Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

'Sem Bolsonaro, não temos essa capacidade de levar milhões às ruas', diz Major Olímpio
EBC.

Quinta, 13/9/2018 11:39.

GABRIELA SÁ PESSOA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Coordenador da campanha presidencial de Jair Bolsonaro (PSL) em São Paulo, o deputado federal Major Olímpio disse que os aliados do coronel reformado ainda apostam em uma vitória no primeiro turno e afirmou ser favorável à participação do candidato a vice, o general Hamilton Mourão (PRTB), nos debates televisivos.

"Não é representar [o presidenciável]. O Jair Bolsonaro está impossibilitado fisicamente de participar. Houve disposição do general Mourão de substituir, o que no meu entendimento seria muito bom para o Jair Bolsonaro ter alguém falando das suas propostas", disse Olímpio, candidato ao Senado por São Paulo.

O major voltou a falar com jornalistas nesta quinta-feira (13) no hospital Albert Einstein, onde Bolsonaro está hospitalizado desde sexta-feira (7), recuperando-se do atentado a faca que sofreu em Juiz de Fora (MG).

O presidenciável foi submetido a nova cirurgia na noite de quarta-feira (12) e se recupera bem, segundo boletim médico divulgado nesta manhã e recebido com alívio por aliados e familiares do presidenciável, de acordo com Olímpio.

A esposa de Bolsonaro, Michele, e o filho Carlos Bolsonaro, vereador do Rio de Janeiro pelo PSC, acompanham o candidato no hospital na manhã desta quinta.

Olímpio afirmou que, a partir desta sexta (14), continuará os compromissos de campanha de Bolsonaro, em viagens agendadas pelo interior de São Paulo.

O deputado tenta casar sua agenda para esses eventos com a do vice Mourão e a de Eduardo Bolsonaro, também filho do coronel reformado. A ideia é transmitir a imagem de "coesão absoluta" da coligação.

"Não temos [Olímpio, Eduardo e Mourão] essa capacidade de levar milhares de pessoas às ruas, como é uma característica e uma força do Jair Bolsonaro. Mas vamos levar a mensagem", afirmou o major.

Ele disse, ainda, que a campanha em São Paulo é estratégica para tentar vencer a eleição no primeiro turno.

"A gente tem, eu tenho essa visão de que essa vitória no primeiro turno vai acontecer a partir de uma vitória aqui no estado de São Paulo. Aqui nós temos 23% do eleitorado, pode decidir a eleição num turno só, mesmo", afirmou.

A princípio, não há nenhum evento em São Paulo previsto na agenda de Mourão para os próximos dias. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Cidade

Balneário Camboriú adotará entrega voluntária em ponto da prefeitura  


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Especial

Festival de música eletrônica reuniu milhares de pessoas na virada do ano, em Rio Negrinho


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

'Sem Bolsonaro, não temos essa capacidade de levar milhões às ruas', diz Major Olímpio

EBC.
Quinta, 13/9/2018 11:39.

GABRIELA SÁ PESSOA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Coordenador da campanha presidencial de Jair Bolsonaro (PSL) em São Paulo, o deputado federal Major Olímpio disse que os aliados do coronel reformado ainda apostam em uma vitória no primeiro turno e afirmou ser favorável à participação do candidato a vice, o general Hamilton Mourão (PRTB), nos debates televisivos.

"Não é representar [o presidenciável]. O Jair Bolsonaro está impossibilitado fisicamente de participar. Houve disposição do general Mourão de substituir, o que no meu entendimento seria muito bom para o Jair Bolsonaro ter alguém falando das suas propostas", disse Olímpio, candidato ao Senado por São Paulo.

O major voltou a falar com jornalistas nesta quinta-feira (13) no hospital Albert Einstein, onde Bolsonaro está hospitalizado desde sexta-feira (7), recuperando-se do atentado a faca que sofreu em Juiz de Fora (MG).

O presidenciável foi submetido a nova cirurgia na noite de quarta-feira (12) e se recupera bem, segundo boletim médico divulgado nesta manhã e recebido com alívio por aliados e familiares do presidenciável, de acordo com Olímpio.

A esposa de Bolsonaro, Michele, e o filho Carlos Bolsonaro, vereador do Rio de Janeiro pelo PSC, acompanham o candidato no hospital na manhã desta quinta.

Olímpio afirmou que, a partir desta sexta (14), continuará os compromissos de campanha de Bolsonaro, em viagens agendadas pelo interior de São Paulo.

O deputado tenta casar sua agenda para esses eventos com a do vice Mourão e a de Eduardo Bolsonaro, também filho do coronel reformado. A ideia é transmitir a imagem de "coesão absoluta" da coligação.

"Não temos [Olímpio, Eduardo e Mourão] essa capacidade de levar milhares de pessoas às ruas, como é uma característica e uma força do Jair Bolsonaro. Mas vamos levar a mensagem", afirmou o major.

Ele disse, ainda, que a campanha em São Paulo é estratégica para tentar vencer a eleição no primeiro turno.

"A gente tem, eu tenho essa visão de que essa vitória no primeiro turno vai acontecer a partir de uma vitória aqui no estado de São Paulo. Aqui nós temos 23% do eleitorado, pode decidir a eleição num turno só, mesmo", afirmou.

A princípio, não há nenhum evento em São Paulo previsto na agenda de Mourão para os próximos dias. 

Publicidade

Publicidade