Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cultura
Movimento sugere nome de Júlio Batschauer para todo complexo anexo ao Teatro Bruno Nitz

Terça, 11/8/2020 12:11.
Divulgação

Publicidade

O movimento de artistas, que começou com a atriz Potyra Najara, de homenagear o artista Júlio Batschauer Filho que faleceu recentemente, colocando seu nome no teatro municipal continua, mas com uma nova proposição.

Potyra conta que no início sugeriu que o teatro recebesse o nome de Júlio, que já era conhecido como Juca do Teatro. Publicou nas redes uma foto do dia da inauguração do Teatro Municipal de Balneário Camboriú, onde ela estava junto com o Juca e outros colegas artistas, sugerindo seu nome como justa homenagem.

“Esta publicação gerou várias manifestações de apoio e no outro dia vários artistas, amigos e admiradores do trabalho realizado pelo Juca para a Arte e a Cultura da cidade, iniciaram um novo movimento nas redes sociais com esta sugestão inicial”, disse a atriz.

A ex-vereadora Marisa Zanoni Fernandes contatou a atriz e o vereador Nilson Probst também se inteirou deste movimento.

“Ele protocolou na Câmara de Vereadores o pedido para tornar real esta homenagem, porém com o cuidado de não mudar o nome do teatro, que já é nomeado, mas sim, para que todo o local que contempla o teatro, a galeria, a sede da Fundação Cultural, o Boulevard, a Praça Bruno Nitz, leve o nome de Complexo Cultural Júlio Batschauer Filho e achamos muito justo”, colocou Potyra.

O vereador Probst disse que o movimento está grande e forte. Ele afirmou que depois de conversar com artistas, a homenagem ganhou nova sugestão.

“Coloquei que não seria legal trocar o nome do teatro que chama Bruno Nitz. Aí veio a ideia de fazer algo diferente, nominar todo o conjunto cultural que funciona ali, a sede da Fundação Cultural, a Galeria de Artes, o Boulevard da Rua 200 incluindo o teatro e a praça com os nomes que já têm (Bruno Nitz) e eles aprovaram Assim protocolamos, permanece o nome Teatro Bruno Nitz e Praça Bruno Nitz e junto com tudo mais que tem ali, nasce o Complexo Cultural Bruno Batschauer Filho, lembrando que o projeto é um pedido da classe de artistas”, disse Probst.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação

Movimento sugere nome de Júlio Batschauer para todo complexo anexo ao Teatro Bruno Nitz

Publicidade

Terça, 11/8/2020 12:11.

O movimento de artistas, que começou com a atriz Potyra Najara, de homenagear o artista Júlio Batschauer Filho que faleceu recentemente, colocando seu nome no teatro municipal continua, mas com uma nova proposição.

Potyra conta que no início sugeriu que o teatro recebesse o nome de Júlio, que já era conhecido como Juca do Teatro. Publicou nas redes uma foto do dia da inauguração do Teatro Municipal de Balneário Camboriú, onde ela estava junto com o Juca e outros colegas artistas, sugerindo seu nome como justa homenagem.

“Esta publicação gerou várias manifestações de apoio e no outro dia vários artistas, amigos e admiradores do trabalho realizado pelo Juca para a Arte e a Cultura da cidade, iniciaram um novo movimento nas redes sociais com esta sugestão inicial”, disse a atriz.

A ex-vereadora Marisa Zanoni Fernandes contatou a atriz e o vereador Nilson Probst também se inteirou deste movimento.

“Ele protocolou na Câmara de Vereadores o pedido para tornar real esta homenagem, porém com o cuidado de não mudar o nome do teatro, que já é nomeado, mas sim, para que todo o local que contempla o teatro, a galeria, a sede da Fundação Cultural, o Boulevard, a Praça Bruno Nitz, leve o nome de Complexo Cultural Júlio Batschauer Filho e achamos muito justo”, colocou Potyra.

O vereador Probst disse que o movimento está grande e forte. Ele afirmou que depois de conversar com artistas, a homenagem ganhou nova sugestão.

“Coloquei que não seria legal trocar o nome do teatro que chama Bruno Nitz. Aí veio a ideia de fazer algo diferente, nominar todo o conjunto cultural que funciona ali, a sede da Fundação Cultural, a Galeria de Artes, o Boulevard da Rua 200 incluindo o teatro e a praça com os nomes que já têm (Bruno Nitz) e eles aprovaram Assim protocolamos, permanece o nome Teatro Bruno Nitz e Praça Bruno Nitz e junto com tudo mais que tem ali, nasce o Complexo Cultural Bruno Batschauer Filho, lembrando que o projeto é um pedido da classe de artistas”, disse Probst.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade