Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Com time misto, Santos segura Palmeiras no estádio do adversário
Arquivo JP3/Folhapress.

Domingo, 24/2/2019 5:16.

(FOLHAPRESS) - Terminou em zero a zero o clássico da oitava rodada do Campeonato Paulista, entre Palmeiras e Santos, na noite deste sábado (23).

O Santos entrou em campo com time misto e conseguiu segurar as tentativas de gol do Palmeiras, que jogava em casa. O artilheiro do campeonato, Jean Mota, começou no banco e só entrou aos 16 minutos da segunda etapa.

O Santos trocou muitos passes e teve maior posse de bola, mas não fez tantas chances de gol quanto o Palmeiras. As duas melhores tentativas foram do time paulistano: no primeiro tempo com cruzamento de Raphael Veiga para Borja, que perdeu a chance de cara com o gol, e no segundo tempo com cabeçada de Dudu, defendida pelo goleiro Éverson.

O Santos pressionou nos últimos minutos de jogo, com chute de Jean Lucas, mas a bola foi para fora.

Foi o primeiro empate do clube no campeonato. O time chega a 19 pontos e ainda tem a melhor campanha do torneio.

O Palmeiras tem agora 15 pontos e a segunda melhor campanha. Porém, o Red Bull Brasil está logo atrás, com 14 pontos, e enfrenta o São Paulo neste domingo (24), às 17h, no Morumbi.

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha, Luan (Antônio Carlos), Gustavo Gómez e Victor Luis; Thiago Santos, Moisés (Bruno Henrique) e Raphael Veiga (Ricardo Goulart); Felipe Pires, Dudu e Borja.
T.: Luiz Felipe Scolari.

SANTOS
Éverson; Matheus Ribeiro, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Copete; Diego Pituca (Carlos Sánchez), Yuri e Jean Lucas; Cueva (Orinho), Rodrygo e Derlis González (Jean Mota).
T.: Jorge Sampaoli.

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
Cartões amarelos: Weverton, Antônio Carlos (Palmeiras); Jean Lucas, Yuri, Cueva (Santos). 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Saúde

As vizinhas Itapema (185) e Camboriú (105) lideram a lista de doentes autóctones


Justiça

MP diz que aluguel de totens de segurança causou prejuízo ao erário


Geral

Evento será nessa sexta (24) e sábado (25)


Cultura

Livro “Camboriú e Balneário e Camboriú – a história das duas cidades” em nova versão


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Com time misto, Santos segura Palmeiras no estádio do adversário

Arquivo JP3/Folhapress.

Publicidade

Domingo, 24/2/2019 5:16.

(FOLHAPRESS) - Terminou em zero a zero o clássico da oitava rodada do Campeonato Paulista, entre Palmeiras e Santos, na noite deste sábado (23).

O Santos entrou em campo com time misto e conseguiu segurar as tentativas de gol do Palmeiras, que jogava em casa. O artilheiro do campeonato, Jean Mota, começou no banco e só entrou aos 16 minutos da segunda etapa.

O Santos trocou muitos passes e teve maior posse de bola, mas não fez tantas chances de gol quanto o Palmeiras. As duas melhores tentativas foram do time paulistano: no primeiro tempo com cruzamento de Raphael Veiga para Borja, que perdeu a chance de cara com o gol, e no segundo tempo com cabeçada de Dudu, defendida pelo goleiro Éverson.

O Santos pressionou nos últimos minutos de jogo, com chute de Jean Lucas, mas a bola foi para fora.

Foi o primeiro empate do clube no campeonato. O time chega a 19 pontos e ainda tem a melhor campanha do torneio.

O Palmeiras tem agora 15 pontos e a segunda melhor campanha. Porém, o Red Bull Brasil está logo atrás, com 14 pontos, e enfrenta o São Paulo neste domingo (24), às 17h, no Morumbi.

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha, Luan (Antônio Carlos), Gustavo Gómez e Victor Luis; Thiago Santos, Moisés (Bruno Henrique) e Raphael Veiga (Ricardo Goulart); Felipe Pires, Dudu e Borja.
T.: Luiz Felipe Scolari.

SANTOS
Éverson; Matheus Ribeiro, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Copete; Diego Pituca (Carlos Sánchez), Yuri e Jean Lucas; Cueva (Orinho), Rodrygo e Derlis González (Jean Mota).
T.: Jorge Sampaoli.

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
Cartões amarelos: Weverton, Antônio Carlos (Palmeiras); Jean Lucas, Yuri, Cueva (Santos). 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade