Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Educação
Aluno de Balneário Camboriú é destaque em desafio virtual da Olimpíada de Matemática

Terça, 29/9/2020 14:12.

Publicidade

O estudante Leonardo Figueiredo da Silva, do 6º ano B do CEM Governador Ivo Silveira, foi destaque em um desafio virtual lançado pela Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) que não pôde acontecer neste ano por conta da pandemia de Covid-19. Leonardo já havia recebido um certificado honroso da escola por sua participação na competição em 2018.

Ele é aluno da professora Norma Wielens, participou do desafio virtual no último dia 14, tendo êxito em resolver o problema. A mãe Jéssica conta que Matemática é a matéria preferida. Para resolver o desafio virtual proposto pela Olimpíada, ele usou um conteúdo ensinado pela professora durante a quarentena, de maneira remota.

“O Leo é apaixonado por Matemática, e ele ficou muito feliz por ter conseguido resolver o desafio”, diz.

Leo contou para o Página 3 que começou a gostar de Matemática no 4º ano, quando ganhou a menção honrosa na Obmep nível A. Ele confessa que é difícil dizer qual conteúdo gosta mais dentro da matéria, já que no início de cada um parece ser ‘uma coisa de outro mundo’ e que até mesmo se sente frustrado, mas quando consegue resolver os problemas propostos pela professora Norma se sente orgulhoso.

“Neste ano seria a minha primeira Obmep nível 1, mas com a pandemia o sonho de conquistar uma medalha foi adiado. Isso não me entristeceu, pelo contrário, me motivou a estudar mais e estar preparado para o ano que vem”, afirma.

Sobre o desafio virtual do qual participou, o estudante explica que, apesar de simples, para ele teve grande valor, já que só foi possível respondê-lo porque recentemente aprendeu o conteúdo em aula.

“Quem sabe, quando eu tiver mais conhecimentos em Matemática, posso criar um canal no YouTube, para ensinar outras pessoas que precisam. Agradeço todos os professores, em especial a professora Norma, que mesmo diante dos desafios não mede esforços para nos ensinar, assim como a Secretaria de Educação, que estão se esforçando para todos os alunos manterem o aprendizado com qualidade”, completa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Aluno de Balneário Camboriú é destaque em desafio virtual da Olimpíada de Matemática

Publicidade

Terça, 29/9/2020 14:12.

O estudante Leonardo Figueiredo da Silva, do 6º ano B do CEM Governador Ivo Silveira, foi destaque em um desafio virtual lançado pela Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) que não pôde acontecer neste ano por conta da pandemia de Covid-19. Leonardo já havia recebido um certificado honroso da escola por sua participação na competição em 2018.

Ele é aluno da professora Norma Wielens, participou do desafio virtual no último dia 14, tendo êxito em resolver o problema. A mãe Jéssica conta que Matemática é a matéria preferida. Para resolver o desafio virtual proposto pela Olimpíada, ele usou um conteúdo ensinado pela professora durante a quarentena, de maneira remota.

“O Leo é apaixonado por Matemática, e ele ficou muito feliz por ter conseguido resolver o desafio”, diz.

Leo contou para o Página 3 que começou a gostar de Matemática no 4º ano, quando ganhou a menção honrosa na Obmep nível A. Ele confessa que é difícil dizer qual conteúdo gosta mais dentro da matéria, já que no início de cada um parece ser ‘uma coisa de outro mundo’ e que até mesmo se sente frustrado, mas quando consegue resolver os problemas propostos pela professora Norma se sente orgulhoso.

“Neste ano seria a minha primeira Obmep nível 1, mas com a pandemia o sonho de conquistar uma medalha foi adiado. Isso não me entristeceu, pelo contrário, me motivou a estudar mais e estar preparado para o ano que vem”, afirma.

Sobre o desafio virtual do qual participou, o estudante explica que, apesar de simples, para ele teve grande valor, já que só foi possível respondê-lo porque recentemente aprendeu o conteúdo em aula.

“Quem sabe, quando eu tiver mais conhecimentos em Matemática, posso criar um canal no YouTube, para ensinar outras pessoas que precisam. Agradeço todos os professores, em especial a professora Norma, que mesmo diante dos desafios não mede esforços para nos ensinar, assim como a Secretaria de Educação, que estão se esforçando para todos os alunos manterem o aprendizado com qualidade”, completa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade