Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cultura
Músico lamenta concerto cancelado por causa de reforma no telhado

Segunda, 14/10/2019 15:18.
Divulgação
Os músicos Dalmacio e Faig

Publicidade

O músico e compositor Marcos Pablo Dalmacio manifestou nas redes seu descontentamento com o cancelamento do concerto Duo dos Ventos, que ele faria junto com Cristian Faig, nesta terça-feira (15), no Museu Histórico de Itajaí. A apresentação faria parte do projeto ‘Música no Museu’. Dalmacio apresentaria peças com violão e instrumentos antigos e Faif, flauta, canto e percussão.

“Marcado há mais de dois meses, poucos dias antes simplesmente comunicam que não pode ser feito, porque serão realizados reparos no teto da instituição. Obviamente, se fosse uma situação de força maior, seria isso que teriam dito, mas como não foi aduzido nada nesse sentido, simplesmente cabe deduzir que a agenda das pessoas que trabalharão nessa obra se sobrepõe à agenda cultural que supostamente a instituição visa oferecer”, escreveu o músico.

Inconformado por não ter sido remarcado o concerto, Dalmacio segue dizendo que a situação é uma ‘amostra do estado geral das coisas’.

“Que seja tão fácil se desfazer dos compromissos sem ter pensado sequer numa solução é mais uma amostra do estado geral das coisas. Há algo ainda pior: se nós achamos isto normal é sinal de problemas mais essenciais. E pior ainda: se nos damos conta e nada dizemos nem fazemos, somos cúmplices do deterioro cultural geral, não por um concerto mais ou um concerto menos, senão pela anuência com as atitudes que sob a bandeira da democracia e boa vontade não fazem mais que contradizê-la”, concluiu.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
Os músicos Dalmacio e Faig
Os músicos Dalmacio e Faig

Músico lamenta concerto cancelado por causa de reforma no telhado

Publicidade

Segunda, 14/10/2019 15:18.

O músico e compositor Marcos Pablo Dalmacio manifestou nas redes seu descontentamento com o cancelamento do concerto Duo dos Ventos, que ele faria junto com Cristian Faig, nesta terça-feira (15), no Museu Histórico de Itajaí. A apresentação faria parte do projeto ‘Música no Museu’. Dalmacio apresentaria peças com violão e instrumentos antigos e Faif, flauta, canto e percussão.

“Marcado há mais de dois meses, poucos dias antes simplesmente comunicam que não pode ser feito, porque serão realizados reparos no teto da instituição. Obviamente, se fosse uma situação de força maior, seria isso que teriam dito, mas como não foi aduzido nada nesse sentido, simplesmente cabe deduzir que a agenda das pessoas que trabalharão nessa obra se sobrepõe à agenda cultural que supostamente a instituição visa oferecer”, escreveu o músico.

Inconformado por não ter sido remarcado o concerto, Dalmacio segue dizendo que a situação é uma ‘amostra do estado geral das coisas’.

“Que seja tão fácil se desfazer dos compromissos sem ter pensado sequer numa solução é mais uma amostra do estado geral das coisas. Há algo ainda pior: se nós achamos isto normal é sinal de problemas mais essenciais. E pior ainda: se nos damos conta e nada dizemos nem fazemos, somos cúmplices do deterioro cultural geral, não por um concerto mais ou um concerto menos, senão pela anuência com as atitudes que sob a bandeira da democracia e boa vontade não fazem mais que contradizê-la”, concluiu.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade