Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Lutadores de Balneário Camboriú ‘causaram’ no Paraná

Sorín e Malvadeza exibem os Cinturões

Segunda, 13/5/2019 14:27.
Divulgação
Sorín e Malvadeza exibem os Cinturões

Publicidade

Quatro lutadores que representaram Balneário Camboriú no Paraná Sanda Fight, na cidade paranaense de Terra Boa,

no sábado (11), se destacaram na competição. Dois deles, Lucas Sorín e William Malvadeza conquistaram o Cinturão e outros dois, Alef Andrade e Antônio Barbosa, venceram seus combates. As quatro decisões foram por decisão unânime.

Sorín voltou ao ringue onde quebrou a mandíbula há sete meses, que o deixou fora de combate até um mês atrás. Naquela ocasião, apesar de lesionado, ele conquistou o Cinturão e no sábado garantiu ele até a próxima edição, que deverá acontecer no final do ano.

“Esta conquista serviu para mostrar que de fato estou de volta! O Cinturão fica comigo até a próxima edição do evento que deve ocorrer no fim do ano onde vou novamente defendê-lo por lá. Trazer o Cinturão é muito satisfatório e mostra que estamos no caminho certo”, destacou Sorín.

Ele disse que tem grandes objetivos para esse ano e os primeiros passos estão dados com sucesso.

“Agora é seguir trabalhando muito. No dia 1° de junho em Itajaí ocorre o Campeonato Catarinense, que é seletivo para o Campeonato Brasileiro 2019 que pela primeira vez vai acontecer em Santa Catarina. A Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) estará em Itajaí com 10 representantes”, disse Sorín.

Antonio Barbosa foi campeão por nocaute até 60kg. Ele assim como Sorín é oriundo do Boxe Chinês, porém visando uma transição para o MMA, ele complementa seus treinos junto com a equipe Astra Fight Team

William Malvadeza e Alef Andrade são lutadores do KickBoxing, alunos do Mestre Alexandre Guerra da FMEBC. Malvadeza venceu o GP valendo o Cinturão 70kg, com nocaute na primeira luta e decisão unânime na final.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
Sorín e Malvadeza exibem os Cinturões
Sorín e Malvadeza exibem os Cinturões

Lutadores de Balneário Camboriú ‘causaram’ no Paraná

Sorín e Malvadeza exibem os Cinturões

Publicidade

Segunda, 13/5/2019 14:27.

Quatro lutadores que representaram Balneário Camboriú no Paraná Sanda Fight, na cidade paranaense de Terra Boa,

no sábado (11), se destacaram na competição. Dois deles, Lucas Sorín e William Malvadeza conquistaram o Cinturão e outros dois, Alef Andrade e Antônio Barbosa, venceram seus combates. As quatro decisões foram por decisão unânime.

Sorín voltou ao ringue onde quebrou a mandíbula há sete meses, que o deixou fora de combate até um mês atrás. Naquela ocasião, apesar de lesionado, ele conquistou o Cinturão e no sábado garantiu ele até a próxima edição, que deverá acontecer no final do ano.

“Esta conquista serviu para mostrar que de fato estou de volta! O Cinturão fica comigo até a próxima edição do evento que deve ocorrer no fim do ano onde vou novamente defendê-lo por lá. Trazer o Cinturão é muito satisfatório e mostra que estamos no caminho certo”, destacou Sorín.

Ele disse que tem grandes objetivos para esse ano e os primeiros passos estão dados com sucesso.

“Agora é seguir trabalhando muito. No dia 1° de junho em Itajaí ocorre o Campeonato Catarinense, que é seletivo para o Campeonato Brasileiro 2019 que pela primeira vez vai acontecer em Santa Catarina. A Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) estará em Itajaí com 10 representantes”, disse Sorín.

Antonio Barbosa foi campeão por nocaute até 60kg. Ele assim como Sorín é oriundo do Boxe Chinês, porém visando uma transição para o MMA, ele complementa seus treinos junto com a equipe Astra Fight Team

William Malvadeza e Alef Andrade são lutadores do KickBoxing, alunos do Mestre Alexandre Guerra da FMEBC. Malvadeza venceu o GP valendo o Cinturão 70kg, com nocaute na primeira luta e decisão unânime na final.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade