Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Educação
Deputado Caropreso pede socorro financeiro a escolas particulares

A indicação foi aprovada na Assembleia nesta quarta

Quinta, 27/8/2020 9:18.

Publicidade

O Plenário da Assembleia Legislativa aprovou nesta quarta-feira (26), indicação do deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB) solicitando socorro financeiro do Estado a escolas particulares de Santa Catarina, afetadas pela pandemia de Covid-19.

“Sabemos do impacto brutal sobre as mais de mil escolas particulares que estão perdendo milhares de alunos, muitas estão tendo graves dificuldades para honrar seus compromissos financeiros e manter professores empregados”, argumentou o parlamentar.

O deputado pede que a Secretaria da Fazenda proceda abertura de linhas de crédito para as escolas particulares do Estado, a fim de garantir capital de giro e contribuir para a manutenção das atividades e salvaguardar empregos.

Volta às aulas

O deputado destacou o trabalho desempenhado pelo governo do Estado junto com entidades do setor público e privado na elaboração do Plano Estadual de Contingência para a educação, documento que irá definir protocolos de higiene, segurança sanitária e demais medidas necessárias para a volta às aulas presenciais no Estado, prevista para o dia 13 de outubro.

“Um grupo abrangente, consistente e representativo da sociedade está trabalhando nesse processo que é uma questão de educação, mas também de saúde pública e econômica. O governo do Estado está agindo com responsabilidade, planejamento, em conjunto com a sociedade nessa questão para que a volta às aulas aconteça de forma segura para o bem de todos nós”, disse o deputado Dr. Vicente.

No documento constarão as medidas sanitárias, ações pedagógicas, gestão de pessoas, transporte escolar, alimentação escolar, capacitação e treinamento, ações de comunicação, entre outras, para o retorno de alunos e professores à sala de aula, compatíveis com o momento da pandemia e pós pandemia, de forma a garantir a segurança e saúde da comunidade escolar.

O número de alunos no Estado equivale a 22% da população e a rede de ensino engloba 205 mil profissionais, entre professores, trabalhadores do setor administrativo, pedagógico e serviços gerais.

“Quero destacar o trabalho e a dedicação dos professores nessa pandemia. Estão trabalhando mais e tiveram que se reinventar com o carro em movimento para oferecer aulas virtuais atrativas e garantir o prosseguimento do ano letivo”, pontuou o deputado.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Gabinete


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Deputado Caropreso pede socorro financeiro a escolas particulares

A indicação foi aprovada na Assembleia nesta quarta

Publicidade

Quinta, 27/8/2020 9:18.

O Plenário da Assembleia Legislativa aprovou nesta quarta-feira (26), indicação do deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB) solicitando socorro financeiro do Estado a escolas particulares de Santa Catarina, afetadas pela pandemia de Covid-19.

“Sabemos do impacto brutal sobre as mais de mil escolas particulares que estão perdendo milhares de alunos, muitas estão tendo graves dificuldades para honrar seus compromissos financeiros e manter professores empregados”, argumentou o parlamentar.

O deputado pede que a Secretaria da Fazenda proceda abertura de linhas de crédito para as escolas particulares do Estado, a fim de garantir capital de giro e contribuir para a manutenção das atividades e salvaguardar empregos.

Volta às aulas

O deputado destacou o trabalho desempenhado pelo governo do Estado junto com entidades do setor público e privado na elaboração do Plano Estadual de Contingência para a educação, documento que irá definir protocolos de higiene, segurança sanitária e demais medidas necessárias para a volta às aulas presenciais no Estado, prevista para o dia 13 de outubro.

“Um grupo abrangente, consistente e representativo da sociedade está trabalhando nesse processo que é uma questão de educação, mas também de saúde pública e econômica. O governo do Estado está agindo com responsabilidade, planejamento, em conjunto com a sociedade nessa questão para que a volta às aulas aconteça de forma segura para o bem de todos nós”, disse o deputado Dr. Vicente.

No documento constarão as medidas sanitárias, ações pedagógicas, gestão de pessoas, transporte escolar, alimentação escolar, capacitação e treinamento, ações de comunicação, entre outras, para o retorno de alunos e professores à sala de aula, compatíveis com o momento da pandemia e pós pandemia, de forma a garantir a segurança e saúde da comunidade escolar.

O número de alunos no Estado equivale a 22% da população e a rede de ensino engloba 205 mil profissionais, entre professores, trabalhadores do setor administrativo, pedagógico e serviços gerais.

“Quero destacar o trabalho e a dedicação dos professores nessa pandemia. Estão trabalhando mais e tiveram que se reinventar com o carro em movimento para oferecer aulas virtuais atrativas e garantir o prosseguimento do ano letivo”, pontuou o deputado.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Gabinete

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade