Jornal Página 3
Esportes
Willian Cardoso, o Panda, já está na Austrália esperando o circuito mundial
Segunda, 1/4/2019 11:36.

Italo MC

Publicidade

O surfista de Balneário Camboriú, Willian Cardoso, já está na Austrália esperando a abertura do circuito mundial. Desde o dia 07 de março, ele estava em El Salvador, junto com o preparador físico Fernando Ricci, para uma temporada de 13 dias, finalizando sua preparação novamente em um país do Caribe. O atleta de 33 anos está buscando melhorar sua performance entre os maiores sufistas do mundo, já que em 2018 terminou o circuito na 13ª colocação, sendo o quarto melhor brasileiro no circuito mundial da WSL.

Foco nas etapas da elite

Se até o ano passado o atleta estava buscando chegar a elite mundial, e manter-se, este ano os objetivos são maiores. Após conquistar excelentes resultados em 2018 vencendo a etapa de Uluwatu e conquistando o quinto lugar em Bali, Willian ainda seguiu o circuito encaixando poderosas notas e vencendo baterias complicadas, superando as expectativas e demonstrando que chegou no tour para ficar. A abertura do circuito será no dia 03 de abril no pico de Snapper Rocks, na Gold Coast australiana.

Potencial local para performance mundial

Se o Panda tem notoriedade entre os atletas do circuito, localmente também é referência. Aliás, pensar globalmente e agir localmente é a métrica estabelecida pelo atleta para conquistar o espaço necessário dentro do surfe mundial. Seu local de treinos preferido fica na Praia Brava de Itajaí, praia vizinha à cidade de Balneário Camboriú, um dos celeiros do surfe brasileiro.

“Cresci em Balneário Camboriú, onde aprendi a surfar e me apaixonar pelo esporte. Mas a Praia Brava sempre foi o local onde pude colocar meus limites à prova. Estar nesse pico me faz bem. É ali que eu decidi morar”, diz.

De contrato renovado com seu patrocinador principal, a marca de roupas local Santacosta e novos patrocinadores da região também acreditando no seu surfe, o planejamento está todo focado nas 11 etapas da elite, tendo escolhido alguns eventos da divisão de acesso para disputar. Willian tem agora a experiência de estar no circuito e o conhecimento de disputar baterias com seus oponentes nas ondas mais potentes do planeta. E para isso o preparo físico é importante. O circuito mundial é desgastante, força o atleta a ficar longe de casa por quase oito meses ininterruptos, e isso mexe com todo o metabolismo. Para isso o panda tem feito um treinamento específico para manter suas características principais, a força nas manobras e a rapidez nos tubos para encarar as condições adversas de ondas, corrente e arrebentação.

Além disso, por se tratar de locais onde a cultura difere muito, faz acompanhamento especifico para alimentação com a nutricionista Francesca Kunz. Para evitar lesões e disfunções faz tratamento na clínica Osteosports.

Ações sociais

Em parceria com a Fundação Municipal de Esportes de Balneário Camboriú, Willian está iniciando um projeto social através da escolinha de surfe do município, distribuindo materiais para a prática do surfe além de ministrar aulas e palestras para estudantes da rede municipal de ensino da cidade. Esta é uma forma de aproximar as crianças para exemplos positivos, onde o esporte tem envolvimento direto na formação pessoal e pode se tornar objetivo de vida. As aulas serão ministradas durante o ano de 2019, enquanto o atleta estiver na cidade.

Willian Cardoso tem o patrocínio de Santacosta, Anasol, Santa Luzia, Snapy Surfboards, The Loft, Hike brava e Mendes Empreendimentos, apoio de Janga Brasil, Sunset Brew, Jam Traction, feather fins e Instituto Ippo. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Destaques

O Tonino Lamborghini Residences Balneário Camboriú será desenvolvido pela Embraed Empreendimentos  


Sexto lugar no ranking das 50 cidades catarinenses que mais abriram empresas em 2019


 Uma restauração histórica de fotos aéreas para o primeiro plano diretor do município



 Em 12 meses foram registradas 2,4 infrações desse tipo por hora


 “Afastar a corrupção é o dever de todos”, disse o prefeito


Cidade

O Tonino Lamborghini Residences Balneário Camboriú será desenvolvido pela Embraed Empreendimentos  


Economia

Sexto lugar no ranking das 50 cidades catarinenses que mais abriram empresas em 2019


Variedades

 Uma restauração histórica de fotos aéreas para o primeiro plano diretor do município


Variedades


Policia

 Em 12 meses foram registradas 2,4 infrações desse tipo por hora


Política

 “Afastar a corrupção é o dever de todos”, disse o prefeito


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Willian Cardoso, o Panda, já está na Austrália esperando o circuito mundial

Italo MC

Publicidade

Segunda, 1/4/2019 11:36.

O surfista de Balneário Camboriú, Willian Cardoso, já está na Austrália esperando a abertura do circuito mundial. Desde o dia 07 de março, ele estava em El Salvador, junto com o preparador físico Fernando Ricci, para uma temporada de 13 dias, finalizando sua preparação novamente em um país do Caribe. O atleta de 33 anos está buscando melhorar sua performance entre os maiores sufistas do mundo, já que em 2018 terminou o circuito na 13ª colocação, sendo o quarto melhor brasileiro no circuito mundial da WSL.

Foco nas etapas da elite

Se até o ano passado o atleta estava buscando chegar a elite mundial, e manter-se, este ano os objetivos são maiores. Após conquistar excelentes resultados em 2018 vencendo a etapa de Uluwatu e conquistando o quinto lugar em Bali, Willian ainda seguiu o circuito encaixando poderosas notas e vencendo baterias complicadas, superando as expectativas e demonstrando que chegou no tour para ficar. A abertura do circuito será no dia 03 de abril no pico de Snapper Rocks, na Gold Coast australiana.

Potencial local para performance mundial

Se o Panda tem notoriedade entre os atletas do circuito, localmente também é referência. Aliás, pensar globalmente e agir localmente é a métrica estabelecida pelo atleta para conquistar o espaço necessário dentro do surfe mundial. Seu local de treinos preferido fica na Praia Brava de Itajaí, praia vizinha à cidade de Balneário Camboriú, um dos celeiros do surfe brasileiro.

“Cresci em Balneário Camboriú, onde aprendi a surfar e me apaixonar pelo esporte. Mas a Praia Brava sempre foi o local onde pude colocar meus limites à prova. Estar nesse pico me faz bem. É ali que eu decidi morar”, diz.

De contrato renovado com seu patrocinador principal, a marca de roupas local Santacosta e novos patrocinadores da região também acreditando no seu surfe, o planejamento está todo focado nas 11 etapas da elite, tendo escolhido alguns eventos da divisão de acesso para disputar. Willian tem agora a experiência de estar no circuito e o conhecimento de disputar baterias com seus oponentes nas ondas mais potentes do planeta. E para isso o preparo físico é importante. O circuito mundial é desgastante, força o atleta a ficar longe de casa por quase oito meses ininterruptos, e isso mexe com todo o metabolismo. Para isso o panda tem feito um treinamento específico para manter suas características principais, a força nas manobras e a rapidez nos tubos para encarar as condições adversas de ondas, corrente e arrebentação.

Além disso, por se tratar de locais onde a cultura difere muito, faz acompanhamento especifico para alimentação com a nutricionista Francesca Kunz. Para evitar lesões e disfunções faz tratamento na clínica Osteosports.

Ações sociais

Em parceria com a Fundação Municipal de Esportes de Balneário Camboriú, Willian está iniciando um projeto social através da escolinha de surfe do município, distribuindo materiais para a prática do surfe além de ministrar aulas e palestras para estudantes da rede municipal de ensino da cidade. Esta é uma forma de aproximar as crianças para exemplos positivos, onde o esporte tem envolvimento direto na formação pessoal e pode se tornar objetivo de vida. As aulas serão ministradas durante o ano de 2019, enquanto o atleta estiver na cidade.

Willian Cardoso tem o patrocínio de Santacosta, Anasol, Santa Luzia, Snapy Surfboards, The Loft, Hike brava e Mendes Empreendimentos, apoio de Janga Brasil, Sunset Brew, Jam Traction, feather fins e Instituto Ippo. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Destaques

O Tonino Lamborghini Residences Balneário Camboriú será desenvolvido pela Embraed Empreendimentos  


Sexto lugar no ranking das 50 cidades catarinenses que mais abriram empresas em 2019


 Uma restauração histórica de fotos aéreas para o primeiro plano diretor do município



 Em 12 meses foram registradas 2,4 infrações desse tipo por hora


 “Afastar a corrupção é o dever de todos”, disse o prefeito