- Publicidade -
- Publicidade -
18.2 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Técnico e quatro atletas de Balneário Camboriú no Mundial de Revezamentos nas Bahamas

O técnico Diogo Gamboa e quatro atletas, todos do Instituto Atletismo Balneário Camboriú e da Fundação Municipal de Esportes (IABC/FMEBC), embarcam nesta segunda-feira (29) para Bragança Paulista, para integrar a seleção brasileira, que disputará o Campeonato Mundial de Revezamentos, nas Bahamas, nos próximos dias 4 e 5. 

A seleção brasileira viaja na quarta-feira (1) com 23 atletas e entre eles, os velocistas locais Anny Caroline de Bassi (4x100m/4x400m e 4x400misto), Gabriela Aline Grunow (4x100m), Tabata Vitorino de Carvalho (4×400 e 4×400 misto) e Douglas Hernandes Mendes da Silva (4x400m). 

É a primeira vez que um técnico e quatro atletas de Balneário Camboriú disputam um Mundial.

(Divulgação/IABC)

“É realmente um momento extremamente especial, porque é uma competição que define as vagas olímpicas na modalidade de revezamento, então a importância é muito grande e saber que nosso grupo com cinco membros está diretamente ligado a esta possível e esperada classificação olímpica, torna tudo ainda mais importante. Estamos felizes e trabalhando para que isso realmente aconteça”, disse Diogo.

- Publicidade -

Entre os técnicos convocados pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), Diogo é o responsável pelo revezamento 4x400m feminino e o revezamento misto.

Anny é o destaque da seleção

Líder do ranking nos 400m rasos, Anny conquistou três convocações no Mundial (Foto Gustavo Alves (CBAt))

Os 23 atletas convocados pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) vão competir nos revezamentos 4×100 m e 4×400 m, feminino e masculino, e o 4×400 m misto. O Mundial é muito importante porque é seletivo para os Jogos Olímpicos de Paris. 

Anny Caroline de Bassi é o destaque da seleção brasileira, porque foi convocada para disputar nos três revezamentos ( 4×100 m, 4×400 m e 4×400 m misto). 

Ao longo de sua carreira vem colecionando títulos e recordes, primeiro nos 100m e 200m rasos e depois nos 400m, hoje sua especialidade. 

Em abril foi ouro nos 400m rasos do Troféu Adhemar Ferreira da Silva, tornou-se líder do ranking nacional na prova e foi escolhida a melhor atleta da competição.

“Esta conquista foi extremamente importante, porque troquei de prova, saí dos 100m para os 400m esse ano, já numa expectativa boa de evolução, e de garantir minha vaga para as Olimpíadas. O primeiro passo que eu queria dar para conseguir mais pontos para participar das Olimpíadas seria disputar o Ibero Americano e com esse resultado agora, eu consegui, porque só vão duas mulheres do Brasil nos 400m. Com essa marca me tornei a primeira no ranking brasileiro da prova e irei ao GP Brasil, que são duas provas importantes para somar pontos para a Olimpíada”, disse Anny ao Página 3, logo após a prova.

Assim que retornar das Bahamas, Anny vai para o Íbero Americano, em Cuiabá, próximos dias 10, 11 e 12, junto com as locais Gabriela Grunow, Tabata de Carvalho e Mayara Vicentainer.

Anny (247), compete em três revezamentos (Foto Gustavo Alves (CBAt))
Gabriela (248) disputa o 4x100m (Foto Gustavo Alves (CBAt))
Tabata (256) corre os 4x400m e 4x400m misto (Foto Gustavo Alves (CBAt))
Douglas Hernandes Mendes disputa revezamento 4x400m (Foto Wagner Carmo (CBAt))
- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -