Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Educação
Educação de Balneário Camboriú segue planejando a Proposta Curricular

Ano letivo de 2020 poderá seguir em 2021

Sexta, 14/8/2020 17:47.

Publicidade

A sistematização e atualização da Proposta Curricular do Município e implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), iniciou-se em novembro de 2019. Educadores de Balneário se reuniram em dezembro e janeiro para os estudos e síntese deste documento. A pandemia paralisou as reuniões, que foram retomadas nesta semana (11), de forma online, através do aplicativo Google Meet.

Vários profissionais do segmento da Educação estão fazendo parte deste processo, como professores, especialistas, gestores das unidades, demais servidores da educação e técnicos. Um ponto debatido é o ano escolar de 2020, que será finalizado neste ano para a Educação Infantil, mas ainda está sendo analisado se seguirá em 2021 para o Ensino Fundamental.

A secretária de Educação, Rosângela Percegona Borba, explica que o trabalho de estrutura curricular não parou, mesmo com as aulas da rede municipal acontecendo de forma online desde março.

“Tivemos que remodelar o calendário, currículo, colocar as atividades online que se encaixassem como baixa interação com o professor, para o aluno conseguir se desenvolver na plataforma. Priorizamos deixar para as aulas presenciais as atividades do currículo que exigem maior mediação do professor”, diz.

Porém, as formações continuadas – que já acontecem há três anos e integram as metas do Plano Municipal de Educação – não estavam acontecendo, sendo retomadas somente nesta semana, com a participação da Educação Infantil, Fundamental e Especial.

“Discutimos a questão e adequação curricular. Temos um respaldo do Ministério de Educação que para a Educação Infantil, neste ano, não será necessário cumprir nem os dias letivos e quantidade de horas, eram 800h, baixaram para 600h, e agora nos deram a possibilidade de fechar o ano em 2020. Porém, o Ensino Fundamental, onde teremos outros conteúdos, que são inclusive pré-requisitos para os próximos anos, estamos estudando junto aos governos federal e estadual para decidir se vamos terminar o ano letivo de 2020 em 2020 ou se vamos adentrar 2021 para finalizá-lo”, salienta.

A secretária informa que ainda não sabem quando terão a resposta quanto a esse ponto, já que por conta da pandemia de Covid-19 os decretos alteram-se com frequência.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Educação de Balneário Camboriú segue planejando a Proposta Curricular

Ano letivo de 2020 poderá seguir em 2021

Publicidade

Sexta, 14/8/2020 17:47.

A sistematização e atualização da Proposta Curricular do Município e implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), iniciou-se em novembro de 2019. Educadores de Balneário se reuniram em dezembro e janeiro para os estudos e síntese deste documento. A pandemia paralisou as reuniões, que foram retomadas nesta semana (11), de forma online, através do aplicativo Google Meet.

Vários profissionais do segmento da Educação estão fazendo parte deste processo, como professores, especialistas, gestores das unidades, demais servidores da educação e técnicos. Um ponto debatido é o ano escolar de 2020, que será finalizado neste ano para a Educação Infantil, mas ainda está sendo analisado se seguirá em 2021 para o Ensino Fundamental.

A secretária de Educação, Rosângela Percegona Borba, explica que o trabalho de estrutura curricular não parou, mesmo com as aulas da rede municipal acontecendo de forma online desde março.

“Tivemos que remodelar o calendário, currículo, colocar as atividades online que se encaixassem como baixa interação com o professor, para o aluno conseguir se desenvolver na plataforma. Priorizamos deixar para as aulas presenciais as atividades do currículo que exigem maior mediação do professor”, diz.

Porém, as formações continuadas – que já acontecem há três anos e integram as metas do Plano Municipal de Educação – não estavam acontecendo, sendo retomadas somente nesta semana, com a participação da Educação Infantil, Fundamental e Especial.

“Discutimos a questão e adequação curricular. Temos um respaldo do Ministério de Educação que para a Educação Infantil, neste ano, não será necessário cumprir nem os dias letivos e quantidade de horas, eram 800h, baixaram para 600h, e agora nos deram a possibilidade de fechar o ano em 2020. Porém, o Ensino Fundamental, onde teremos outros conteúdos, que são inclusive pré-requisitos para os próximos anos, estamos estudando junto aos governos federal e estadual para decidir se vamos terminar o ano letivo de 2020 em 2020 ou se vamos adentrar 2021 para finalizá-lo”, salienta.

A secretária informa que ainda não sabem quando terão a resposta quanto a esse ponto, já que por conta da pandemia de Covid-19 os decretos alteram-se com frequência.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade