Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Eleições
Compare as propostas dos candidatos a prefeito de Balneário Camboriú para obras

Quarta, 7/10/2020 8:55.

Publicidade

O Página 3 prossegue na publicação de uma série de reportagens com as propostas dos seis candidatos a prefeito de Balneário Camboriú, extraídas dos seus planos de governo registrados na Justiça Eleitoral.

Alguns candidatos, ao contrário do que era hábito em eleições anteriores, não relacionaram as obras específicas e por isso a reportagem entrou em contato para colher maiores detalhes.

Três deles, Ney Clivati, Giovan Nardelli e Pedro Gianquito alegaram que a cidade está com os cofres vazios e antes de pensar em obras será necessário arrumar a gestão.

Acompanhe, em ordem alfabética:

Auri Pavoni (PSDB) e Leonardo Piruka (PP)

Balneário Camboriú sempre necessita de obras de conservação, como renovar asfalto de tempos em tempos, mas algumas obras de infra-estrutura são vitais e serão feitas, a saber:

Elevados nas marginais - Não adianta fazer viaduto no cruzamento da Quarta Avenida com Avenida do Estado sem construir os viadutos da Marginais, onde o trânsito efetivamente fica trancado que é cruzamento de um lado para o outro da BR-101.

Faixa de areia - A revitalização da Avenida Atlântica, preferencialmente com o aumento da faixa de areia da praia central, precisa ser feita. Há 20 anos a cidade espera por essa obra, é preciso realizá-la ou reequipar a beira da praia, mudar o mobiliário, construir pelo menos novos sanitários com fraldários e substituir os atuais quiosques por outros mais modernos.

Fiação subterrânea no Centro - O atual governo, alegando que implantaria fiação subterrânea no Centro da cidade, aumentou a cobrança da taxa de luz (Cosip), desviou grande parte dessa verba para custear o inchaço da máquina pública e não enterrou nem um metro de fiação. Vamos fazer, com austeridade e respeito pelo dinheiro público.

Martin Luther - A avenida Martin Luther precisa ser estendida até Itajaí, fazendo uma nova ligação com a vizinha cidade.

Palestina - A Avenida Palestina está saturada é preciso construir uma nova via, acima e paralela a ela, ligando ao Sul com a BR-101 e ao Norte com a Rua João de Barro, no Ariribá.

Ecovia - É preciso construir a ligação da Alameda Delfim de Pádua Peixoto Filho, a do Parque Ecológico Raimundo Malta, com a Sexta Avenida, cruzando pelo Bairro dos Municípios.

Construir a Tortinha - No Plano Diretor de 2008 foi prevista a “Tortinha” uma avenida paralela à Avenida Brasil, Avenida do Estado e Terceira Avenida, ligando as ruas 1131 e 2500, criando mais uma alternativa para o complicado trânsito no sentido Norte-Sul. Por motivos
difíceis de entender, ela não foi feita, mas será construída por nós.

Edson Piriquito (MDB) e Ademar Schneider (PSB)


Reativar o prolongamento da Avenida Martin Luther – Rua Uganda à divisa com Itajaí que se encontra abandonado há 4 anos;

Continuar o prolongamento da Avenida do Estado - proximidades da Rua Tailândia até a divisa com a cidade de Itajaí, contempladas com o mesmo padrão do trecho já reurbanizado pela nossa Administração e encontra-se abandonado há 4 anos;

Implantar nova avenida paralela a Avenida Palestina, formando um novo sistema binário, ligando o Bairro das Nações ao dos Estados, passando por trás do Morro do Cristo Luz, Rua Aqueduto e chegando a BR 101 nas proximidades da Faculdade Avantis;

Viabilizar a abertura e construção do acesso norte, ligando o Bairro Ariribá a Várzea do Ranchinho através de parceria público privada, conforme Projeto Vale do Emprego.

Construção de Elevados nas Marginais junto as passagens de nível (túneis), retirando o cruzamento dos veículos que trafegam nas Marginais Leste e Oeste com a Avenida do Estado (entrada principal da cidade); Quarta Avenida na altura da Rua 2550 com a Rua 2500 e Bairro dos Municípios; e Ruas 3100 e Bairro Vila Real.

Promover a construção da rodoviária de BC, às margens da BR 101, desafogando o trânsito da entrada da cidade e bairro dos Estados.

Fabrício Oliveira (Podemos) e Carlos Humberto Silva (PL)

Novo acesso a BR 101 visando reduzir a circulação de veículos na Avenida do Estado, Avenida Martin Luther e Avenida das Flores

Extensão da Avenida Martin Luther até a divisa com Itajaí (projeto executado em 2019/2020), visando melhorar o fluxo de veículos na Avenida do Estado, Avenida Martin Luther e Avenida Osvaldo Reis.

Avenida da Lagoa da Emasa, junto aos bairros Parque dos Bandeirantes e Nova Esperança, visando melhorar a mobilidade e capilaridade viária na região do Parque da Santur, garantindo melhoria na ligação com Camboriú e no deslocamento interno do Município.

Pavimentação da Estrada Geral do Barranco, visando melhorar o trânsito entre Balneário Camboriú e Camboriú, fazendo um binário com a rua 3700 e Avenida Gastronômica.

Avenida Raposo Tavares, ligando o bairro Parque dos Bandeirantes a rua José Cesároio Pereira (projeto executado em 2018) visando melhorar do sistema viário na região do Parque da Santur.

Avenida Eco Parque, interligação da 6ª Avenida ao Parque Raimundo Malta, com a criação de Praça de convivência, visando integrar e dar capilaridade ao Bairro dos Municípios, com destaque a criação de nova Praça de Convivência

Parque Linear do Rio Camboriú - Praça de Convivência junto ao Rio Camboriú e Rua 3700 com espaço para atracação de barcos, visando integrar o Rio Camboriú ao Centro Urbano e criar um ambiente de lazer.

Reestruturação da Praia Central, visando recuperar o ambiente praial, dando-lhe as características naturais da época de sua ocupação (obra em licitação). Visando criar ambiente que dê conforto e segurança a banhistas, pedestres, ciclistas, veículos e transporte coletivo. Ser o grande espaço de lazer, entretenimento, prática de esportes, eventos culturais e convivência.

Ampliar e melhorar o sistema de drenagem, iluminação, paisagismo e mobiliário urbano, substituindo integralmente o atual sistema, alterando a tecnologia para LED.

Giovan Nardelli (Solidariedade) e Gustavo Horst

No plano de governo não há obras, o candidato detalhou a pedido da reportagem:

Não serão realizadas

Emissário

Alargamento da praia

Obras que serão realizadas

Estacionamento vertical público no Centro

Recuperação integral da sinalização viária com implementação de tecnologias verdes, inovadoras ao ambiente urbano

Porto de desembarque terrestre

Centro de Cultura

Centro de capacitação de mão de obra

Vagas reservadas para trabalhadores de aplicativo

Aquisição do Imóvel onde se encontra o Posto de Saúde Central, com construção de um novo, bem como de um centro administrativo para a Secretaria de Saúde, inserindo no local um PA 24 horas, como um Posto de Referência ao atendimento ao turista

Centro de referência da vida selvagem e marinha

Ampliação do tratamento de esgoto, com exigência de construções verdes, que façam o tratamento in loco

Ney Clivati (Novo) e Marcelo Ricardo Kozar de Castro

Detalhamento repassado pela assessoria:

1º Quitação da dívida que pode chegar em quase 200 milhões pelo atual prefeito (através de reforma administrativa, economia e revisão de contratos). Para daí sim conseguir priorizar os diversos itens elencados, tais como:

- Reforma dos Centros Comunitários – reabertura

- Repaginação e revitalização do hospital ruth cardoso,

- Canal Marambaia – diversas obras

- Mobilidade urbana comprometida: iniciar o desafogamento das saídas da cidade, diversas iniciativas de smart city, revisão do plano diretor, ampliação de ciclo-faixas, facilitação de bike-points em cada estabelecimento, implantar política de olhos da cidade e reconhecimento dos transportes alternativos)

- Chamamento público para realizar parcerias público-privada para sair do ALUGUEL de todos os imóveis da prefeitura. Como por exemplo para o fomento para a prática esportiva, concedendo à iniciativa privada a gestão e operação, de por exemplo, uma piscina com raia de 25m

- Revitalização de praças através de concessões público-privadas com a iniciativa privada

- Revitalização da avenida atlântica. Limpeza visual

- Substituição de galerias pluviais subdimensionadas

- Expansão e substituição das redes de água tratada

- Manutenção, ampliação e melhoria da ETA e ETE do Nova Esperança e da sem manutenção correta desde 2012

- Substituição da iluminação pública por LED (já arrecadado no aumento da COSIP)

- Conclusão das obras atuais, garantindo segurança jurídica e política de longo prazo

O foco é arrumar a casa que está uma bagunça e não desembolsar dinheiro fazendo obras, trazendo a iniciativa privada e fomentando o comércio.

Pedro Luiz Navarro Gianquito (PRTB) e Bruno Alves Allemand.

Repassado pelo candidato: a prefeitura está esgotada financeiramente, não tem dinheiro. E tem uma séria de coisas na cidade que precisam ser acertadas antes.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Compare as propostas dos candidatos a prefeito de Balneário Camboriú para obras

Publicidade

Quarta, 7/10/2020 8:55.

