Jornal Página 3

Hamilton lidera de ponta a ponta e vence GP de Monza; Massa é o oitavo
F1.com.

JULIANNE CERASOLI
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Lewis Hamilton foi o vencedor do Grande Prêmio do Monza de Fórmula 1. O piloto britânico conseguiu, com tranquilidade, manter a pole position do início até o fim da prova. O companheiro de equipe Valtteri Bottas cruzou a linha de chegada em seguida, na segunda posição.

Sebastian Vettel completou o pódio. O brasileiro Felipe Massa ficou na oitava colocação, atrás de Stroll e Ocon.

Outro destaque foi Daniel Ricciardo, que foi punido e largou na 16ª posição do grid. Apesar disso, o piloto australiano mostrou agressividade e se recuperou ao chegar em quatro, ganhando 12 postos.

Na primeira curva do Grande Prêmio de Monza, Lewis Hamilton manteve a ponta e Lance Stroll caiu para terceiro colocado. Esteban Ocon assumiu o segundo lugar. Já o brasileiro Felipe Massa teve um toque com Sergio Pérez e com Max Verstappen, mas conseguiu se sustentar no sétimo posto.

Max Verstappen caiu para o último lugar depois de furar o pneu e tocar com Massa. O holandês da RedBull também precisou trocar o bico do carro.

As primeiras voltas também foram caracterizadas pela agressividade de Valtteri Bottas, que largou em quarto, chegou a cair para quinto e, depois, passou três pilotos em três voltas. Na 11ª volta, ele já estava na segunda posição, ao lado do companheiro Lewis Hamilton
Hamilton e Bottas voando na frente

Na volta 14, Lewis Hamilton liderava a prova com três segundos de vantagem para o segundo colocado Valtteri Bottas. Enquanto que o irlandês estava quase 10 segundos à frente de Sebastian Vettel, dono do terceiro posto.

Na 16ª volta, Felipe Massa estava na sexta colocação tentando alcançar Lance Stroll, que estava na quinta. O companheiro do brasileiro teve uma parada ruim e correu o risco de perder posições.

Jolyon Palmer, da Renault, foi punido com cinco segundos por ultrapassar Fernando Alonso por fora da pista. O espanhol da McLaren não ficou satisfeito e achou pouca a advertência: "Eles estão brincando", falou o piloto pelo rádio.

Alonso abandonou a prova na penúltima volta.

Oito dos 20 pilotos do grid foram punidos, ou seja, só Lewis Hamilton largou na posição em que se classificou. E com os pilotos com carros rápidos largando atrás, a prova ficou movimentada.

Ricciardo (largou da 16ª posição), Verstappen (largou da 14ª), Sainz (largou da 16ª), Alonso (largou da 19ª), Hulkenberg (largou da 15ª), Palmer (largou da 18ª), Pérez (largou da 9ª) e Vandoorne (largou da 8ª) foram punidos por trocar de elementos de motor ou câmbio.

Na 26ª volta, Ricciardo estava no quarto posto, Vertappen em 17º, Sainz em 15º, Alonso em 11º, Hulkenberg em 13º, Palmer em 17º, Perez em 5º e Vandoorne em 10º.

Destaque para o Ricciardo que ganhou 12 posições.

A briga ficou boa entre a quinta a oitava posição, com Raikonnen, Esteban Ocon, Lance Stroll e Felipe Massa. O brasileiro estava atrás da sexta colocação já na 35ª volta do GP da Monza brigando com Stroll e Ocon.

Apesar disso, o brasileiro teve dificuldades na ultrapassagem e não conseguia sair da oitava colocação. 


Domingo, 3/9/2017 12:06.
Publicidade


Colunistas
por Waldemar Cezar Neto
por Sonia Tetto
por Augusto Cesar Diegoli
por Saint Clair Nickelle
por Enéas Athanázio
Cultura

Na programação 76 filmes, feira, cursos e palestras  


Cidade

A deste ano com 20 escalas nem começou e a próxima já prevê 35% de crescimento 


Esportes

Aqui será conhecida a melhor associação do Estado


Saúde

O alerta maior é para que todos façam a sua parte  


Cidade

Aplicativo é voltado para turistas e moradores 


Variedades

Neste final de semana 


Cidade

Balneário Camboriú, o Atracadouro e o empreendedor foram os vencedores neste ano


Cidade

Decreto quer reduzir impacto no trânsito


Cidade

Administração segue sem apresentar proposta objetiva sobre IPTU 


Publicidade

Projetos têm nomes de árvores nativas e podem ser adequados ao gosto dos clientes


Publicidade