Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cultura
Lei Aldir Blanc depende da regulamentação para aplicar recursos nos municípios

Quinta, 13/8/2020 13:47.
Divulgação
Primeira reunião do Comitê Gestor

Publicidade

Em Balneário Camboriú Comitê Gestor se reuniu esta semana


O Comitê Gestor que vai decidir sobre a distribuição dos recursos da Lei Aldir Blanc em Balneário Camboriú reuniu-se pela primeira vez esta semana, mas ainda sem muitas decisões, porque falta regulamentar a legislação. A cultura de Balneário Camboriú receberá R$ 942.676,89.

Segundo a diretora de Arte da Fundação Cultural, Lilian Martins, integrante do Comitê, este primeiro encontro foi de apresentação e orientações gerais.

“A lei é bastante aberta, mas tudo vai depender da regulamentação para podermos tomar as devidas decisões em relação a aplicação dos recursos. Já é consenso que a aplicação dos recursos, não sabemos em qual porcentagem, será na manutenção dos espaços culturais e em editais, bolsas ou outras aplicações”, explicou a diretora da Fundação.

Ela segue dizendo todas as ‘preliminares’ foram feitas.

“Estamos prontos para receber o recurso, mas a regulamentação vai dizer de que forma será feito o cadastro, como será prestado contas deste recurso e agora precisamos que a sociedade civil se organize, que estejam levantando seus custos, seus equipamentos culturais, organizando a papelada, se cadastrando e os artistas organizando seus portfólios, sua documentação”, resumiu.

O Comitê Gestor é formado por Antonio Cesário Pereira Junior (Procurador do Município), Gilberto Paulo da Silva (diretor geral da Controladoria e Transparência Pública); Camila Brehm Cardoso (Contadora); Kiki Pereira, Denize Leite e Lilian Martins (Fundação Cultural); Dagma Fátima Castro e João Alexandre (Conselho Municipal da Cultura).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação
Primeira reunião do Comitê Gestor
Primeira reunião do Comitê Gestor

Lei Aldir Blanc depende da regulamentação para aplicar recursos nos municípios

Publicidade

Quinta, 13/8/2020 13:47.

Em Balneário Camboriú Comitê Gestor se reuniu esta semana


O Comitê Gestor que vai decidir sobre a distribuição dos recursos da Lei Aldir Blanc em Balneário Camboriú reuniu-se pela primeira vez esta semana, mas ainda sem muitas decisões, porque falta regulamentar a legislação. A cultura de Balneário Camboriú receberá R$ 942.676,89.

Segundo a diretora de Arte da Fundação Cultural, Lilian Martins, integrante do Comitê, este primeiro encontro foi de apresentação e orientações gerais.

“A lei é bastante aberta, mas tudo vai depender da regulamentação para podermos tomar as devidas decisões em relação a aplicação dos recursos. Já é consenso que a aplicação dos recursos, não sabemos em qual porcentagem, será na manutenção dos espaços culturais e em editais, bolsas ou outras aplicações”, explicou a diretora da Fundação.

Ela segue dizendo todas as ‘preliminares’ foram feitas.

“Estamos prontos para receber o recurso, mas a regulamentação vai dizer de que forma será feito o cadastro, como será prestado contas deste recurso e agora precisamos que a sociedade civil se organize, que estejam levantando seus custos, seus equipamentos culturais, organizando a papelada, se cadastrando e os artistas organizando seus portfólios, sua documentação”, resumiu.

O Comitê Gestor é formado por Antonio Cesário Pereira Junior (Procurador do Município), Gilberto Paulo da Silva (diretor geral da Controladoria e Transparência Pública); Camila Brehm Cardoso (Contadora); Kiki Pereira, Denize Leite e Lilian Martins (Fundação Cultural); Dagma Fátima Castro e João Alexandre (Conselho Municipal da Cultura).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade