Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Grêmio só empata com Bahia em casa pela Copa do Brasil

Quinta, 11/7/2019 7:18.

Mesmo com um gol marcado pelo atacante Everton, destaque da seleção na conquista da Copa América, o Grêmio saiu de campo vaiado pelos mais de 25 mil torcedores presentes ao seu estádio, nesta quarta-feira, ao empatar com o Bahia, por 1 a 1, no confronto de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Os dois times voltam a se enfrentar na próxima quarta, às 19h15, na Fonte Nova, em Salvador. Como gol fora de casa não vale mais como critério de desempate, a decisão vai para os pênaltis em caso de nova igualdade. Quem passar enfrentará o vencedor de Athletico-PR e Flamengo nas semifinais da Copa do Brasil.

Valorizado após ser o artilheiro da Copa América ao lado de Guerrero, cada um com três gols, Everton recebeu algumas consultas de clubes europeus nos últimos dias, mas seu futuro ainda está em aberto. O atacante tem contrato até dezembro de 2022 e a multa é de aproximadamente R$ 341 milhões.

Como já era esperado, o Grêmio começou a partida em cima do Bahia, que procurava se defender e explorar o contra-ataque. Em alta depois de conquistar o título da Copa América pela seleção brasileira, Everton estava sendo muito bem marcado.

Aos 23, Alisson fez boa jogada individual e cruzou rasteiro, mas a bola passou por André e ficou com o goleiro Douglas. A resposta do Bahia veio na sequência. Eric Ramires recebeu de Elber e finalizou de primeira, assustando Paulo Victor.

Em um dos poucos espaços que teve, Everton chutou, a bola desviou na zaga e passou raspando a trave. Na cobrança de escanteio, Jean Pyerre bateu de primeira e acertou a trave de Douglas. Aos 37, Alisson ajeitou e André cabeceou para boa defesa do goleiro baiano.

Nos minutos finais do primeiro tempo, o Grêmio esboçou uma pressão. Jean Pyerre chutou de fora da área e Douglas segurou sem dar rebote. Aos 45, Everton recebeu passe de Jean Pyerre e foi derrubado quando tentou driblar o goleiro. O próprio camisa 11 foi para a cobrança e abriu o placar.

Logo aos três minutos do segundo tempo, a defesa do Grêmio falhou após escanteio cobrado por Artur e Gilberto, livre na segunda trave, completou de cabeça para o gol aberto.

Na sequência, Everton recebeu de Jean Pyerre e cruzou rasteiro nas mãos de Douglas. Era uma boa oportunidade para o Grêmio. Porém, a torcida sentiu o gol e deu os primeiros sinais de impaciência com os passes errados do time. Aos 22, Everton arriscou rasteiro de fora da área e assustou Douglas. Na sequência, foi a vez de Luan, que entrou no lugar de Jean Pyerre, chutar por cima.

Na tentativa de dar uma maior experiência ao meio-campo do Bahia, o técnico Roger Machado promoveu a estreia de Guerra - recém-emprestado pelo Palmeiras - na vaga do jovem Eric Ramires. Aos 33, Artur desceu nas costas de Cortez e bateu rasteiro para defesa de Paulo Victor.

Bastante vaiado pelos torcedores, André deu lugar para Felipe Vizeu na última alteração feita por Renato Gaúcho. No entanto, pouco depois, o atacante sentiu dores no joelho após uma dividida com Lucas Fonseca e foi para o vestiário, deixando o Grêmio com um a menos nos minutos finais.

E quase o Bahia se aproveitou da vantagem numérica nos acréscimos. Artur passou por Kannemann, invadiu a área e bateu na saída de Paulo Victor. A bola passou muito próxima ao travessão.

Antes do jogo de volta da Copa do Brasil, os dois times entram em campo no sábado, pela décima rodada do Brasileirão. O Grêmio receberá o Vasco às 17 horas, em Porto Alegre, enquanto o Bahia terá pela frente o Santos, às 19 horas, no Pituaçu, em Salvador

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 X 1 BAHIA

GRÊMIO - Paulo Victor; Leonardo, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Matheus Henrique, Maicon, Alisson (Pepê), Jean Pyerre (Luan) e Everton; André (Felipe Vizeu). Técnico: Renato Gaúcho.

BAHIA - Douglas; Nino Paraíba (Flávio), Juninho, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore, Elton; Artur, Eric Ramires (Guerra) e Élber; Gilberto (Fernandão). Técnico: Roger Machado.

GOLS - Everton, aos 47 minutos do primeiro tempo; Gilberto, aos três minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Matheus Henrique e Leonardo (Grêmio); Moisés e Lucas Fonseca (Bahia).

RENDA - R$ 892.916,00.

PÚBLICO - 26.674 pagantes.

