Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Eleições
Auri Pavoni diz que Balneário Camboriú tem que voltar a ser terra das oportunidades

Ex-secretário do Planejamento de Spernau e Piriquito é pré-candidato a prefeito

Terça, 11/2/2020 9:34.
Divulgação
Ciclovia e galeria de águas da Av. Atlântica projetadas e executadas quando Auri era secretário do Planejamento.

Publicidade

O engenheiro Auri Pavoni, pré-candidato a prefeito de Balneário Camboriú, distribuiu ontem nota à imprensa defendendo que Balneário Camboriú precisa mudar de rumos, voltar a ser uma terra de oportunidades como foi anos atrás.

Os principais trechos da nota são os seguintes:

Pré-candidato a prefeito de Balneário Camboriú, ele baseia essa opinião em sua própria experiência, pois chegou à cidade com uma mala, algumas mudas de roupa, um diploma de engenharia e alguns anos depois já era um empresário bem sucedido.

“Balneário precisa de um novo modelo de desenvolvimento econômico, esse que está aí tem apenas mais 10 a 15 anos de sustentação, temos que começar as mudanças agora para que a cidade não repita os erros de outros destinos turísticos semelhantes que empobreceram em vez de progredir”, alerta o pré-candidato a prefeito.

Auri coordenou as mudanças no Plano Diretor de 2008 que enriqueceram os cofres da prefeitura de Balneário Camboriú em cerca de R$ 300 milhões, dinheiro que tornou possível praticamente todas as obras de mobilidade feitas nos governos Edson Piriquito e Fabrício Oliveira ao longo dos últimos 11 anos.

“Precisamos de um novo choque de planejamento, acertar o rumo novamente, nosso Plano Diretor tem 12 anos, carece ser revisto para que Balneário Camboriú volte a proporcionar às pessoas a chance de crescerem materialmente, evoluírem social e intelectualmente” reforçou Auri.

Nosso jovens, principalmente os das escolas públicas, nesse modelo atual de cidade estão fadados a não conseguirem sustentar a si mesmos ou suas famílias em Balneário Camboriú, temos que mudar isso, voltar a ser uma terra de oportunidades” concluiu o pré-candidato.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação
Ciclovia e galeria de águas da Av. Atlântica projetadas e executadas quando Auri era secretário do Planejamento.
Ciclovia e galeria de águas da Av. Atlântica projetadas e executadas quando Auri era secretário do Planejamento.

Auri Pavoni diz que Balneário Camboriú tem que voltar a ser terra das oportunidades

Ex-secretário do Planejamento de Spernau e Piriquito é pré-candidato a prefeito

Publicidade

Terça, 11/2/2020 9:34.

O engenheiro Auri Pavoni, pré-candidato a prefeito de Balneário Camboriú, distribuiu ontem nota à imprensa defendendo que Balneário Camboriú precisa mudar de rumos, voltar a ser uma terra de oportunidades como foi anos atrás.

Os principais trechos da nota são os seguintes:

Pré-candidato a prefeito de Balneário Camboriú, ele baseia essa opinião em sua própria experiência, pois chegou à cidade com uma mala, algumas mudas de roupa, um diploma de engenharia e alguns anos depois já era um empresário bem sucedido.

“Balneário precisa de um novo modelo de desenvolvimento econômico, esse que está aí tem apenas mais 10 a 15 anos de sustentação, temos que começar as mudanças agora para que a cidade não repita os erros de outros destinos turísticos semelhantes que empobreceram em vez de progredir”, alerta o pré-candidato a prefeito.

Auri coordenou as mudanças no Plano Diretor de 2008 que enriqueceram os cofres da prefeitura de Balneário Camboriú em cerca de R$ 300 milhões, dinheiro que tornou possível praticamente todas as obras de mobilidade feitas nos governos Edson Piriquito e Fabrício Oliveira ao longo dos últimos 11 anos.

“Precisamos de um novo choque de planejamento, acertar o rumo novamente, nosso Plano Diretor tem 12 anos, carece ser revisto para que Balneário Camboriú volte a proporcionar às pessoas a chance de crescerem materialmente, evoluírem social e intelectualmente” reforçou Auri.

Nosso jovens, principalmente os das escolas públicas, nesse modelo atual de cidade estão fadados a não conseguirem sustentar a si mesmos ou suas famílias em Balneário Camboriú, temos que mudar isso, voltar a ser uma terra de oportunidades” concluiu o pré-candidato.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade