Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Seu Dinheiro
Balneário Camboriú é segunda colocada no m2 mais valorizado do litoral brasileiro

Itajaí teve a segunda maior valorização imobiliária do país entre as litorâneas em 2019 e foi terceira no geral

Quarta, 8/1/2020 6:50.
Facebook Fabrício Oliveira
Praia central de Balneário Camboriú

Publicidade

O balanço de 2019 do Índice Fipe/Zap, divulgado ontem com destaque no Jornal Nacional da Rede Globo, mostrou Balneário Camboriú como terceira colocada no país pelo critério custo do m2 dos imóveis e segunda colocada entre as litorâneas, atrás apenas do Rio de Janeiro.

O Índice é apurado mensalmente pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, com base nos anúncios do portal Zap, o maior do país.

Na manhã desta quarta-feira o Zap tinha 2.405.105 imóveis em oferta, sendo 16.409 de Balneário Camboriú; 21.847 de Itajaí e 39.779 de Florianópolis.

Itajaí também se destacou, teve a segunda maior valorização imobiliária do país entre as cidades litorâneas, assim como Florianópolis que aparece no topo do relatório por ser a sexta colocada no valor do m2.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Facebook Fabrício Oliveira
Praia central de Balneário Camboriú
Praia central de Balneário Camboriú

Balneário Camboriú é segunda colocada no m2 mais valorizado do litoral brasileiro

Itajaí teve a segunda maior valorização imobiliária do país entre as litorâneas em 2019 e foi terceira no geral

Publicidade

Quarta, 8/1/2020 6:50.

O balanço de 2019 do Índice Fipe/Zap, divulgado ontem com destaque no Jornal Nacional da Rede Globo, mostrou Balneário Camboriú como terceira colocada no país pelo critério custo do m2 dos imóveis e segunda colocada entre as litorâneas, atrás apenas do Rio de Janeiro.

O Índice é apurado mensalmente pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, com base nos anúncios do portal Zap, o maior do país.

Na manhã desta quarta-feira o Zap tinha 2.405.105 imóveis em oferta, sendo 16.409 de Balneário Camboriú; 21.847 de Itajaí e 39.779 de Florianópolis.

Itajaí também se destacou, teve a segunda maior valorização imobiliária do país entre as cidades litorâneas, assim como Florianópolis que aparece no topo do relatório por ser a sexta colocada no valor do m2.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade