Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Em dia de Maroon 5, relembre outros shows da decisão da NFL

Super Bowl, a decisão da NFL, é neste domingo às 19h30

Domingo, 3/2/2019 15:46.
Divulgação

Publicidade

(FOLHAPRESS) - Tão importante quanto a disputa entre os times finalistas, todo ano um grande show acontece no intervalo do Super Bowl, a decisão da NFL, liga de futebol americano. Na 53ª edição do evento, a disputa ocorre neste domingo (3) entre Los Angeles Rams e New England Patriots (time de Tom Brady, marido da brasileira Gisele Bündchen) .

Cabe agora a banda americana Maroon 5 divertir o público presente no estádio e o restante do planeta que assiste à partida pela televisão e pela internet.

O grupo liderado por Adam Levine foi anunciado há poucos dias, em meados de janeiro, após uma polêmica recusa de Rihanna. No fim do ano passado, a cantora rejeitou a oferta em apoio a Colin Kaepernick, que era atleta do San Francisco 49ers, e a seu protesto contra a injustiça racial.

Em 2016, durante uma partida de pré-temporada, Colin Kaepernick se ajoelhou no meio do hino nacional em uma atitude contra o racismo.

O jogador segue sem contrato desde então. "Não vou me levantar e mostrar orgulho pela bandeira de um país que oprime o povo negro e as pessoas de cor", afirmou o atleta após seu time ser derrotado por 21 a 10 pelo Green Bay.

A NFL reprovou a atitude do jogador, e Rihanna disse que não concorda com a posição da liga.

OUTROS SHOWS

Ano após ano, mesmo de curta duração, o show de intervalo do Super Bowl segue sendo um dos eventos de entretenimento de maior destaque do mundo. A NFL não paga a nenhum artista pelo show –até hoje, a única exceção foi Michael Jackson, em 1993, segundo o site da ESPN.

Em 2018, o responsável pelo número musical foi Justin Timberlake,, em sua terceira passagem pelo palco do Super Bowl.

A primeira foi em 2001, quando Timberlake ainda fazia parte da "boy band" N' SYNC. Três anos depois, Justin Timberlake era o convidado de Janet Jackson, a atração principal do show do Super Bowl. Durante sua música "Rock With You", o cantor se entusiasmou e arrancou o sutiã da cantora, expondo-lhe um mamilo ao mundo.

No anos de 2013, Beyoncé agradou fãs saudosistas ao cantar ao lado da sua ex-banda, Destiny's Child.

Em anos anteriores, Lady Gaga, Katy Perry, Madonna, Bruce Springsteen e Prince já lideraram a apresentação.

APRESENTAÇÕES DO SUPER BOWL

2017 - Lady Gaga

2016 - Coldplay (com participações de Beyoncé e Bruno Mars)

2015 - Katy Perry (com participações de Lenny Kravitz e Missy Eliott)

2014 - Bruno Mars (com participação de Red Hot Chili Peppers)

2013 - Beyoncé (com participação de Destiny's Child, ex-banda da cantora)

2012 - Madonna

2011 - The Black Eyed Peas (com participações de Usher e Slash)

2010 - The Who

ONDE VER A DECISÃO DA NFL

A ESPN exibe a partida na TV. A transmissão começará às 19h30. O protocolo da partida terá início às 21h, com o pontapé inicial previsto para 21h30.

O narrador Everaldo Marques, o comentarista Paulo Antunes e o repórter Mendel Bydlowski farão a transmissão diretamente do Mercedes-Benz Stadium, em Atlanta.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação

Em dia de Maroon 5, relembre outros shows da decisão da NFL

Super Bowl, a decisão da NFL, é neste domingo às 19h30

Publicidade

Domingo, 3/2/2019 15:46.

(FOLHAPRESS) - Tão importante quanto a disputa entre os times finalistas, todo ano um grande show acontece no intervalo do Super Bowl, a decisão da NFL, liga de futebol americano. Na 53ª edição do evento, a disputa ocorre neste domingo (3) entre Los Angeles Rams e New England Patriots (time de Tom Brady, marido da brasileira Gisele Bündchen) .

Cabe agora a banda americana Maroon 5 divertir o público presente no estádio e o restante do planeta que assiste à partida pela televisão e pela internet.

O grupo liderado por Adam Levine foi anunciado há poucos dias, em meados de janeiro, após uma polêmica recusa de Rihanna. No fim do ano passado, a cantora rejeitou a oferta em apoio a Colin Kaepernick, que era atleta do San Francisco 49ers, e a seu protesto contra a injustiça racial.

Em 2016, durante uma partida de pré-temporada, Colin Kaepernick se ajoelhou no meio do hino nacional em uma atitude contra o racismo.

O jogador segue sem contrato desde então. "Não vou me levantar e mostrar orgulho pela bandeira de um país que oprime o povo negro e as pessoas de cor", afirmou o atleta após seu time ser derrotado por 21 a 10 pelo Green Bay.

A NFL reprovou a atitude do jogador, e Rihanna disse que não concorda com a posição da liga.

OUTROS SHOWS

Ano após ano, mesmo de curta duração, o show de intervalo do Super Bowl segue sendo um dos eventos de entretenimento de maior destaque do mundo. A NFL não paga a nenhum artista pelo show –até hoje, a única exceção foi Michael Jackson, em 1993, segundo o site da ESPN.

Em 2018, o responsável pelo número musical foi Justin Timberlake,, em sua terceira passagem pelo palco do Super Bowl.

A primeira foi em 2001, quando Timberlake ainda fazia parte da "boy band" N' SYNC. Três anos depois, Justin Timberlake era o convidado de Janet Jackson, a atração principal do show do Super Bowl. Durante sua música "Rock With You", o cantor se entusiasmou e arrancou o sutiã da cantora, expondo-lhe um mamilo ao mundo.

No anos de 2013, Beyoncé agradou fãs saudosistas ao cantar ao lado da sua ex-banda, Destiny's Child.

Em anos anteriores, Lady Gaga, Katy Perry, Madonna, Bruce Springsteen e Prince já lideraram a apresentação.

APRESENTAÇÕES DO SUPER BOWL

2017 - Lady Gaga

2016 - Coldplay (com participações de Beyoncé e Bruno Mars)

2015 - Katy Perry (com participações de Lenny Kravitz e Missy Eliott)

2014 - Bruno Mars (com participação de Red Hot Chili Peppers)

2013 - Beyoncé (com participação de Destiny's Child, ex-banda da cantora)

2012 - Madonna

2011 - The Black Eyed Peas (com participações de Usher e Slash)

2010 - The Who

ONDE VER A DECISÃO DA NFL

A ESPN exibe a partida na TV. A transmissão começará às 19h30. O protocolo da partida terá início às 21h, com o pontapé inicial previsto para 21h30.

O narrador Everaldo Marques, o comentarista Paulo Antunes e o repórter Mendel Bydlowski farão a transmissão diretamente do Mercedes-Benz Stadium, em Atlanta.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade