Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Economia
Emasa recadastrando beneficiários da Tarifa Social

Sexta, 1/11/2019 17:11.
Divulgação/Emasa

Publicidade

A Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa) começou a recadastrar os 56 moradores de Balneário Camboriú beneficiados pela Tarifa Social. Eles pagam uma tarifa diferenciada para os serviços de abastecimento, saneamento e tratamento de resíduos para famílias com menos rendimentos. Eles estão sendo notificados e têm 30 dias (até 24 de novembro) para atualizar o cadastro. Quem não comparecer, perde o benefício.

Para ser beneficiado da Tarifa Social, é necessária a comprovação dos requisitos para enquadramento no benefício, de acordo com o item 10.3.1. da Resolução ARESC 061 de 28 de julho de 2017: fazer parte do segmento residencial; possuir renda familiar total de até dois salários mínimos; e ser inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Vale ressaltar que é de responsabilidade do consumidor a solicitação da Tarifa Social ao prestador de serviço.

A documentação para o recadastramento deve ser entregue pessoalmente no balcão de atendimento da Emasa (Quarta Avenida, 250), de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h e aos sábados, das 9h às 12h.

Documentos

- Documento pessoal com foto;

- Declaração de que a renda familiar é inferior à dois salários mínimos nacional vigente;

- Comprovante de inscrição do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), que pode ser acessado em https://aplicacoes.mds.gov.br/sagi/consulta_cidadao.

Informações - Emasa (47) 3261-0000


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação/Emasa

Emasa recadastrando beneficiários da Tarifa Social

Publicidade

Sexta, 1/11/2019 17:11.

A Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa) começou a recadastrar os 56 moradores de Balneário Camboriú beneficiados pela Tarifa Social. Eles pagam uma tarifa diferenciada para os serviços de abastecimento, saneamento e tratamento de resíduos para famílias com menos rendimentos. Eles estão sendo notificados e têm 30 dias (até 24 de novembro) para atualizar o cadastro. Quem não comparecer, perde o benefício.

Para ser beneficiado da Tarifa Social, é necessária a comprovação dos requisitos para enquadramento no benefício, de acordo com o item 10.3.1. da Resolução ARESC 061 de 28 de julho de 2017: fazer parte do segmento residencial; possuir renda familiar total de até dois salários mínimos; e ser inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Vale ressaltar que é de responsabilidade do consumidor a solicitação da Tarifa Social ao prestador de serviço.

A documentação para o recadastramento deve ser entregue pessoalmente no balcão de atendimento da Emasa (Quarta Avenida, 250), de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h e aos sábados, das 9h às 12h.

Documentos

- Documento pessoal com foto;

- Declaração de que a renda familiar é inferior à dois salários mínimos nacional vigente;

- Comprovante de inscrição do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), que pode ser acessado em https://aplicacoes.mds.gov.br/sagi/consulta_cidadao.

Informações - Emasa (47) 3261-0000


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade