Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

São Paulo decepciona no fim e termina fora do G4

Segunda, 3/12/2018 3:05.

ALEXANDRE DE AQUINO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Campeão simbólico do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o São Paulo se despediu neste domingo (2) da competição com derrota por 1 a 0 para a Chapecoense, em Santa Catarina, e de uma forma melancólica. O revés deixou o time paulista na quinta posição, com 63 pontos.

O último objetivo tricolor, após perder a chance de ser campeão brasileiro, era buscar a quarta posição, que ficou com o Grêmio. Os gaúchos bateram o Corinthians e chegaram aos 66 pontos. O São Paulo permaneceu com 63.

Dessa forma, o time do Morumbi disputará a fase preliminar da Libertadores e terá o planejamento de sua pré-temporada no ano que vem afetado, já que terá partidas decisivas a partir de fevereiro.

Os são-paulinos, em grande momento na primeira metade do torneio, encerram o segundo turno com uma campanha quase de time rebaixado, na 16ª posição, com 22 pontos, dois acima do Corinthians, o 17º nessa contagem.

Já a Chapecoense, desde 2014 na Série A do Brasileiro, escapou do rebaixamento. Terminou a competição no 14º lugar, com 44 pontos, e manteve o trunfo de estar no seleto grupo dos que nunca caíram de divisão, ao lado de Cruzeiro, Flamengo, Santos e São Paulo.

Nesta semana completaram-se dois anos da queda do avião que levava a equipe a Medellín, na Colômbia, para a final da Copa Sul-Americana de 2016. A tragédia matou 71 pessoas e marcou a história da equipe catarinense.

CHAPECOENSE
Jandrei; Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Bruno Pacheco; Canteros (Elicarlos), Amaral, Márcio Araújo e Diego Torres (Bruno Silva); Wellington Paulista e Leandro Pereira (Osman). T.: Claudinei Oliveira

SÃO PAULO
Jean; Araruna, Arboleda, Bruno Alves e Edimar (Shaylon); Hudson, Liziero e Nenê (Igor Gomes); Helinho, Diego Souza (Brenner) e Everton. T.: André Jardine

Estádio: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Juiz:Wilton Pereira Sampaio (GO)
Cartões amarelos: Jean, Arboleda, Everton (S)
Gol: Leandro Pereira, aos 22min do 2º tempo. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

São Paulo decepciona no fim e termina fora do G4

Publicidade

Segunda, 3/12/2018 3:05.

ALEXANDRE DE AQUINO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Campeão simbólico do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o São Paulo se despediu neste domingo (2) da competição com derrota por 1 a 0 para a Chapecoense, em Santa Catarina, e de uma forma melancólica. O revés deixou o time paulista na quinta posição, com 63 pontos.

O último objetivo tricolor, após perder a chance de ser campeão brasileiro, era buscar a quarta posição, que ficou com o Grêmio. Os gaúchos bateram o Corinthians e chegaram aos 66 pontos. O São Paulo permaneceu com 63.

Dessa forma, o time do Morumbi disputará a fase preliminar da Libertadores e terá o planejamento de sua pré-temporada no ano que vem afetado, já que terá partidas decisivas a partir de fevereiro.

Os são-paulinos, em grande momento na primeira metade do torneio, encerram o segundo turno com uma campanha quase de time rebaixado, na 16ª posição, com 22 pontos, dois acima do Corinthians, o 17º nessa contagem.

Já a Chapecoense, desde 2014 na Série A do Brasileiro, escapou do rebaixamento. Terminou a competição no 14º lugar, com 44 pontos, e manteve o trunfo de estar no seleto grupo dos que nunca caíram de divisão, ao lado de Cruzeiro, Flamengo, Santos e São Paulo.

Nesta semana completaram-se dois anos da queda do avião que levava a equipe a Medellín, na Colômbia, para a final da Copa Sul-Americana de 2016. A tragédia matou 71 pessoas e marcou a história da equipe catarinense.

CHAPECOENSE
Jandrei; Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Bruno Pacheco; Canteros (Elicarlos), Amaral, Márcio Araújo e Diego Torres (Bruno Silva); Wellington Paulista e Leandro Pereira (Osman). T.: Claudinei Oliveira

SÃO PAULO
Jean; Araruna, Arboleda, Bruno Alves e Edimar (Shaylon); Hudson, Liziero e Nenê (Igor Gomes); Helinho, Diego Souza (Brenner) e Everton. T.: André Jardine

Estádio: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Juiz:Wilton Pereira Sampaio (GO)
Cartões amarelos: Jean, Arboleda, Everton (S)
Gol: Leandro Pereira, aos 22min do 2º tempo. 

Publicidade

Publicidade