Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Educação
Dia da Mulher no IFC Camboriú debate racismo, discriminação e crimes de ódio no país

Sexta, 6/3/2020 16:08.
Reprodução

Publicidade

O Dia Internacional da Mulher será lembrado pelo Instituto Federal Catarinense (IFC)/Campus Camboriú, com uma roda de conversa intitulada: “Dia Internacional da Mulher: racismo, discriminação e crimes de ódio no Brasil”, na segunda-feira (9), das 8h30 às 11h45.

O evento faz parte do cronograma de encerramento dos projetos de extensão: “Pesquisando, ensinando e aprendendo história afro-brasileira e indígena” e “Perifa nas escolas: RAP, HIP-HOP e a cultura popular na Foz do Itajaí”, coordenados pela professora do campus, Sônia Regina Lamego Lino.

A programação traz temas como: história afro-indígena, cultura negra, gênero, crimes de ódio, racismo e discriminação no Brasil. De acordo com a coordenadora dos projetos, a proposta é trazer para reflexão o racismo estrutural, os obstáculos colocados às mulheres, particulares as negras, PCD, questões de gênero e as perdas decorrentes, relacionadas como a exclusão social (baixa autoestima, pouca realização pessoal, doenças, entre outras).

Programa

Horário: 8h30 – 9h

Abertura: Apresentação Cultural: HIP HOP, Grupo de alunos do Projeto e ensino médio do IFC. Coordenação Servidora do IFC Ana Chagas

Horário: 9h – 9h30

Roda de Conversas: História Afro-brasileira e Indígena, racismo, exclusão, discriminação, agressão, como chegamos até aqui, Brasil, 2020? Prof. Marcos Caneta (PC/SC e Diretor do Instituto Liberdade e da Escola Olodum Sul). Prof. Márcio de Souza (IEE/SC).

9h30 – 9h45 – Intervalo

Horário: 9h45 – 10h15

Roda de Conversas: Dia Internacional da Mulher impactos/ganhos para a mulher negra e indígena. Profa. Clarissa (UFSC)

Horário: 10h15 – 10h30

Roda de Conversas: Racismo Estrutural no Brasil, implicações para questões de gênero. Prof. Junior. (COPPIR/ Prefeitura Municipal de Florianópolis)

Horário: 10h30 – 11h

Roda de Conversas: Crimes de Ódio. Feminicídio: o perfil das vítimas no Brasil. Como se defender: Cartilha do Amor. Advogado, Dr. Valdir Mendes. Advogado, Dr. Urata

Horário: 11h – 11h30

Roda de Conversas: Homofobia, agravantes para a população negra, indígena e PCD. Advogada, Dra. Margarete (Comissão Homofobia OAB/SC). Advogada Dra. Márcia Cristina Lamego (IASC e OAB/SJ)

Horário: 11h30 – 11h45

Roda de Conversas: O Brasil do futuro: menor desigualdade social, violência, racismo, homofobia… Esperançar é verbo! Psicólogo, Dr. Sílvio Serafim (UFSC).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Reprodução

Dia da Mulher no IFC Camboriú debate racismo, discriminação e crimes de ódio no país

Publicidade

Sexta, 6/3/2020 16:08.

O Dia Internacional da Mulher será lembrado pelo Instituto Federal Catarinense (IFC)/Campus Camboriú, com uma roda de conversa intitulada: “Dia Internacional da Mulher: racismo, discriminação e crimes de ódio no Brasil”, na segunda-feira (9), das 8h30 às 11h45.

O evento faz parte do cronograma de encerramento dos projetos de extensão: “Pesquisando, ensinando e aprendendo história afro-brasileira e indígena” e “Perifa nas escolas: RAP, HIP-HOP e a cultura popular na Foz do Itajaí”, coordenados pela professora do campus, Sônia Regina Lamego Lino.

A programação traz temas como: história afro-indígena, cultura negra, gênero, crimes de ódio, racismo e discriminação no Brasil. De acordo com a coordenadora dos projetos, a proposta é trazer para reflexão o racismo estrutural, os obstáculos colocados às mulheres, particulares as negras, PCD, questões de gênero e as perdas decorrentes, relacionadas como a exclusão social (baixa autoestima, pouca realização pessoal, doenças, entre outras).

Programa

Horário: 8h30 – 9h

Abertura: Apresentação Cultural: HIP HOP, Grupo de alunos do Projeto e ensino médio do IFC. Coordenação Servidora do IFC Ana Chagas

Horário: 9h – 9h30

Roda de Conversas: História Afro-brasileira e Indígena, racismo, exclusão, discriminação, agressão, como chegamos até aqui, Brasil, 2020? Prof. Marcos Caneta (PC/SC e Diretor do Instituto Liberdade e da Escola Olodum Sul). Prof. Márcio de Souza (IEE/SC).

9h30 – 9h45 – Intervalo

Horário: 9h45 – 10h15

Roda de Conversas: Dia Internacional da Mulher impactos/ganhos para a mulher negra e indígena. Profa. Clarissa (UFSC)

Horário: 10h15 – 10h30

Roda de Conversas: Racismo Estrutural no Brasil, implicações para questões de gênero. Prof. Junior. (COPPIR/ Prefeitura Municipal de Florianópolis)

Horário: 10h30 – 11h

Roda de Conversas: Crimes de Ódio. Feminicídio: o perfil das vítimas no Brasil. Como se defender: Cartilha do Amor. Advogado, Dr. Valdir Mendes. Advogado, Dr. Urata

Horário: 11h – 11h30

Roda de Conversas: Homofobia, agravantes para a população negra, indígena e PCD. Advogada, Dra. Margarete (Comissão Homofobia OAB/SC). Advogada Dra. Márcia Cristina Lamego (IASC e OAB/SJ)

Horário: 11h30 – 11h45

Roda de Conversas: O Brasil do futuro: menor desigualdade social, violência, racismo, homofobia… Esperançar é verbo! Psicólogo, Dr. Sílvio Serafim (UFSC).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade