Jornal Página 3

Setor de serviços cresce 1% e tem melhor abril desde 2013, aponta IBGE
EBC.

Quarta, 14/6/2017 12:51.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O setor de serviços cresceu 1% em abril deste ano, depois de ter fechado março com retração de 2,6% na série livre de influências sazonais. Ainda assim, este é o melhor resultado para os meses de abril desde os 2,1% de 2013 e o melhor resultado para o setor desde março de 2016, quando houve crescimento de 1,2%. As informações são da Agência Brasil.

Os dados fazem parte da PMS (Pesquisa Mensal de Serviços), divulgada nesta quarta (14) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Mesmo com o crescimento de abril diante de março, o setor de serviços encerrou os primeiros quatro meses do ano com queda acumulada de 4,9%.

Os dados da pesquisa indicam, ainda, que o setor acumula em abril, na comparação com abril de 2016 (série sem ajuste sazonal) retração de 5,6%, a maior para os meses de abril de toda a série histórica e acompanhando as retrações de 5,2% e de 5,3% de março e fevereiro na série do acumulado dos últimos 12 meses, sempre em comparação aos 12 meses imediatamente anteriores. Quando comparado a abril do ano passado, a retração é de 5,6%.

Mesmo com a queda na atividade de serviços, a receita nominal do setor em abril acusou variação positiva de 0,5% em relação a março (série com ajuste), embora tenha fechado com recuo de 0,4% na comparação com mesmo mês do ano anterior (sem ajuste sazonal).

Com o crescimento de abril, a receita nominal do setor fechou os primeiros quatro meses do ano com crescimento de 0,6%, enquanto a dos últimos 12 meses ficou estável (0,0%).

Resultado por atividade

Os dados indicam, ainda, que, por atividade, o resultado de maior peso sobre o indicador global foi a do segmento de transportes, serviços auxiliares de transportes e Correios, que teve crescimento de 1% em abril sobre março (série com ajuste).

Os setores de serviços de informação e comunicação e outros serviços registraram queda de 0,2% e 5,8%, respectivamente.

Já o agregado especial das atividades turísticas apresentou recuo de 2% na comparação com março. 


Publicidade


Colunistas
por Fernando Baumann
por Sonia Tetto
por Saint Clair Nickelle
por Augusto Cesar Diegoli
por Marcos Vinicios Pagelkopf
por Enéas Athanázio
Cidade

PIB cresceu forte sob Pavan e Spernau e desacelerou entre 2010 e 2015


Cidade

Crise econômica impacta negativamente nas contas públicas  


Cidade

Vigoroso trabalho de recuperação está em andamento 


Policia

Soldados tiveram sete meses de aulas práticas e teóricas no 12º Batalhão


Guia Legal BC

Banda se apresenta no dia 5 de janeiro


Geral

Consórcio pode ser o fato mais relevante desde que as duas cidades se separaram 53 anos atrás 


Publicidade