Jornal Página 3

São Paulo perde e agora torce para não voltar à zona de rebaixamento

Quinta, 12/10/2017 7:31.

(FOLHAPRESS) - Só três pontos separavam o São Paulo do Atlético-MG antes de a 27ª rodada do Brasileiro começar. Na vitória por 1 a 0 nesta quarta (11), no Independência, os atleticanos foram amplamente superiores. Foi como se houvesse um abismo entre eles.

Desde os minutos iniciais, o Atlético, que vai a 37 pontos, em oitavo, lembrava seus bons momentos de campeão da Libertadores e candidato a título do Brasileiro.

Do outro lado, o São Paulo parecia um time endereçado ao rebaixamento. Acostumados a tentar propor o jogo, os visitantes dessa vez ficaram acuados e praticamente só se defenderam por 70 minutos.

A equipe tricolor só conseguiu chegar ao ataque na metade final do segundo tempo. Além disso, o time de Dorival Júnior não conseguiu neutralizar as investidas pelas duas extremidades do campo.

Valdivia, pela direita, e Robinho, pela esquerda, apoiados pelos laterais, davam imenso trabalho.

Só no primeiro tempo foram 11 finalizações para o Atlético, contra uma do rival. No final, foram 19 para os anfitriões, contra oito dos são-paulinos, segundo o Footstats.

No campeonato, a média do time era de 12,4 finalizações por partida, contra 12,1 do oponente.

Sidão foi testado, então, mais uma vez. Confiante após atuação salvadora contra o Sport na rodada anterior, o goleiro fez o que pôde.

Só não conseguiu defender o pênalti cobrado pelo lateral Fabio Santos, aos 7 minutos do segundo tempo. Mal na partida, o zagueiro Bruno Alves havia derrubado Valdivia.

Uma das intervenções de Sidão talvez pudesse ter sido anulada caso a tecnologia de vídeo já estivesse em uso.

Aos 16 minutos do primeiro tempo, zagueiro Felipe Santana finalizou duas vezes em sequência. Na segunda, o são-paulino teria espalmado a bola já atrás da linha do gol. Ao menos foi que a imagem da TV Globo sinalizou.

Para não voltar à zona de descenso, com 31 pontos, o time paulista tem de torcer por derrotas, nesta quinta-feira (12), de dois times entre Ponte Preta (31 pontos, contra o Santos em casa), Fluminense (31, contra o Flamengo) e Sport (30, contra o Vitória, fora).

ATLÉTICO-MG
Victor, Marcos Rocha, Gabriel, Felipe Santana e Fábio Santos; Roger Bernardo e Adilson; Cazares (Otero), Robinho e Valdivia; Fred (Rafael Moura). T.: Oswaldo de Oliveira.

SÃO PAULO
Sidão, Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Petros; Marcos Guilherme, Gómez (Jucilei), Hernanes (Shaylon) e Lucas Fernandes (Maicosuel); Pratto. T.: Dorival Júnior.

Estádio: Independência, em Belo Horizonte
Juiz: Heber Roberto Lopes (SC)
Cartões amarelos: Robinho (CAM); Bruno Alves e Rodrigo Caio (SAO)
Gol: Fábio Santos (CAM), aos 8 minutos do segundo tempo. 


Publicidade


Colunistas
por Fernando Baumann
por Sonia Tetto
por Saint Clair Nickelle
por Augusto Cesar Diegoli
por Marcos Vinicios Pagelkopf
por Enéas Athanázio
Guia Legal BC

Banda se apresenta no dia 5 de janeiro


Geral

Consórcio pode ser o fato mais relevante desde que as duas cidades se separaram 53 anos atrás 


Publicidade