Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Eleições
MDB estadual lançou Edson Piriquito à prefeitura de Balneário Camboriú

Terça, 5/11/2019 8:58.
Facebook pessoal.

Publicidade

A Executiva Estadual do MDB reunida ontem em Florianópolis decidiu que o ex-prefeito Edson Piriquito é pré-candidato à prefeitura de Balneário Camboriú na eleição do ano que vem.

Não chega a ser novidade, Edson Piriquito foi prefeito de Balneário Camboriú por dois mandatos e se constitui no único emedebista a governar a cidade em sua história.

Edson Piriquito precisa arranjar um vice já que seu parceiro em duas eleições, Cláudio Dalvesco, hoje está alinhado ao governo Fabrício Oliveira.

Com outro potencial aliado, o PP de Fábio Flôr, Piriquito rompeu durante a corrida eleitoral de 2016.

Os círculos políticos falam com frequência no nome do construtor Auri Pavoni para vice de Edson Piriquito. Ele foi secretário do Planejamento nos governos de Piriquito e Rubens Spernau, está sem partido e tem lançado seu nome a prefeito talvez como ensaio para uma vaga em chapa majoritária.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Facebook pessoal.

MDB estadual lançou Edson Piriquito à prefeitura de Balneário Camboriú

Publicidade

Terça, 5/11/2019 8:58.

A Executiva Estadual do MDB reunida ontem em Florianópolis decidiu que o ex-prefeito Edson Piriquito é pré-candidato à prefeitura de Balneário Camboriú na eleição do ano que vem.

Não chega a ser novidade, Edson Piriquito foi prefeito de Balneário Camboriú por dois mandatos e se constitui no único emedebista a governar a cidade em sua história.

Edson Piriquito precisa arranjar um vice já que seu parceiro em duas eleições, Cláudio Dalvesco, hoje está alinhado ao governo Fabrício Oliveira.

Com outro potencial aliado, o PP de Fábio Flôr, Piriquito rompeu durante a corrida eleitoral de 2016.

Os círculos políticos falam com frequência no nome do construtor Auri Pavoni para vice de Edson Piriquito. Ele foi secretário do Planejamento nos governos de Piriquito e Rubens Spernau, está sem partido e tem lançado seu nome a prefeito talvez como ensaio para uma vaga em chapa majoritária.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade