Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Medina chega ao Havaí sonhando com bi, mas título não depende só dele
Arquivo JP3/Folhapress.

Quinta, 7/12/2017 9:42.

(UOL/FOLHAPRESS) - Uma recuperação impressionante fez com que Gabriel Medina chegasse à última etapa do Mundial de Surfe com chances de ser campeão. Nas lendárias ondas de Pipeline, no Havaí, o brasileiro precisará superar John John Florence para conquistar o bicampeonato.

Apesar das chances, Medina não depende apenas de si para ser campeão. Os cenários que dão o título ao brasileiro são três: se Medina vencer a etapa e John John terminar, no máximo, em terceiro; Medina sendo segundo e John John não conseguindo uma posição melhor que a nona; John John ficando em 13º e o brasileiro na quinta colocação.

Depois de um começo decepcionante que o deixou fora do top-10, Medina brilhou nas etapas europeias. Foram duas vitórias seguidas: França e Portugal. Os resultados deixaram o brasileiro na segunda colocação, com 50.250 pontos -o líder John John tem 53.350.

"Agora estou pensando no título", disse o brasileiro logo após conquistar a etapa de Portugal no final de outubro.

Além de Medina e John John Florence, Jordy Smith e Julian Wilson também chegam em Pipeline com chances de título. Dos quatro citados, apenas Wilson venceu a etapa havaiana nos últimos seis anos (2014).

A última etapa do Mundial de Surfe tem sua primeira chamada prevista para esta sexta-feira (8), às 7h (de Brasília). 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Esportes

Jogo de estreia será no ginásio da Barra às 20h ingressos à venda


Cidade

Centro de Eventos de Balneário Camboriú será o maior do Sul do país  


Cidade

Toda a comunidade pode participar no próximo domingo


Cidade

Obra é cara e mal explicada 


Publicidade


Variedades

A chegada do bom velhinho também dá inicio a uma intensa programação cultural  


Geral

Participe da votação online!


Informe Comercial


Cultura

A entrada é gratuita, com contribuição de um quilo de alimento não perecível


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Medina chega ao Havaí sonhando com bi, mas título não depende só dele

Arquivo JP3/Folhapress.
Quinta, 7/12/2017 9:42.

(UOL/FOLHAPRESS) - Uma recuperação impressionante fez com que Gabriel Medina chegasse à última etapa do Mundial de Surfe com chances de ser campeão. Nas lendárias ondas de Pipeline, no Havaí, o brasileiro precisará superar John John Florence para conquistar o bicampeonato.

Apesar das chances, Medina não depende apenas de si para ser campeão. Os cenários que dão o título ao brasileiro são três: se Medina vencer a etapa e John John terminar, no máximo, em terceiro; Medina sendo segundo e John John não conseguindo uma posição melhor que a nona; John John ficando em 13º e o brasileiro na quinta colocação.

Depois de um começo decepcionante que o deixou fora do top-10, Medina brilhou nas etapas europeias. Foram duas vitórias seguidas: França e Portugal. Os resultados deixaram o brasileiro na segunda colocação, com 50.250 pontos -o líder John John tem 53.350.

"Agora estou pensando no título", disse o brasileiro logo após conquistar a etapa de Portugal no final de outubro.

Além de Medina e John John Florence, Jordy Smith e Julian Wilson também chegam em Pipeline com chances de título. Dos quatro citados, apenas Wilson venceu a etapa havaiana nos últimos seis anos (2014).

A última etapa do Mundial de Surfe tem sua primeira chamada prevista para esta sexta-feira (8), às 7h (de Brasília). 

Publicidade

Publicidade