O Página 3 prossegue na publicação de uma série de reportagens com as propostas dos seis candidatos a prefeito de Balneário Camboriú, extraídas dos seus planos de governo registrados na Justiça Eleitoral.

Alguns candidatos, ao contrário do que era hábito em eleições anteriores, não relacionaram as obras específicas e por isso a reportagem entrou em contato para colher maiores detalhes.

Três deles, Ney Clivati, Giovan Nardelli e Pedro Gianquito alegaram que a cidade está com os cofres vazios e antes de pensar em obras será necessário arrumar a gestão.

Acompanhe, em ordem alfabética:

Auri Pavoni (PSDB) e Leonardo Piruka (PP)

Balneário Camboriú sempre necessita de obras de conservação, como renovar asfalto de tempos em tempos, mas algumas obras de infra-estrutura são vitais e serão feitas, a saber:

Elevados nas marginais - Não adianta fazer viaduto no cruzamento da Quarta Avenida com Avenida do Estado sem construir os viadutos da Marginais, onde o trânsito efetivamente fica trancado que é cruzamento de um lado para o outro da BR-101.

Faixa de areia - A revitalização da Avenida Atlântica, preferencialmente com o aumento da faixa de areia da praia central, precisa ser feita. Há 20 anos a cidade espera por essa obra, é preciso realizá-la ou reequipar a beira da praia, mudar o mobiliário, construir pelo menos novos sanitários com fraldários e substituir os atuais quiosques por outros mais modernos.

Fiação subterrânea no Centro - O atual governo, alegando que implantaria fiação subterrânea no Centro da cidade, aumentou a cobrança da taxa de luz (Cosip), desviou grande parte dessa verba para custear o inchaço da máquina pública e não enterrou nem um metro de fiação. Vamos fazer, com austeridade e respeito pelo dinheiro público.

Martin Luther - A avenida Martin Luther precisa ser estendida até Itajaí, fazendo uma nova ligação com a vizinha cidade.

Palestina - A Avenida Palestina está saturada é preciso construir uma nova via, acima e paralela a ela, ligando ao Sul com a BR-101 e ao Norte com a Rua João de Barro, no Ariribá.

Ecovia - É preciso construir a ligação da Alameda Delfim de Pádua Peixoto Filho, a do Parque Ecológico Raimundo Malta, com a Sexta Avenida, cruzando pelo Bairro dos Municípios.

Construir a Tortinha - No Plano Diretor de 2008 foi prevista a “Tortinha” uma avenida paralela à Avenida Brasil, Avenida do Estado e Terceira Avenida, ligando as ruas 1131 e 2500, criando mais uma alternativa para o complicado trânsito no sentido Norte-Sul. Por motivos
difíceis de entender, ela não foi feita, mas será construída por nós.

Edson Piriquito (MDB) e Ademar Schneider (PSB)


Reativar o prolongamento da Avenida Martin Luther – Rua Uganda à divisa com Itajaí que se encontra abandonado há 4 anos;

Continuar o prolongamento da Avenida do Estado - proximidades da Rua Tailândia até a divisa com a cidade de Itajaí, contempladas com o mesmo padrão do trecho já reurbanizado pela nossa Administração e encontra-se abandonado há 4 anos;

Implantar nova avenida paralela a Avenida Palestina, formando um novo sistema binário, ligando o Bairro das Nações ao dos Estados, passando por trás do Morro do Cristo Luz, Rua Aqueduto e chegando a BR 101 nas proximidades da Faculdade Avantis;

Viabilizar a abertura e construção do acesso norte, ligando o Bairro Ariribá a Várzea do Ranchinho através de parceria público privada, conforme Projeto Vale do Emprego.

Construção de Elevados nas Marginais junto as passagens de nível (túneis), retirando o cruzamento dos veículos que trafegam nas Marginais Leste e Oeste com a Avenida do Estado (entrada principal da cidade); Quarta Avenida na altura da Rua 2550 com a Rua 2500 e Bairro dos Municípios; e Ruas 3100 e Bairro Vila Real.

Promover a construção da rodoviária de BC, às margens da BR 101, desafogando o trânsito da entrada da cidade e bairro dos Estados.

Fabrício Oliveira (Podemos) e Carlos Humberto Silva (PL)

Novo acesso a BR 101 visando reduzir a circulação de veículos na Avenida do Estado, Avenida Martin Luther e Avenida das Flores

Extensão da Avenida Martin Luther até a divisa com Itajaí (projeto executado em 2019/2020), visando melhorar o fluxo de veículos na Avenida do Estado, Avenida Martin Luther e Avenida Osvaldo Reis.

Avenida da Lagoa da Emasa, junto aos bairros Parque dos Bandeirantes e Nova Esperança, visando melhorar a mobilidade e capilaridade viária na região do Parque da Santur, garantindo melhoria na ligação com Camboriú e no deslocamento interno do Município.

Pavimentação da Estrada Geral do Barranco, visando melhorar o trânsito entre Balneário Camboriú e Camboriú, fazendo um binário com a rua 3700 e Avenida Gastronômica.

Avenida Raposo Tavares, ligando o bairro Parque dos Bandeirantes a rua José Cesároio Pereira (projeto executado em 2018) visando melhorar do sistema viário na região do Parque da Santur.

Avenida Eco Parque, interligação da 6ª Avenida ao Parque Raimundo Malta, com a criação de Praça de convivência, visando integrar e dar capilaridade ao Bairro dos Municípios, com destaque a criação de nova Praça de Convivência

Parque Linear do Rio Camboriú - Praça de Convivência junto ao Rio Camboriú e Rua 3700 com espaço para atracação de barcos, visando integrar o Rio Camboriú ao Centro Urbano e criar um ambiente de lazer.

Reestruturação da Praia Central, visando recuperar o ambiente praial, dando-lhe as características naturais da época de sua ocupação (obra em licitação). Visando criar ambiente que dê conforto e segurança a banhistas, pedestres, ciclistas, veículos e transporte coletivo. Ser o grande espaço de lazer, entretenimento, prática de esportes, eventos culturais e convivência.

Ampliar e melhorar o sistema de drenagem, iluminação, paisagismo e mobiliário urbano, substituindo integralmente o atual sistema, alterando a tecnologia para LED.

Giovan Nardelli (Solidariedade) e Gustavo Horst

No plano de governo não há obras, o candidato detalhou a pedido da reportagem:

Não serão realizadas

Emissário

Alargamento da praia

Obras que serão realizadas

Estacionamento vertical público no Centro

Recuperação integral da sinalização viária com implementação de tecnologias verdes, inovadoras ao ambiente urbano

Porto de desembarque terrestre

Centro de Cultura

Centro de capacitação de mão de obra

Vagas reservadas para trabalhadores de aplicativo

Aquisição do Imóvel onde se encontra o Posto de Saúde Central, com construção de um novo, bem como de um centro administrativo para a Secretaria de Saúde, inserindo no local um PA 24 horas, como um Posto de Referência ao atendimento ao turista

Centro de referência da vida selvagem e marinha

Ampliação do tratamento de esgoto, com exigência de construções verdes, que façam o tratamento in loco

Ney Clivati (Novo) e Marcelo Ricardo Kozar de Castro

Detalhamento repassado pela assessoria:

1º Quitação da dívida que pode chegar em quase 200 milhões pelo atual prefeito (através de reforma administrativa, economia e revisão de contratos). Para daí sim conseguir priorizar os diversos itens elencados, tais como:

- Reforma dos Centros Comunitários – reabertura

- Repaginação e revitalização do hospital ruth cardoso,

- Canal Marambaia – diversas obras

- Mobilidade urbana comprometida: iniciar o desafogamento das saídas da cidade, diversas iniciativas de smart city, revisão do plano diretor, ampliação de ciclo-faixas, facilitação de bike-points em cada estabelecimento, implantar política de olhos da cidade e reconhecimento dos transportes alternativos)

- Chamamento público para realizar parcerias público-privada para sair do ALUGUEL de todos os imóveis da prefeitura. Como por exemplo para o fomento para a prática esportiva, concedendo à iniciativa privada a gestão e operação, de por exemplo, uma piscina com raia de 25m

- Revitalização de praças através de concessões público-privadas com a iniciativa privada

- Revitalização da avenida atlântica. Limpeza visual

- Substituição de galerias pluviais subdimensionadas

- Expansão e substituição das redes de água tratada

- Manutenção, ampliação e melhoria da ETA e ETE do Nova Esperança e da sem manutenção correta desde 2012

- Substituição da iluminação pública por LED (já arrecadado no aumento da COSIP)

- Conclusão das obras atuais, garantindo segurança jurídica e política de longo prazo

O foco é arrumar a casa que está uma bagunça e não desembolsar dinheiro fazendo obras, trazendo a iniciativa privada e fomentando o comércio.

Pedro Luiz Navarro Gianquito (PRTB) e Bruno Alves Allemand.

Repassado pelo candidato: a prefeitura está esgotada financeiramente, não tem dinheiro. E tem uma séria de coisas na cidade que precisam ser acertadas antes.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade