- Publicidade -
26 C
Balneário Camboriú

Com dois de Michael, Flamengo vence Atlético-GO e ainda sonha com o título

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

A expectativa no Maracanã estava em cima de Gabriel Barbosa, que poderia marcar seu 100º gol com a camisa do Flamengo. Mas quem roubou a cena foi Michael. Ele marcou os dois gols do time carioca na vitória sobre o Atlético-GO, por 2 a 0, na noite desta sexta-feira. O duelo ocorreu com dois meses de atraso e foi adiado da 19ª rodada por conta da data Fifa de setembro.

Ainda sonhando o título brasileiro, o Flamengo chega aos 53 pontos, nove atrás do líder Atlético-MG. O time carioca está na segunda colocação e ainda tem um jogo a menos do que o líder – 28 a 29. O Atlético-GO está na 11ª posição, com 37 pontos.
Na próxima rodada, a 30ª do Brasileiro, o Flamengo joga na segunda-feira diante da Chapecoense, na Arena Condá, às 19h. A partida do Atlético-GO que seria disputada neste fim de semana contra o Juventude, em Goiânia, foi adiada para o dia 23 de novembro. Assim, o próximo jogo do time goiano será na quarta-feira contra o Palmeiras, em São Paulo.

Como era de se esperar, o Flamengo iniciou a partida pressionando o Atlético-GO. Logo aos dois minutos, Rodrigo Caio teve a chance de abrir o marcador de cabeça após cruzamento de Andreas Pereira. Apesar da pressão inicial, os cariocas encontravam dificuldade pelo excesso de falhas de passe, cruzamentos errados na área e a falta de organização no setor de criação. Com a falta de repertório, a medida que o tempo passava, os jogadores ficavam nervosos em campo, principalmente Gabriel, que recebeu cartão amarelo por reclamação aos 27 minutos.

Apesar de ter entrado em campo somente para se defender, o Atlético-GO buscava encaixar um contra-ataque, principalmente com Janderson, que nas oportunidades que teve, não levou perigo.

- Publicidade -

O Flamengo melhorou após os 30 minutos e chegou a criar duas boas chances, com Rodrigo Caio, aos 32 minutos, de cabeça e com Bruno Henrique, que recebeu de Gabriel, dominou e bateu com perigo, aos 35. Aos 43, a equipe conseguiu abrir o marcador. Isla cruzou da direita para trás e Michael bateu quase na marca do pênalti para marcar.

Assim como no primeiro tempo, o Flamengo criou a primeira oportunidade aos dois minutos na etapa final. Após cruzamento de Everton Ribeiro, Michael pegou de primeira e a bola passou perto do gol de Fernando Miguel. A primeira chance real do Atlético-GO só foi acontecer aos 13, quando Gabriel Baralhas chutou de fora da área e Diego Alves defendeu.

O Flamengo procurava o segundo gol para ter uma tranquilidade no jogo. Tentou com Thiago Maia e Gabriel, mas foi Michael quem resolveu a situação. Ele recebeu, aos 28 minutos, de Gabriel, invadiu a área e tocou na saída de Fernando Miguel.

- Publicidade -

No final, o Flamengo tentou o terceiro, principalmente com seu artilheiro que buscava o 100º gol, mas a partida ficou no 2 a 0.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 X 0 ATLÉTICO-GO

FLAMENGO – Diego Alves, Isla (Matheuzinho), Rodrigo Caio, David Luiz e Ramon; Willian Arão, Andreas Pereira (Thiago Maia) e Everton Ribeiro (Vitinho); Michael (Rodinei), Bruno Henrique (Gomes) e Gabriel Barbosa. Técnico: Renato Gaúcho.

ATLÉTICO-GO – Fernando Miguel; Dudu (Montenegro), Wanderson, Éder e Igor Cariús; Marlon Freitas, Willian Maranhão, Gabriel Baralhas (Toró) e João Paulo; André Luís (Zé Roberto) e Janderson (Oliveira). Técnico: Eduardo Souza.

GOLS – Michael aos 43 minutos do primeiro tempo e aos 28 do segundo.

ÁRBITRO – Rodolpho Toski Marques (PR).

CARTÕES AMARELOS – Gabriel e Andreas Pereira (Flamengo) e Igor Cariús (Atlético-GO).

RENDA – R$ 730.540,00

Público – 18.527 presentes (17.717 pagantes).

LOCAL – Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -