Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

River não aceita mudança de final para Madri e irá apelar na Conmebol

Sexta, 30/11/2018 8:35.

(FOLHAPRESS) - O River Plate não aceita a mudança da final da Copa Libertadores para Madri e irá apelar na Conmebol para que a partida seja disputada no Monumental de Nuñez, que deveria ter recebido o jogo no último fim de semana antes dos adiamentos por conta da confusão com o ônibus do Boca Juniors.

Na madrugada desta sexta-feira (30), ainda fim da noite de quinta na Argentina em razão da diferença de fuso, o clube emitiu um comunicado oficial no qual anuncia a decisão pela apelação na entidade que comanda o futebol sul-americano.

Desde o anúncio de que a decisão seria adiada, o River bateu o pé para que, primeiro, a competição fosse decidida no campo. Isso porque o Boca Juniors, na manhã de domingo (25), entrou com um pedido na Conmebol para que a final fosse suspensa e o clube declarado campeão.

O presidente Rodolfo D'Onofrio também iniciou as tratativas para manter o jogo no Monumental de Nuñez, e com a presença da torcida do River.

Nesta quinta (29), a Conmebol negou o pedido do Boca e anunciou a realização do confronto no estádio Santiago Bernabéu, do Real Madrid (ESP).

A entidade também informou as punições que serão dadas ao River Plate. O clube terá de fazer os dois próximos confrontos como mandante, em torneios da confederação sul-americana, sem a presença de público. Será obrigado também a pagar uma multa de US$ 400 mil (cerca de R$ 1,5 milhão).

Além do pedido de apelação para que o jogo não seja na Espanha, o River também entrará com recurso para retirar ou, no mínimo, aliviar as sanções anunciadas pela Conmebol. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Cidade

Balneário Camboriú adotará entrega voluntária em ponto da prefeitura  


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Especial

Festival de música eletrônica reuniu milhares de pessoas na virada do ano, em Rio Negrinho


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

River não aceita mudança de final para Madri e irá apelar na Conmebol

Sexta, 30/11/2018 8:35.

(FOLHAPRESS) - O River Plate não aceita a mudança da final da Copa Libertadores para Madri e irá apelar na Conmebol para que a partida seja disputada no Monumental de Nuñez, que deveria ter recebido o jogo no último fim de semana antes dos adiamentos por conta da confusão com o ônibus do Boca Juniors.

Na madrugada desta sexta-feira (30), ainda fim da noite de quinta na Argentina em razão da diferença de fuso, o clube emitiu um comunicado oficial no qual anuncia a decisão pela apelação na entidade que comanda o futebol sul-americano.

Desde o anúncio de que a decisão seria adiada, o River bateu o pé para que, primeiro, a competição fosse decidida no campo. Isso porque o Boca Juniors, na manhã de domingo (25), entrou com um pedido na Conmebol para que a final fosse suspensa e o clube declarado campeão.

O presidente Rodolfo D'Onofrio também iniciou as tratativas para manter o jogo no Monumental de Nuñez, e com a presença da torcida do River.

Nesta quinta (29), a Conmebol negou o pedido do Boca e anunciou a realização do confronto no estádio Santiago Bernabéu, do Real Madrid (ESP).

A entidade também informou as punições que serão dadas ao River Plate. O clube terá de fazer os dois próximos confrontos como mandante, em torneios da confederação sul-americana, sem a presença de público. Será obrigado também a pagar uma multa de US$ 400 mil (cerca de R$ 1,5 milhão).

Além do pedido de apelação para que o jogo não seja na Espanha, o River também entrará com recurso para retirar ou, no mínimo, aliviar as sanções anunciadas pela Conmebol. 

Publicidade

Publicidade