Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

São Paulo perde de argentinos e se complica na Libertadores

Quinta, 7/2/2019 4:48.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O São Paulo arrancou a Copa Libertadores de 2019 com derrota. Nesta quarta-feira (6), a equipe tricolor perdeu por 2 a 0 para o Talleres (ARG), em Córdoba, no jogo de ida da segunda fase do torneio.

A vaga será decidida na semana que vem, dia 13, no Morumbi. O time tricolor precisará vencer por três gols de diferença para se classificar.

Qualquer vitória por margem de dois gols em que os argentinos tenham marcado garantirá o Talleres na próxima fase da competição.

Com Hernanes entre os titulares, o primeiro tempo em Córdoba foi de pouco risco para os são-paulinos. Sem que o adversário exercesse pressão, a equipe conseguiu fazer a bola circular e até criou oportunidades.

As melhores vieram com Bruno Alves, que quase marcou após desvio de Hernanes em escanteio, e com Hudson, que aproveitou uma sobra para matar no peito e pegar de primeira, obrigando o goleiro Herrera a fazer boa defesa.

O São Paulo segurou o empate sem gols até os 12 minutos do segundo tempo, quando Ramírez dominou bola afastada pela defesa tricolor e, sem reação rápida dos defensores, puxou para o pé esquerdo e chutou de fora da área no ângulo de Tiago Volpi, que pulou sem chances.

Após a expulsão de Hudson, aos 35 min, o Talleres saiu em busca do segundo gol, que chegou com Pochettino em chute forte da meia-lua para fazer 2 a 0, aos 43min.

O resultado negativo na Argentina coloca mais pressão sobre o trabalho do técnico André Jardine. Além da terceira derrota no ano, o São Paulo tem sequência complicada.

No sábado (9), a equipe vai a Campinas enfrentar a Ponte Preta, pelo Paulista. Na quarta-feira (13), recebe o Talleres na partida de volta da Libertadores e no domingo, dia 17, joga fora de casa mais uma vez, contra o Corinthians, em Itaquera, onde nunca conseguiu vencer o rival.

O clube também tenta evitar nova eliminação precoce em competições continentais para um argentino que não faz parte do rol de grandes do país. O Talleres, que nunca conquistou o título da primeira divisão nacional, ocupa apenas a 12ª colocação na Superliga Argentina.

No ano passado, o São Paulo foi eliminado da Copa Sul-Americana pelo Colón, nos pênaltis. Em 2017, também na Sul-Americana, caiu para o modesto Defensa y Justicia, no Morumbi.

TALLERES
Herrera; Tenaglia, Komar, Díaz; Godoy, Cubas, Guiñazú, Pochettino, Ramírez (Bersano); Palacios, Dayro Moreno (Arias). T.: Juan Pablo Vojvoda.

SÃO PAULO
Tiago Volpi; Bruno Peres, Bruno Alves, Arboleda, Reinaldo; Jucilei, Hudson, Hernanes (Willian Farias); Nenê (Diego Souza), Pablo, Everton. T.: André Jardine

Estádio: Mario Alberto Kempes, em Córdoba (ARG)
Juiz: Wilmar Roldán (COL)
Cartões amarelos: Cubas e Díaz (Talleres); Pablo, Hernanes e Hudson (São Paulo)
Cartão vermelho: Hudson (São Paulo)
Gols: Ramírez, aos 12min, e Pochettino, aos 43min do segundo tempo. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Geral

A organização estima a participação de 5 mil fiéis


Geral

 Igreja Luterana, Igreja Matriz Sta Inês, Capela Santa Catarina de Alexandria, Paróquia São Sebastião


Opinião

Por Felipe Gustavo Koch Buttelli


Cultura


Publicidade


Tecnologia

Apaixonados por computadores, videogames e afins antigos exibem suas relíquias


Publicidade

Para você euma amiga. Concorra também ao sorteio de 10 ingressos para o Magrass Day


Cidade

Foco urgente é despoluir o Canal do Marambaia, mas Hip Hop parece ser mais importante


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

São Paulo perde de argentinos e se complica na Libertadores

Publicidade

Quinta, 7/2/2019 4:48.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O São Paulo arrancou a Copa Libertadores de 2019 com derrota. Nesta quarta-feira (6), a equipe tricolor perdeu por 2 a 0 para o Talleres (ARG), em Córdoba, no jogo de ida da segunda fase do torneio.

A vaga será decidida na semana que vem, dia 13, no Morumbi. O time tricolor precisará vencer por três gols de diferença para se classificar.

Qualquer vitória por margem de dois gols em que os argentinos tenham marcado garantirá o Talleres na próxima fase da competição.

Com Hernanes entre os titulares, o primeiro tempo em Córdoba foi de pouco risco para os são-paulinos. Sem que o adversário exercesse pressão, a equipe conseguiu fazer a bola circular e até criou oportunidades.

As melhores vieram com Bruno Alves, que quase marcou após desvio de Hernanes em escanteio, e com Hudson, que aproveitou uma sobra para matar no peito e pegar de primeira, obrigando o goleiro Herrera a fazer boa defesa.

O São Paulo segurou o empate sem gols até os 12 minutos do segundo tempo, quando Ramírez dominou bola afastada pela defesa tricolor e, sem reação rápida dos defensores, puxou para o pé esquerdo e chutou de fora da área no ângulo de Tiago Volpi, que pulou sem chances.

Após a expulsão de Hudson, aos 35 min, o Talleres saiu em busca do segundo gol, que chegou com Pochettino em chute forte da meia-lua para fazer 2 a 0, aos 43min.

O resultado negativo na Argentina coloca mais pressão sobre o trabalho do técnico André Jardine. Além da terceira derrota no ano, o São Paulo tem sequência complicada.

No sábado (9), a equipe vai a Campinas enfrentar a Ponte Preta, pelo Paulista. Na quarta-feira (13), recebe o Talleres na partida de volta da Libertadores e no domingo, dia 17, joga fora de casa mais uma vez, contra o Corinthians, em Itaquera, onde nunca conseguiu vencer o rival.

O clube também tenta evitar nova eliminação precoce em competições continentais para um argentino que não faz parte do rol de grandes do país. O Talleres, que nunca conquistou o título da primeira divisão nacional, ocupa apenas a 12ª colocação na Superliga Argentina.

No ano passado, o São Paulo foi eliminado da Copa Sul-Americana pelo Colón, nos pênaltis. Em 2017, também na Sul-Americana, caiu para o modesto Defensa y Justicia, no Morumbi.

TALLERES
Herrera; Tenaglia, Komar, Díaz; Godoy, Cubas, Guiñazú, Pochettino, Ramírez (Bersano); Palacios, Dayro Moreno (Arias). T.: Juan Pablo Vojvoda.

SÃO PAULO
Tiago Volpi; Bruno Peres, Bruno Alves, Arboleda, Reinaldo; Jucilei, Hudson, Hernanes (Willian Farias); Nenê (Diego Souza), Pablo, Everton. T.: André Jardine

Estádio: Mario Alberto Kempes, em Córdoba (ARG)
Juiz: Wilmar Roldán (COL)
Cartões amarelos: Cubas e Díaz (Talleres); Pablo, Hernanes e Hudson (São Paulo)
Cartão vermelho: Hudson (São Paulo)
Gols: Ramírez, aos 12min, e Pochettino, aos 43min do segundo tempo. 

Publicidade

Publicidade