Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Coritiba vence Ponte em noite de homenagens a Dirceu Krüger

Terça, 30/4/2019 6:34.

Em noite de homenagens a Dirceu Krüger, falecido na última quinta-feira, o Coritiba estreou no Campeonato Brasileiro da Série B com vitória por 2 a 0 sobre a Ponte Preta, nesta segunda, no Estádio Couto Pereira. Destaque para o atacante Rodrigão, autor dos dois gols do duelo. O time campineiro ainda perdeu um pênalti, cobrado por Thalles, na trave.

As homenagens começaram com show de luzes no Couto Pereira. A diretoria do Coritiba exibiu um vídeo no telão com lances do "Flecha Loira". Cinquenta e três pequenas crianças entraram em campo, com bexigas brancas. Um deles era a neta do ex-jogador, Isabela. O número é em alusão a tempo que ele dedicou ao clube.

O jogo começou movimentado. Logo aos seis minutos, Rodrigão apareceu pela esquerda e chutou. Ivan espalmou para escanteio. Com a posse de bola, a Ponte Preta respondeu em seguida. Matheus Vargas pegou o rebote na entrada da área e mandou rente à trave do goleiro Wilson.

Em nova chegada do Coritiba, o árbitro marcou mão de Diego Renan após chute de Welinton Júnior: pênalti. Aos 19 minutos, Rodrigão foi para cobrança e abriu o marcador. Na comemoração, disparou flechas para torcida, em homenagem a Dirceu Krüger, o "Flecha Loira".

A Ponte Preta sentiu o gol e deu mais espaço para o Coritiba. Aos 36 minutos, Fabiano recebeu na entrada da área e rolou para Rodrigão. O atacante passou por dois marcadores e mandou no fundo das redes. O terceiro não saiu por pouco. Patrick passou como quis por Renan Fonseca e tocou na saída de Ivan. A bola seguiu pela linha de fundo.

No segundo tempo, o Coritiba voltou ainda melhor. Rodrigão foi lançado em velocidade e tocou com categoria. A bola tinha endereço certo, mas Ivan salvou com as pontas dos dedos. A resposta veio com Renato Kayser. O meia apareceu de surpresa na área e desviou de cabeça, mandando perto do gol.

Rodrigão apareceu de novo aos 13 minutos. Diogo Mateus lançou na medida para o atacante cabecear no travessão. Após o susto, a Ponte Preta se acertou no jogo e perdeu grande oportunidade de diminuir. Diego Renan foi derrubado dentro da área por Welinton Júnior, e o árbitro marcou pênalti. Thalles cobrou na trave. Na volta, a bola voltou na cabeça de Wilson, antes de sair para escanteio.

A Ponte Preta tentou uma pressão no fim, mas na melhor chance Wilson salvou em chute de Arnaldo. O Coritiba ainda buscou fazer o terceiro antes do apito final. Arancibia cobrou falta venenosa para defesa de Ivan.

Na próxima rodada, a Ponte Preta enfrenta o Criciúma na quinta-feira, às 21 horas, no Estádio Moisés Lucarelli. Na sexta, às 21h30, o Coritiba visita o Atlético-GO no Antônio Accioly.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 2 X 0 PONTE PRETA

CORITIBA - Wilson; Diogo Mateus, Alan Costa, Romércio e Fabiano; Vitor Carvalho, Luiz Henrique (Arancibia), Thiago Lopes (Elyeser) e Patrick; Welinton Júnior (Lucas Tocantins) e Rodrigão. Técnico: Umberto Louzer.

PONTE PRETA - Ivan; Arnaldo, Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan (Abner); Gerson Magrão, Nathan e Matheus Vargas (Batista); Júlio César, Renato Kayzer (Matheus Oliveira) e Thalles. Técnico: Jorginho.

GOLS - Rodrigão, aos 19 e aos 36 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Ronei Candido Alves (MG).

CARTÕES AMARELOS - Fabiano e Luiz Henrique (Coritiba); Gerson Magrão, Matheus Vargas, Nathan e Renato Kayzer (Ponte Preta).

RENDA - R$ 312.460,00.

PÚBLICO - 31.167 pagantes.

LOCAL - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR). 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Saúde

As vizinhas Itapema (185) e Camboriú (105) lideram a lista de doentes autóctones


Justiça

MP diz que aluguel de totens de segurança causou prejuízo ao erário


Geral

Evento será nessa sexta (24) e sábado (25)


Cultura

Livro “Camboriú e Balneário e Camboriú – a história das duas cidades” em nova versão


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Coritiba vence Ponte em noite de homenagens a Dirceu Krüger

Publicidade

Terça, 30/4/2019 6:34.

Em noite de homenagens a Dirceu Krüger, falecido na última quinta-feira, o Coritiba estreou no Campeonato Brasileiro da Série B com vitória por 2 a 0 sobre a Ponte Preta, nesta segunda, no Estádio Couto Pereira. Destaque para o atacante Rodrigão, autor dos dois gols do duelo. O time campineiro ainda perdeu um pênalti, cobrado por Thalles, na trave.

As homenagens começaram com show de luzes no Couto Pereira. A diretoria do Coritiba exibiu um vídeo no telão com lances do "Flecha Loira". Cinquenta e três pequenas crianças entraram em campo, com bexigas brancas. Um deles era a neta do ex-jogador, Isabela. O número é em alusão a tempo que ele dedicou ao clube.

O jogo começou movimentado. Logo aos seis minutos, Rodrigão apareceu pela esquerda e chutou. Ivan espalmou para escanteio. Com a posse de bola, a Ponte Preta respondeu em seguida. Matheus Vargas pegou o rebote na entrada da área e mandou rente à trave do goleiro Wilson.

Em nova chegada do Coritiba, o árbitro marcou mão de Diego Renan após chute de Welinton Júnior: pênalti. Aos 19 minutos, Rodrigão foi para cobrança e abriu o marcador. Na comemoração, disparou flechas para torcida, em homenagem a Dirceu Krüger, o "Flecha Loira".

A Ponte Preta sentiu o gol e deu mais espaço para o Coritiba. Aos 36 minutos, Fabiano recebeu na entrada da área e rolou para Rodrigão. O atacante passou por dois marcadores e mandou no fundo das redes. O terceiro não saiu por pouco. Patrick passou como quis por Renan Fonseca e tocou na saída de Ivan. A bola seguiu pela linha de fundo.

No segundo tempo, o Coritiba voltou ainda melhor. Rodrigão foi lançado em velocidade e tocou com categoria. A bola tinha endereço certo, mas Ivan salvou com as pontas dos dedos. A resposta veio com Renato Kayser. O meia apareceu de surpresa na área e desviou de cabeça, mandando perto do gol.

Rodrigão apareceu de novo aos 13 minutos. Diogo Mateus lançou na medida para o atacante cabecear no travessão. Após o susto, a Ponte Preta se acertou no jogo e perdeu grande oportunidade de diminuir. Diego Renan foi derrubado dentro da área por Welinton Júnior, e o árbitro marcou pênalti. Thalles cobrou na trave. Na volta, a bola voltou na cabeça de Wilson, antes de sair para escanteio.

A Ponte Preta tentou uma pressão no fim, mas na melhor chance Wilson salvou em chute de Arnaldo. O Coritiba ainda buscou fazer o terceiro antes do apito final. Arancibia cobrou falta venenosa para defesa de Ivan.

Na próxima rodada, a Ponte Preta enfrenta o Criciúma na quinta-feira, às 21 horas, no Estádio Moisés Lucarelli. Na sexta, às 21h30, o Coritiba visita o Atlético-GO no Antônio Accioly.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 2 X 0 PONTE PRETA

CORITIBA - Wilson; Diogo Mateus, Alan Costa, Romércio e Fabiano; Vitor Carvalho, Luiz Henrique (Arancibia), Thiago Lopes (Elyeser) e Patrick; Welinton Júnior (Lucas Tocantins) e Rodrigão. Técnico: Umberto Louzer.

PONTE PRETA - Ivan; Arnaldo, Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan (Abner); Gerson Magrão, Nathan e Matheus Vargas (Batista); Júlio César, Renato Kayzer (Matheus Oliveira) e Thalles. Técnico: Jorginho.

GOLS - Rodrigão, aos 19 e aos 36 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Ronei Candido Alves (MG).

CARTÕES AMARELOS - Fabiano e Luiz Henrique (Coritiba); Gerson Magrão, Matheus Vargas, Nathan e Renato Kayzer (Ponte Preta).

RENDA - R$ 312.460,00.

PÚBLICO - 31.167 pagantes.

LOCAL - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR). 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade