Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Após sete anos de espera Avaí conquista o título catarinense

Segunda, 22/4/2019 5:52.

O Avaí sagrou-se campeão catarinense de 2019 neste domingo (21) vencendo a Chapecoense nos pênaltis.

Nos 90 minutos a Chape saiu na frente no primeiro tempo, mas permitiu o empate aos 30 do segundo tempo após o Avaí chegar várias vezes com perigo e merecer o gol.

Desde 2012 o Avaí não chegava ao título catarinense, o 17o na história do clube.

AVAÍ
Vladimir: Alex Silva, Betão, Marquinhos Silva e Iury; Mosquera, Pedro Castro e Gegê (Luan Pereira); João Paulo, Getúlio e Brizuela (Jones). Técnico: Geninho.

CHAPECOENSE
Tiepo; Eduardo (Rafael Pereira), Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Elicarlos (Lourency) e Campanharo; Aylon, Everaldo e Régis (Amaral). Técnico: Ney Franco.

GOLS: Régis (C, 41/1t) e Alex Silva (A, 30/2t)

AMARELOS: André Moritz, João Paulo, Luan Pereira, Alex Silva e Iury (A). Amaral, Everaldo e Campanharo (C).

ÁRBITROS: Bráulio da Silva Machado, auxiliado por Helton Nunes e Alex dos Santos. Rafael Traci (VAR).

Público: 15.876 torcedores / renda de R$ 439.555,00.

Estádio: Ressacada, em Florianópolis. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Esportes

Equipe de revezamento é a mais rápida do Continente 


Cidade

Dos 16 secretários do início do governo só um ficou no cargo


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Após sete anos de espera Avaí conquista o título catarinense

Publicidade

Segunda, 22/4/2019 5:52.

O Avaí sagrou-se campeão catarinense de 2019 neste domingo (21) vencendo a Chapecoense nos pênaltis.

Nos 90 minutos a Chape saiu na frente no primeiro tempo, mas permitiu o empate aos 30 do segundo tempo após o Avaí chegar várias vezes com perigo e merecer o gol.

Desde 2012 o Avaí não chegava ao título catarinense, o 17o na história do clube.

AVAÍ
Vladimir: Alex Silva, Betão, Marquinhos Silva e Iury; Mosquera, Pedro Castro e Gegê (Luan Pereira); João Paulo, Getúlio e Brizuela (Jones). Técnico: Geninho.

CHAPECOENSE
Tiepo; Eduardo (Rafael Pereira), Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Elicarlos (Lourency) e Campanharo; Aylon, Everaldo e Régis (Amaral). Técnico: Ney Franco.

GOLS: Régis (C, 41/1t) e Alex Silva (A, 30/2t)

AMARELOS: André Moritz, João Paulo, Luan Pereira, Alex Silva e Iury (A). Amaral, Everaldo e Campanharo (C).

ÁRBITROS: Bráulio da Silva Machado, auxiliado por Helton Nunes e Alex dos Santos. Rafael Traci (VAR).

Público: 15.876 torcedores / renda de R$ 439.555,00.

Estádio: Ressacada, em Florianópolis. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade