabalha com muitos artistas da região. Será no dia 25, no SESC, na véspera do Festival, e ela também irá na noite da grande final”, explica.

Apoiadores ainda podem se inscrever

A presidente acrescenta que se algum apoiador quiser participar, pode se inscrever até dia 25 pelo site da Fundação (https://culturabc.com.br/), onde estão disponíveis os editais, que podem ser preenchidos online. “Damos troféu e prêmio em dinheiro (mais de R$ 16 mil em premiação), mas caso algum empresário queira oferecer instrumentos ou bolsa de estudos na área da Música seria muito bacana”, completa.

Ao se credenciar, o apoiador cultural do Festival da Canção ganhará publicidade pelo serviço prestado. Entre as formas de apoio cultural previstas no edital, estão a produção de materiais gráficos, oferecimento de cursos e palestras relacionadas à música, disponibilização de brindes para serem sorteados durante o evento (como instrumentos musicais, bolsa de estudos), fornecimento de lanche nos camarins e transporte da equipe técnica e artistas. Em troca, os apoiadores ganharão inserções da marca/nome no material gráfico do Festival, citação na locução diária do evento e poderão instalar totens da empresa em espaços pré-determinados pela organização, entre outras publicidades.

Saiba mais

Com entrada gratuita, o Festival da Canção ocorrerá de 26 a 30 de novembro, no Teatro Municipal Bruno Nitz. O evento premia composições de estilo livre, com música e letra em língua portuguesa, originais, inéditas e de autoria de compositores residentes em Santa Catarina. Nesta edição, serão distribuídos mais de R$ 16 mil em premiação.

Canções selecionadas para o Festival

  • Guinguiando nº - Thales de Godoi Nunes
  • Contemplação – Pedro Germer Rolim de Moura
  • Violando – Renata Cristina Pantoja
  • Cordel das Flores – Bruno Kohl
  • Roque pa Ouvi na Rede – Felipe Moron Escanhoela
  • O Sentido de Viver – Glênio Marques Pinto
  • A Vida Não Espera – Maison Jacinto Freitas
  • O Grande Estado – Mathias Sani Richter
  • A Cura de Si – Mario Rodrigo Jacinto Freitas
  • Presente – Giovanna Letícia Rangel Rocha Tietz
  • Pleonasmo – Renato Janini
  • Coexistir – Thiago Crauss Forgiarini
  • Para (Des)conhecido – Joana Castanheira
  • Aurora – Edson Gilleady Azarias Inácio
  • Coitado de Mim – Eduardo Zanon Pereira
  • Sem Volta – Davison Fernando Simette
  • Vento – Ricardo Ledoux
  • Fica Mais um Pouco – Rinardy de Mattos Pedron
  • Caçador de Níquel – Micael Graciky
  • Todo Meu Nascer do Sol – Vitor Soltau
  • A Flor da Honestidade – Juan Daniel Isernhagen
  • Energia – Felipe da Costa Basso
  • Acorda Amor – Arele Almeida
  • Nos Campos dos Teus Olhos – Herus Cardoso
  • Silêncio – Anaís Franco Herdies
  • Furacão – Ângelo César da Silva
  • Remadas – Danilo José Alano Melo
  • Universo da Loucura de Nós Dois – Antônio Lázaro de Moraes Rodrigues
  • Sem Medo de Errar – Mário Tetto Pereira Neto
  • Lembrança – David Silva Ferreira


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
Vitor Soltau, um dos competidores
Vitor Soltau, um dos competidores

Festival da Canção de Balneário Camboriú terá novidades e menos canções competindo

Publicidade

Sexta, 8/11/2019 15:00.

A preparação para a 9ª edição do Festival da Canção de Balneário Camboriú segue com força total. O evento tem novidades este ano, como a menor quantidade de canções competindo (de 45 para 30), uma Mostra Paralela e ainda uma oficina de saúde vocal que será ministrada para os músicos participantes.

A presidente da Fundação Cultural de Balneário Camboriú, Bia Mattar, conta que as expectativas para o evento estão ‘bem grandes’, assim como a ansiedade. “A cada ano que passa vamos nos aperfeiçoando, e após nove edições aprendemos algumas coisas. Apresentamos neste ano a Mostra Paralela com a participação de cinco artistas que não vão estar concorrendo e vão se apresentar nos intervalos das apresentações oficiais, e a diminuição e 45 para 30 canções que estarão competindo”, explica. Na abertura, que acontece na noite do dia 26, quem irá tocar é a banda Terra à Vista, que conquistou o 2º lugar no Festival do ano passado, servindo inclusive como inspiração para os concorrentes desta edição.

Banda Terra a Vista, que conquistou o segundo lugar em 2018 e vai se apresentar na primeira noite do Festival

Bia salienta que sempre quiseram contar com apoio/patrocínio de empresas da região, mas que por conta da Fundação ser um órgão público tinham certa dificuldade, mas neste ano foi lançado um edital de apoio que selecionou apoiadores, dentre eles o Jornal Página 3, que é o jornal oficial do Festival da Canção. “O SESC também está nos apoiando, assim como a fonoaudióloga e cantora Luciana Assanti, que inclusive já trabalha com muitos artistas da região. Será no dia 25, no SESC, na véspera do Festival, e ela também irá na noite da grande final”, explica.

Apoiadores ainda podem se inscrever

A presidente acrescenta que se algum apoiador quiser participar, pode se inscrever até dia 25 pelo site da Fundação (https://culturabc.com.br/), onde estão disponíveis os editais, que podem ser preenchidos online. “Damos troféu e prêmio em dinheiro (mais de R$ 16 mil em premiação), mas caso algum empresário queira oferecer instrumentos ou bolsa de estudos na área da Música seria muito bacana”, completa.

Ao se credenciar, o apoiador cultural do Festival da Canção ganhará publicidade pelo serviço prestado. Entre as formas de apoio cultural previstas no edital, estão a produção de materiais gráficos, oferecimento de cursos e palestras relacionadas à música, disponibilização de brindes para serem sorteados durante o evento (como instrumentos musicais, bolsa de estudos), fornecimento de lanche nos camarins e transporte da equipe técnica e artistas. Em troca, os apoiadores ganharão inserções da marca/nome no material gráfico do Festival, citação na locução diária do evento e poderão instalar totens da empresa em espaços pré-determinados pela organização, entre outras publicidades.

Saiba mais

Com entrada gratuita, o Festival da Canção ocorrerá de 26 a 30 de novembro, no Teatro Municipal Bruno Nitz. O evento premia composições de estilo livre, com música e letra em língua portuguesa, originais, inéditas e de autoria de compositores residentes em Santa Catarina. Nesta edição, serão distribuídos mais de R$ 16 mil em premiação.

Canções selecionadas para o Festival

  • Guinguiando nº - Thales de Godoi Nunes
  • Contemplação – Pedro Germer Rolim de Moura
  • Violando – Renata Cristina Pantoja
  • Cordel das Flores – Bruno Kohl
  • Roque pa Ouvi na Rede – Felipe Moron Escanhoela
  • O Sentido de Viver – Glênio Marques Pinto
  • A Vida Não Espera – Maison Jacinto Freitas
  • O Grande Estado – Mathias Sani Richter
  • A Cura de Si – Mario Rodrigo Jacinto Freitas
  • Presente – Giovanna Letícia Rangel Rocha Tietz
  • Pleonasmo – Renato Janini
  • Coexistir – Thiago Crauss Forgiarini
  • Para (Des)conhecido – Joana Castanheira
  • Aurora – Edson Gilleady Azarias Inácio
  • Coitado de Mim – Eduardo Zanon Pereira
  • Sem Volta – Davison Fernando Simette
  • Vento – Ricardo Ledoux
  • Fica Mais um Pouco – Rinardy de Mattos Pedron
  • Caçador de Níquel – Micael Graciky
  • Todo Meu Nascer do Sol – Vitor Soltau
  • A Flor da Honestidade – Juan Daniel Isernhagen
  • Energia – Felipe da Costa Basso
  • Acorda Amor – Arele Almeida
  • Nos Campos dos Teus Olhos – Herus Cardoso
  • Silêncio – Anaís Franco Herdies
  • Furacão – Ângelo César da Silva
  • Remadas – Danilo José Alano Melo
  • Universo da Loucura de Nós Dois – Antônio Lázaro de Moraes Rodrigues
  • Sem Medo de Errar – Mário Tetto Pereira Neto
  • Lembrança – David Silva Ferreira

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade