Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

PRTB nega que inteligência das Forças Armadas ajudem Mourão
Pedro Ladeira/Folhapress.

Quinta, 13/9/2018 15:28.

TALITA FERNANDES
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O PRTB negou que o general Hamilton Mourão receba informações da inteligência das Forças Armadas para usar contra seus adversários.

A assessoria do partido reconhece que o general da reserva carrega esses dados, mas afirma que foram elaborados pela equipe de comunicação do candidato a vice.

O site O Antagonista publicou nota na quarta-feira (12) dizendo que o vice de Jair Bolsonaro (PSL) anda com uma pasta com informações para serem usadas contra adversários no segundo turno. Esses dados teriam sido levantados pelos militares, segundo o site.

"O General Hamilton Mourão, assim como todo e qualquer candidato bem preparado para as eleições, dispõe de análises SWOT's [sigla em inglês para análise que avalia pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças] dos concorrentes ao pleito à Presidência e para a vice-Presidência. Tal conteúdo foi todo elaborado após pesquisas de sua equipe de comunicação e, não, por meio de dados de inteligência militar", diz a nota. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Geral

20 são em uma lojas de fast food Burguer King  


Justiça

Acusado diz que falará primeiro com seu advogado antes de se manifestar. Ele foi penalizado com advertência.


Cidade

Esta é uma das últimas etapas para obtenção da Bandeira Azul


Cidade

Lei municipal que favorecia os consumidores foi derrubada pelo Supremo 


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

PRTB nega que inteligência das Forças Armadas ajudem Mourão

Pedro Ladeira/Folhapress.

TALITA FERNANDES
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O PRTB negou que o general Hamilton Mourão receba informações da inteligência das Forças Armadas para usar contra seus adversários.

A assessoria do partido reconhece que o general da reserva carrega esses dados, mas afirma que foram elaborados pela equipe de comunicação do candidato a vice.

O site O Antagonista publicou nota na quarta-feira (12) dizendo que o vice de Jair Bolsonaro (PSL) anda com uma pasta com informações para serem usadas contra adversários no segundo turno. Esses dados teriam sido levantados pelos militares, segundo o site.

"O General Hamilton Mourão, assim como todo e qualquer candidato bem preparado para as eleições, dispõe de análises SWOT's [sigla em inglês para análise que avalia pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças] dos concorrentes ao pleito à Presidência e para a vice-Presidência. Tal conteúdo foi todo elaborado após pesquisas de sua equipe de comunicação e, não, por meio de dados de inteligência militar", diz a nota. 

Publicidade

Publicidade