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Grêmio só empata com Bahia em casa pela Copa do Brasil

Publicidade

Quinta, 11/7/2019 7:18.

Mesmo com um gol marcado pelo atacante Everton, destaque da seleção na conquista da Copa América, o Grêmio saiu de campo vaiado pelos mais de 25 mil torcedores presentes ao seu estádio, nesta quarta-feira, ao empatar com o Bahia, por 1 a 1, no confronto de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Os dois times voltam a se enfrentar na próxima quarta, às 19h15, na Fonte Nova, em Salvador. Como gol fora de casa não vale mais como critério de desempate, a decisão vai para os pênaltis em caso de nova igualdade. Quem passar enfrentará o vencedor de Athletico-PR e Flamengo nas semifinais da Copa do Brasil.

Valorizado após ser o artilheiro da Copa América ao lado de Guerrero, cada um com três gols, Everton recebeu algumas consultas de clubes europeus nos últimos dias, mas seu futuro ainda está em aberto. O atacante tem contrato até dezembro de 2022 e a multa é de aproximadamente R$ 341 milhões.

Como já era esperado, o Grêmio começou a partida em cima do Bahia, que procurava se defender e explorar o contra-ataque. Em alta depois de conquistar o título da Copa América pela seleção brasileira, Everton estava sendo muito bem marcado.

Aos 23, Alisson fez boa jogada individual e cruzou rasteiro, mas a bola passou por André e ficou com o goleiro Douglas. A resposta do Bahia veio na sequência. Eric Ramires recebeu de Elber e finalizou de primeira, assustando Paulo Victor.

Em um dos poucos espaços que teve, Everton chutou, a bola desviou na zaga e passou raspando a trave. Na cobrança de escanteio, Jean Pyerre bateu de primeira e acertou a trave de Douglas. Aos 37, Alisson ajeitou e André cabeceou para boa defesa do goleiro baiano.

Nos minutos finais do primeiro tempo, o Grêmio esboçou uma pressão. Jean Pyerre chutou de fora da área e Douglas segurou sem dar rebote. Aos 45, Everton recebeu passe de Jean Pyerre e foi derrubado quando tentou driblar o goleiro. O próprio camisa 11 foi para a cobrança e abriu o placar.

Logo aos três minutos do segundo tempo, a defesa do Grêmio falhou após escanteio cobrado por Artur e Gilberto, livre na segunda trave, completou de cabeça para o gol aberto.

Na sequência, Everton recebeu de Jean Pyerre e cruzou rasteiro nas mãos de Douglas. Era uma boa oportunidade para o Grêmio. Porém, a torcida sentiu o gol e deu os primeiros sinais de impaciência com os passes errados do time. Aos 22, Everton arriscou rasteiro de fora da área e assustou Douglas. Na sequência, foi a vez de Luan, que entrou no lugar de Jean Pyerre, chutar por cima.

Na tentativa de dar uma maior experiência ao meio-campo do Bahia, o técnico Roger Machado promoveu a estreia de Guerra - recém-emprestado pelo Palmeiras - na vaga do jovem Eric Ramires. Aos 33, Artur desceu nas costas de Cortez e bateu rasteiro para defesa de Paulo Victor.

Bastante vaiado pelos torcedores, André deu lugar para Felipe Vizeu na última alteração feita por Renato Gaúcho. No entanto, pouco depois, o atacante sentiu dores no joelho após uma dividida com Lucas Fonseca e foi para o vestiário, deixando o Grêmio com um a menos nos minutos finais.

E quase o Bahia se aproveitou da vantagem numérica nos acréscimos. Artur passou por Kannemann, invadiu a área e bateu na saída de Paulo Victor. A bola passou muito próxima ao travessão.

Antes do jogo de volta da Copa do Brasil, os dois times entram em campo no sábado, pela décima rodada do Brasileirão. O Grêmio receberá o Vasco às 17 horas, em Porto Alegre, enquanto o Bahia terá pela frente o Santos, às 19 horas, no Pituaçu, em Salvador

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 X 1 BAHIA

GRÊMIO - Paulo Victor; Leonardo, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Matheus Henrique, Maicon, Alisson (Pepê), Jean Pyerre (Luan) e Everton; André (Felipe Vizeu). Técnico: Renato Gaúcho.

BAHIA - Douglas; Nino Paraíba (Flávio), Juninho, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore, Elton; Artur, Eric Ramires (Guerra) e Élber; Gilberto (Fernandão). Técnico: Roger Machado.

GOLS - Everton, aos 47 minutos do primeiro tempo; Gilberto, aos três minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Matheus Henrique e Leonardo (Grêmio); Moisés e Lucas Fonseca (Bahia).

RENDA - R$ 892.916,00.

PÚBLICO - 26.674 pagantes.

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade