Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Atleta de Balneário Camboriú vai caminhar até Ushuaia com seu cão
Reprodução/Instagram
Tarso e Dudu

Segunda, 8/4/2019 11:13.

O atleta Tarso Gonçalves Soares, de Balneário Camboriú, começou na sexta-feira (5) uma grande aventura: junto com seu cachorro, o Dudu, e o amigo Daniel Meyer, vão caminhar até Ushuaia, na Argentina, em um trajeto que deve levar de oito a 12 meses, totalizando 6 mil km. Ele relatou em seu Facebook o começo da aventura.

Há dois anos, Tarso resolveu tirar férias de sua vida e mergulhar nas coisas simples. Desde então ele já viajou de carona até Ushuaia, que é o município mais ao sul da América do Sul, e fez diversas caminhadas e pedaladas. Recentemente ele voltou para Santa Catarina, para começar aquela que ele afirma ser ‘a maior epopeia de sua vida’.

“Vou percorrer novamente os 6 mil km até o ‘fin del mundo’, mas dessa vez a pé e pela praia”, diz.

O que chama a atenção é o companheiro de Tarso, o cachorrinho Dudu, que desde filhote costuma acompanhá-lo na vida de atleta. Inclusive ele já saiu em uma reportagem do Página 3, pois anda de caiaque, de bicicleta e corre maratonas. A ideia inicial do grupo era caminhar da Praia da Tainha, em Bombinhas, até a Patagônia Argentina (3 mil quilômetros) sempre pela beira-mar e mantendo contato visual com o mar e mantendo uma média de aproximados 10 km diários. Porém, o trajeto dobrou de tamanho e Tarso e Daniel decidiram ir até Ushuaia.

“A quilometragem diária está livre: qualquer coisa entre zero e 100km está valendo - de acordo com a nossa vontade. O mesmo vale quanto às entradas nas penínsulas: hora entramos, hora não. Imaginamos levar de oito a 12 meses até lá”, conta. O trio parece empolgado e cheio de energia, e o atleta afirma que é exatamente esse o diferencial.

“Constantemente nos perguntamos ‘é aqui mesmo que eu quero estar?’ e a resposta deve ser sempre ‘sim’. Percorremos 22km no primeiro dia (11 de trilha, seis de praia e cinco de calçamento) e 30 no segundo (quase tudo em asfalto). Dormimos numa praça pública em Tijucas e na beira mar de Biguaçu numa vila de pescadores. Tomamos banho na chuva e na cachoeira. Seguimos!”, completa.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Exemplo de desrespeito com o dinheiro público espera por climatização, elevadores e divisórias.


Geral

A campanha ReciclaBC da Ambiental e Prefeitura de Balneário faz alertas frequentes para o descarte correto


Geral

Areia do fundo do mar não é esgoto 


Cidade

 Governo do município não tem foco claro sobre o problema


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Atleta de Balneário Camboriú vai caminhar até Ushuaia com seu cão

Reprodução/Instagram
Tarso e Dudu
Tarso e Dudu

Publicidade

Segunda, 8/4/2019 11:13.

O atleta Tarso Gonçalves Soares, de Balneário Camboriú, começou na sexta-feira (5) uma grande aventura: junto com seu cachorro, o Dudu, e o amigo Daniel Meyer, vão caminhar até Ushuaia, na Argentina, em um trajeto que deve levar de oito a 12 meses, totalizando 6 mil km. Ele relatou em seu Facebook o começo da aventura.

Há dois anos, Tarso resolveu tirar férias de sua vida e mergulhar nas coisas simples. Desde então ele já viajou de carona até Ushuaia, que é o município mais ao sul da América do Sul, e fez diversas caminhadas e pedaladas. Recentemente ele voltou para Santa Catarina, para começar aquela que ele afirma ser ‘a maior epopeia de sua vida’.

“Vou percorrer novamente os 6 mil km até o ‘fin del mundo’, mas dessa vez a pé e pela praia”, diz.

O que chama a atenção é o companheiro de Tarso, o cachorrinho Dudu, que desde filhote costuma acompanhá-lo na vida de atleta. Inclusive ele já saiu em uma reportagem do Página 3, pois anda de caiaque, de bicicleta e corre maratonas. A ideia inicial do grupo era caminhar da Praia da Tainha, em Bombinhas, até a Patagônia Argentina (3 mil quilômetros) sempre pela beira-mar e mantendo contato visual com o mar e mantendo uma média de aproximados 10 km diários. Porém, o trajeto dobrou de tamanho e Tarso e Daniel decidiram ir até Ushuaia.

“A quilometragem diária está livre: qualquer coisa entre zero e 100km está valendo - de acordo com a nossa vontade. O mesmo vale quanto às entradas nas penínsulas: hora entramos, hora não. Imaginamos levar de oito a 12 meses até lá”, conta. O trio parece empolgado e cheio de energia, e o atleta afirma que é exatamente esse o diferencial.

“Constantemente nos perguntamos ‘é aqui mesmo que eu quero estar?’ e a resposta deve ser sempre ‘sim’. Percorremos 22km no primeiro dia (11 de trilha, seis de praia e cinco de calçamento) e 30 no segundo (quase tudo em asfalto). Dormimos numa praça pública em Tijucas e na beira mar de Biguaçu numa vila de pescadores. Tomamos banho na chuva e na cachoeira. Seguimos!”, completa.

Publicidade

Publicidade