Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Destaque na estreia do jiu jitsu nos Jogos Abertos é de Balneário Camboriú
Divulgação PMBC
No pódio, Diogo comemora ao lado do técnico Aldo (D)

Quinta, 13/9/2018 17:38.

Balneário Camboriú conquistou três medalhas de ouro e igual número de bronze, na estreia do jiu jitsu, nos Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC), nesta quarta-feira (12).

O faixa preta Diogo do Nascimento foi o grande destaque desta edição histórica, porque foi o único lutador a garantir duas medalhas douradas: na Categoria Pesado e na Absoluto. A terceira medalha de ouro para Balneário veio com Ronise Dalago, na categoria Pesado.

Os medalhistas de bronze são Rosemar Junior Conceição (Categoria Galo), Gabriel Neves (Categoria Pluma) e Marcos Turela (Categoria Meio Pesado).

Com estes resultados, Balneário Camboriú garantiu o terceiro lugar por equipes.

Este foi o ano de apresentação da modalidade nos Jasc, portanto todas estas conquistas não renderam pontos para os municipios. Participaram da estreia 300 atletas no masculino e 250 no feminino de 39 municipios.

Estes números surpreenderam até os diretores da Federação Catarinense de Jiu Jitsu e da Fesporte.

Os campeões

Diogo do Nascimento teve uma atuação impecável, fez nove lutas e não sofreu um ponto sequer.

"Estou muito contente com o resultado, treinamos dia a dia para isto, lutamos diversos eventos antes, para chegarmos preparados e deu tudo certo graças a Deus", comemorou.

Nise Dalago, que enfrentou lutas duras, para chegar ao topo do pódio, disse que ainda está recuperando o ritmo.

“Fiquei muito feliz em vencer o primeiro Jasc da modalidade. Voltei a competir após um bom tempo parada e está dando tudo certo, ainda falta recuperar o ritmo, mas isso vem com os eventos", disse a atleta.

Nise retorna ao esporte em alto estilo

O técnico

O técnico da equipe, professor da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) Aldo Max, também competiu, mas não alcançou medalhas, assim como Leandro Snaider e Marcio Couto. Aldo acompanhou toda movimentação para incluir a modalidade nos JASC.

"Nesta quarta-feira encerramos um ciclo muito importante, após anos de batalha conseguimos realizar a apresentação do jiu jitsu no JASC com sucesso. Agora inicia um novo tempo para todos os praticantes, o poder público voltou os olhos para nós e a partir de agora as coisas só vão melhorar”, acredita.

As próximas competições da equipe serão o Curitiba Internacional Open e a última etapa do Estadual, no próximo mês.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Destaque na estreia do jiu jitsu nos Jogos Abertos é de Balneário Camboriú

Divulgação PMBC
No pódio, Diogo comemora ao lado do técnico Aldo (D)
No pódio, Diogo comemora ao lado do técnico Aldo (D)
Quinta, 13/9/2018 17:38.

Balneário Camboriú conquistou três medalhas de ouro e igual número de bronze, na estreia do jiu jitsu, nos Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC), nesta quarta-feira (12).

O faixa preta Diogo do Nascimento foi o grande destaque desta edição histórica, porque foi o único lutador a garantir duas medalhas douradas: na Categoria Pesado e na Absoluto. A terceira medalha de ouro para Balneário veio com Ronise Dalago, na categoria Pesado.

Os medalhistas de bronze são Rosemar Junior Conceição (Categoria Galo), Gabriel Neves (Categoria Pluma) e Marcos Turela (Categoria Meio Pesado).

Com estes resultados, Balneário Camboriú garantiu o terceiro lugar por equipes.

Este foi o ano de apresentação da modalidade nos Jasc, portanto todas estas conquistas não renderam pontos para os municipios. Participaram da estreia 300 atletas no masculino e 250 no feminino de 39 municipios.

Estes números surpreenderam até os diretores da Federação Catarinense de Jiu Jitsu e da Fesporte.

Os campeões

Diogo do Nascimento teve uma atuação impecável, fez nove lutas e não sofreu um ponto sequer.

"Estou muito contente com o resultado, treinamos dia a dia para isto, lutamos diversos eventos antes, para chegarmos preparados e deu tudo certo graças a Deus", comemorou.

Nise Dalago, que enfrentou lutas duras, para chegar ao topo do pódio, disse que ainda está recuperando o ritmo.

“Fiquei muito feliz em vencer o primeiro Jasc da modalidade. Voltei a competir após um bom tempo parada e está dando tudo certo, ainda falta recuperar o ritmo, mas isso vem com os eventos", disse a atleta.

Nise retorna ao esporte em alto estilo

O técnico

O técnico da equipe, professor da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) Aldo Max, também competiu, mas não alcançou medalhas, assim como Leandro Snaider e Marcio Couto. Aldo acompanhou toda movimentação para incluir a modalidade nos JASC.

"Nesta quarta-feira encerramos um ciclo muito importante, após anos de batalha conseguimos realizar a apresentação do jiu jitsu no JASC com sucesso. Agora inicia um novo tempo para todos os praticantes, o poder público voltou os olhos para nós e a partir de agora as coisas só vão melhorar”, acredita.

As próximas competições da equipe serão o Curitiba Internacional Open e a última etapa do Estadual, no próximo mês.

Publicidade

Publicidade