Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Club Athletico Paranaense recebe o Junior Barranquila por primeiro título internacional
Divulgação
Athletico Paranaense entra em campo para a tentar sua primeira taça internacional

Quarta, 12/12/2018 11:08.

(FOLHAPRESS)

O primeiro título internacional de sua história está em jogo para o Atlético-PR às 21h45 desta quarta-feira. A equipe rubro-negra enfrenta o Junior Barranquilla, na Arena da Baixada, dependendo de uma vitória simples para ficar com o troféu da Copa Sul-Americana.

Na partida de ida, há uma semana, na Colômbia, o Atlético-PR segurou um empate por 1 a 1 após os adversários perderem uma cobrança de pênalti. Uma nova igualdade, independentemente do número de gols, leva a decisão para a disputa por pênaltis.

O melhor resultado internacional do Atlético-PR aconteceu na Taça Libertadores de 2005. Na ocasião, a equipe terminou com o vice-campeonato após perder a final para o São Paulo. Os paranaenses também foram semifinalistas da Copa Sul-Americana de 2006, caindo diante do Pachuca (MEX).

Além de buscar seu primeiro título internacional, o Atlético-PR também está de olho em outras vantagens. Uma delas é a vaga na Libertadores de 2019. O campeão da Sul-Americana se garante automaticamente na fase de grupos do torneio.

O campeão também leva o prêmio de US$ 4,4 milhões e tem a oportunidade de participar de mais duas competições internacionais em 2019: a Recopa contra o River Plate (campeão da Libertadores de 2018) e a Copa Suruga contra o campeão da Copa da Liga do Japão.

Para encarar o Junior, o Atlético-PR terá sua formação principal. O centroavante Pablo, principal destaque ofensivo do time na temporada, ficou fora de um treinamento por causa de uma lesão no tornozelo, mas está confirmado entre os titulares.

Do outro lado, o Junior terá o reforço do atacante Téo Gutiérrez, que não atuou na partida de ida por estar suspenso. A equipe de Barranquilla vem de uma grande atuação na final do Campeonato Colombiano, no sábado passado, goleando o Independiente Medellín por 4 a 1.

ATLÉTICO-PR
Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira, Renan Lodi; Bruno Guimarães, Lucho González, Raphael Veiga; Marcelo Cirino, Pablo, Nikão. T.: Tiago Nunes

JUNIOR BARRANQUILLA
Viera; Piedrahita, Gómez, Pérez, Fuentes; Narváez, Cantillo, Sánchez; Barrera, Díaz, Téo Gutiérrez. T.: Julio Comesaña

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba
Horário: 21h45 desta quarta
Juiz: Roberto Tobar (CHI)

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Cidade

Balneário Camboriú adotará entrega voluntária em ponto da prefeitura  


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Especial

Festival de música eletrônica reuniu milhares de pessoas na virada do ano, em Rio Negrinho


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Club Athletico Paranaense recebe o Junior Barranquila por primeiro título internacional

Divulgação
Athletico Paranaense entra em campo para a tentar sua primeira taça internacional
Athletico Paranaense entra em campo para a tentar sua primeira taça internacional
Quarta, 12/12/2018 11:08.

(FOLHAPRESS)

O primeiro título internacional de sua história está em jogo para o Atlético-PR às 21h45 desta quarta-feira. A equipe rubro-negra enfrenta o Junior Barranquilla, na Arena da Baixada, dependendo de uma vitória simples para ficar com o troféu da Copa Sul-Americana.

Na partida de ida, há uma semana, na Colômbia, o Atlético-PR segurou um empate por 1 a 1 após os adversários perderem uma cobrança de pênalti. Uma nova igualdade, independentemente do número de gols, leva a decisão para a disputa por pênaltis.

O melhor resultado internacional do Atlético-PR aconteceu na Taça Libertadores de 2005. Na ocasião, a equipe terminou com o vice-campeonato após perder a final para o São Paulo. Os paranaenses também foram semifinalistas da Copa Sul-Americana de 2006, caindo diante do Pachuca (MEX).

Além de buscar seu primeiro título internacional, o Atlético-PR também está de olho em outras vantagens. Uma delas é a vaga na Libertadores de 2019. O campeão da Sul-Americana se garante automaticamente na fase de grupos do torneio.

O campeão também leva o prêmio de US$ 4,4 milhões e tem a oportunidade de participar de mais duas competições internacionais em 2019: a Recopa contra o River Plate (campeão da Libertadores de 2018) e a Copa Suruga contra o campeão da Copa da Liga do Japão.

Para encarar o Junior, o Atlético-PR terá sua formação principal. O centroavante Pablo, principal destaque ofensivo do time na temporada, ficou fora de um treinamento por causa de uma lesão no tornozelo, mas está confirmado entre os titulares.

Do outro lado, o Junior terá o reforço do atacante Téo Gutiérrez, que não atuou na partida de ida por estar suspenso. A equipe de Barranquilla vem de uma grande atuação na final do Campeonato Colombiano, no sábado passado, goleando o Independiente Medellín por 4 a 1.

ATLÉTICO-PR
Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira, Renan Lodi; Bruno Guimarães, Lucho González, Raphael Veiga; Marcelo Cirino, Pablo, Nikão. T.: Tiago Nunes

JUNIOR BARRANQUILLA
Viera; Piedrahita, Gómez, Pérez, Fuentes; Narváez, Cantillo, Sánchez; Barrera, Díaz, Téo Gutiérrez. T.: Julio Comesaña

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba
Horário: 21h45 desta quarta
Juiz: Roberto Tobar (CHI)

Publicidade

Publicidade