- Publicidade -
- Publicidade -
24.2 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Outono chegou: ‘meia estação’ traz temperaturas mais amenas e novidades na moda

O outono astronômico começou na madrugada de quarta-feira (20), exatamente 00h06, com o equinócio de outono no hemisfério sul. A nova estação, que antecede o inverno, promete diminuição na temperatura (mesmo assim deve ser um outono mais quente, segundo a previsão do tempo) e novidades na área da moda. O Página 3 apresenta esta reportagem especial com mais informações. 

Acompanhe:

Temperaturas caem, mas deve ser um outono mais quente

Segundo o Laboratório de Climatologia da Universidade do Vale do Itajaí (Labclima/Univali), o El Niño perdeu força e se encerra neste mês – mas em junho começará a virada para o La Niña (no Sul do Brasil o fenômeno costuma causar aumento nas temperaturas e a seca), que deve efetivamente se fazer presente a partir de julho.

- Publicidade -

Há previsão de chuva na média ou acima da média (40% de chance) para o mês de abril no litoral norte. 

Para os meses de maio e junho chuva dentro da normalidade. Para efeito de comparação, os dados históricos para a região de Balneário Camboriú de chuva são: 122,3 mm para abril, 119,4 mm para maio e 111,2 mm para junho. Tanto os modelos internacionais quanto nacionais apontam para temperaturas acima da média histórica para os meses de abril, maio e junho. 

O comportamento médio esperado das temperaturas máximas e mínimas segundo os dados históricos para esses meses são: 27/18°C, 24/15°C e 22/13°C. 

Moda com novidades e peças revisitadas

Casacos, suéteres e botas devem estar bem presentes na nova estação (Divulgação)

Quando o assunto é troca de estação é normal haver mudanças também no mundo da moda – principalmente quando a temperatura muda, como no outono, que antecede o inverno, com os dias começando a ficar mais friozinhos. 

Este outono de 2024 deve trazer uma mescla de estilos, marcada pela reinvenção de clássicos, onde o vintage encontra o contemporâneo – um exemplo disso é uma tendência que voltou a ser queridinha há algum tempo: a alfaiataria feminina, que já era hit nos anos 80, quando as ombreiras e cores vibrantes eram muito amadas.

Cores e estampas

Nesta nova estação, os tons terrosos, como o marrom, o cáqui e o verde musgo devem dominar as paletas, complementadas por tons mais vibrantes, como vermelho, mostarda e o vinho. Além disso, os tons de azul, desde o azul-petróleo até o azul-acinzentado, também devem aparecer nas coleções deste outono. 

Essa variedade de cores permite uma infinidade de combinações, contemplando quem gosta de looks mais sóbrios e minimalistas até para composições mais ousadas e vibrantes.

- Publicidade -
Xadrez, tons diversos e animal print apareceram nas Semanas de Moda e também devem ser tendência deste outono (Divulgação)

Quem gosta de estampa? Elas também vão aparecer! Como o xadrez, que voltou a ser hit – dos clássicos padrões às variações mais modernas e coloridas, florais e até o animal print e ainda estampas geométricas e abstratas. Ou seja: para todos os gostos!

Peças e sapatos

Neste outono de 2024, as peças-chave são aquelas que equilibram estilo e funcionalidade. 

Os casacos oversized continuam em alta, pois proporcionam conforto e estilo, seja em modelos de lã, trench coats estruturados ou parkas acolchoadas. 

Alfaiataria e verde militar, duas tendências da estação (Divulgação)

Além dos casacos, suéteres de tricô, assim como as camisas de flanela e os cardigãs oversized – que podem ser combinadas com calças de alfaiataria ou com jeans.

Quanto aos sapatos, as botas são indispensáveis para o outono. Desde as clássicas botas de cano curto até as de combate. Além disso, os tênis chunky continuam a ser tendência, pois unem conforto e estilo – ideal para quem gosta de um visual que une o esportivo e o contemporâneo.

Para ocasiões mais formais, os sapatos de salto baixo, como mocassins e oxfords, são uma escolha elegante e prática. Ou seja, neste outono, as peças e sapatos são sobre combinar estilo e funcionalidade!

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -