- Publicidade -
- Publicidade -
13 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Medvedev assume como número 1 do mundo após derrota de Djokovic

O ranking da ATP tem um novo número. Daniil Medvedev assegurou o topo do tênis nesta quinta-feira com a eliminação de Novak Djokovic nas quartas de final do ATP de Dubai. Assim, o russo se torna apenas o segundo tenista nos últimos 18 anos a liderar o ranking sem ser o Big Three: Rafael Nadal, Roger Federer e o próprio Djokovic. O último havia sido o britânico Andy Murray, em 2016.

Campeão do Aberto da Austrália em 2021, Djokovic não competiu na edição desse ano,devido às polêmicas envolvendo a sua decisão de não se vacinar contra a covid-19, e não pode defender seu primeiro lugar no ranking. O sérvio só não foi ultrapassado porque Medvedev acabou derrotado na final por Nadal, em um dos maiores jogos da história.

- Publicidade -

Mas a ascensão do russo era questão de tempo. Nessa semana, Medvedev optou por disputar o ATP de Acapulco, enquanto Djokovic competiu no ATP de Dubai. Com isso, para assumir a liderança no ranking, bastava a Medvedev alcançar o mesmo resultado do sérvio, o que de fato aconteceu. Classificado para as quartas de final, o russo conquistou o posto de número 1 com a eliminação de Djokovic para o tcheco Jiri Vesely.

Com derrota de 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 7/6, o sérvio deixa o topo do ranking após 84 semanas consecutivas, o recorde na categoria. Vesely, algoz de Nole, também teve o que comemorar: o Tcheco nunca foi derrotado por Djokovic. Os tenistas se enfrentaram duas vezes, em Monte Carlo, 2016, e agora em Dubai, 2022.

“Ontem depois do jogo eu brinquei que não queria manchar meu histórico contra o Djokovic, mas não esperava ganhar de novo. Acho que é ótimo para o tênis ter alguém novo no topo”, afirmou Vesely.

Assim, Medvedev se torna apenas o 27º tenista da história a liderar o ranking do tênis mundial, além de ser apenas o terceiro russo a conquistar o feito. Antes dele, apenas Yevgeny Kafelnikov(1999) e Marat Safin (2000/2001) alcançaram essa marca. Outra curiosidade, e também um recorde, é que Medvedev se tornou o número 1 mais alto de todos os tempos: com 1,98 m, ultrapassou os 1,96 m de seu compatriota, Safin.

- Publicidade -

Medvedev vem tendo uma carreira meteórica até aqui, conquistando posições no ranking mundial e fazendo duelos importantes com o “Big Three”. Em 2021, conquistou o Aberto dos Estados Unidos em cima do, até então, número 1 do mundo, Novak Djokovic. Também acumula o ATP Four Finals, em 2020, como um importante título em seus 26 anos.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: