Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cultura
"Bora Pelo Mundo" traz ângulos diferentes de quem trabalha fotografando na água

Quinta, 10/9/2020 7:01.
Ricardo Alves

Publicidade

Durante o mês de setembro a exposição Bora Pelo Mundo, na Praia Brava, traz momentos vividos pelo fotógrafo Ricardo Alves nos seus quase 20 anos de trajetória como fotógrafo de surf em diversos lugares do mundo.

Apesar de ter as ondas como tema principal do seu trabalho, nessa mostra, Bora, como é conhecido pelos amigos, traz uma visão singular de como enxerga seu ambiente de trabalho, que vai além do surf. "Tem várias fotos aquáticas e submersas, é um outro universo… iluminado, silencioso. Eu gosto muito de estar lá. A gente surfa a vida inteira e nunca viu o que acontece debaixo dágua".

Mesclando arte, surfe, natureza e decoração, as 12 fotos foram ampliadas em tamanho grande, cinco delas nos papéis de fibra de bambu da empresa Hahnemühle que apoiou a mostra. Os quadros receberam molduras de madeira de demolição, peroba e canela.

A exposição, que acontece na galeria Bora Brasil, recém inaugurada na Praia Brava, também conta com uma foto de Balneário, outra da Brava, onde Ricardocomeçou a fotografar e vive até hoje. "A Praia Brava é minha escola, meu estúdio, minha vida, estou há 15 anos aqui, então tenho que estar sempre me reinventando, buscando outro ângulo, outra luz".

A galeria Bora Brasil funciona de terça a domingo, das 14h às 19h, na Av. Delfim de Pádua Peixoto, 1080, Praia Brava, Itajaí.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Ricardo Alves

"Bora Pelo Mundo" traz ângulos diferentes de quem trabalha fotografando na água

Publicidade

Quinta, 10/9/2020 7:01.

Durante o mês de setembro a exposição Bora Pelo Mundo, na Praia Brava, traz momentos vividos pelo fotógrafo Ricardo Alves nos seus quase 20 anos de trajetória como fotógrafo de surf em diversos lugares do mundo.

Apesar de ter as ondas como tema principal do seu trabalho, nessa mostra, Bora, como é conhecido pelos amigos, traz uma visão singular de como enxerga seu ambiente de trabalho, que vai além do surf. "Tem várias fotos aquáticas e submersas, é um outro universo… iluminado, silencioso. Eu gosto muito de estar lá. A gente surfa a vida inteira e nunca viu o que acontece debaixo dágua".

Mesclando arte, surfe, natureza e decoração, as 12 fotos foram ampliadas em tamanho grande, cinco delas nos papéis de fibra de bambu da empresa Hahnemühle que apoiou a mostra. Os quadros receberam molduras de madeira de demolição, peroba e canela.

A exposição, que acontece na galeria Bora Brasil, recém inaugurada na Praia Brava, também conta com uma foto de Balneário, outra da Brava, onde Ricardocomeçou a fotografar e vive até hoje. "A Praia Brava é minha escola, meu estúdio, minha vida, estou há 15 anos aqui, então tenho que estar sempre me reinventando, buscando outro ângulo, outra luz".

A galeria Bora Brasil funciona de terça a domingo, das 14h às 19h, na Av. Delfim de Pádua Peixoto, 1080, Praia Brava, Itajaí.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade