- Publicidade -
- Publicidade -
18.3 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Palmeiras bate São Paulo e vai à final da Copinha; torcedor invade campo com faca

Nove anos depois, o Palmeiras está de volta à final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O time alviverde confirmou a classificação ao derrotar o São Paulo pelo placar de 1 a 0, na noite deste sábado, na Arena Barueri, em jogo que contou com a tecnologia do VAR e teve apenas torcedores da equipe tricolor.

A vitória do Palmeiras, infelizmente, acabou ficando em segundo plano por conta indecente da torcida. Alguns torcedores do São Paulo invadiram o gramado nos minutos finais da partida e foram em direção do jogadores do Palmeiras. Atletas do tricolor seguraram os torcedores e impediram um incidente ainda pior, uma vez que uma faca foi retirada do campo.

- Publicidade -

Ainda em busca do título inédito, o Palmeiras não chegava à final desde 2003, quando ficou com o vice-campeonato. Na ocasião, perdeu para o Santo André. Já o São Paulo perdeu a oportunidade de brigar pela quinta conquista.

O time tricolor, inclusive, estava com 100% de aproveitamento. Mas acabou sendo surpreendido pelo Palmeiras no reencontro do time alviverde com o craque Alex, que completou seu 50º jogo no comando do São Paulo. Foram 31 vitórias, dez empates e nove derrotas.

Na final, o Palmeiras enfrentará o Santos, que venceu o América Mineiro por 3 a 0, na última sexta-feira. O duelo acontecerá no dia 25 de janeiro, aniversário da cidade de São Paulo. Horário e local ainda serão definidos pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

O Palmeiras divulgou a escalação com uma surpresa. Jovem estrela de apenas 15 anos, Endrick ficou no banco de reservas. O técnico Paulo Victor optou por um quarteto ofensivo formado por Jhonatan, Vitinho, Giovani e Gabriel Silva. Mas a tática teve resultado imediato.

- Publicidade -

O time alviverde pressionou a saída de bola do São Paulo e viu Giovani roubar a bola de Pablo. O atacante invadiu a área e chutou certeiro para abrir o marcador. Antes, o Palmeiras assustou ao criar duas boas oportunidades de gol.

Após sair na frente, o Palmeiras assumiu o controle do jogo, mas optou por administrar a vantagem. O São Paulo chegou a assustar uma ou outra vez, mas não mostrou a mesma maturidade da equipe alviverde, que quase fez o segundo com Gabriel Silva. Young defendeu.

A melhor chance do São Paulo foi com Vitinho. Ele recebeu de Caio, nas costas da defesa do Palmeiras e mandou na trave. No entanto, o time tricolor não conseguiu vazar o goleiro Mateus e acabou indo para o intervalo atrás do placar.

- Publicidade -

No segundo tempo, a situação se inverteu. O São Paulo teve a posse de bola e empurrou o Palmeiras para a defesa. Sem saída, o Paulo Victor colocou Endrick no jogo. No entanto, foi o time tricolor que continuou melhor e seguiu sufocando o adversário.

O São Paulo ficou perto de empatar em uma tentativa de Talles, que ficou na trave. Após o susto, torcedores do time tricolor invadiram o campo na tentativa de agredir os palmeirenses com um punhal. Sob protesto da equipe alviverde, o jogo continuou, mas o goleiro Mateus assegurou a classificação à final da Copinha.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: