Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Lutadores de Balneário Camboriú ‘causaram’ no Paraná
Divulgação
Sorín e Malvadeza exibem os Cinturões

Segunda, 13/5/2019 14:27.

Quatro lutadores que representaram Balneário Camboriú no Paraná Sanda Fight, na cidade paranaense de Terra Boa,

no sábado (11), se destacaram na competição. Dois deles, Lucas Sorín e William Malvadeza conquistaram o Cinturão e outros dois, Alef Andrade e Antônio Barbosa, venceram seus combates. As quatro decisões foram por decisão unânime.

Sorín voltou ao ringue onde quebrou a mandíbula há sete meses, que o deixou fora de combate até um mês atrás. Naquela ocasião, apesar de lesionado, ele conquistou o Cinturão e no sábado garantiu ele até a próxima edição, que deverá acontecer no final do ano.

“Esta conquista serviu para mostrar que de fato estou de volta! O Cinturão fica comigo até a próxima edição do evento que deve ocorrer no fim do ano onde vou novamente defendê-lo por lá. Trazer o Cinturão é muito satisfatório e mostra que estamos no caminho certo”, destacou Sorín.

Ele disse que tem grandes objetivos para esse ano e os primeiros passos estão dados com sucesso.

“Agora é seguir trabalhando muito. No dia 1° de junho em Itajaí ocorre o Campeonato Catarinense, que é seletivo para o Campeonato Brasileiro 2019 que pela primeira vez vai acontecer em Santa Catarina. A Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) estará em Itajaí com 10 representantes”, disse Sorín.

Antonio Barbosa foi campeão por nocaute até 60kg. Ele assim como Sorín é oriundo do Boxe Chinês, porém visando uma transição para o MMA, ele complementa seus treinos junto com a equipe Astra Fight Team

William Malvadeza e Alef Andrade são lutadores do KickBoxing, alunos do Mestre Alexandre Guerra da FMEBC. Malvadeza venceu o GP valendo o Cinturão 70kg, com nocaute na primeira luta e decisão unânime na final.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Lutadores de Balneário Camboriú ‘causaram’ no Paraná

Divulgação
Sorín e Malvadeza exibem os Cinturões
Sorín e Malvadeza exibem os Cinturões

Publicidade

Segunda, 13/5/2019 14:27.

Quatro lutadores que representaram Balneário Camboriú no Paraná Sanda Fight, na cidade paranaense de Terra Boa,

no sábado (11), se destacaram na competição. Dois deles, Lucas Sorín e William Malvadeza conquistaram o Cinturão e outros dois, Alef Andrade e Antônio Barbosa, venceram seus combates. As quatro decisões foram por decisão unânime.

Sorín voltou ao ringue onde quebrou a mandíbula há sete meses, que o deixou fora de combate até um mês atrás. Naquela ocasião, apesar de lesionado, ele conquistou o Cinturão e no sábado garantiu ele até a próxima edição, que deverá acontecer no final do ano.

“Esta conquista serviu para mostrar que de fato estou de volta! O Cinturão fica comigo até a próxima edição do evento que deve ocorrer no fim do ano onde vou novamente defendê-lo por lá. Trazer o Cinturão é muito satisfatório e mostra que estamos no caminho certo”, destacou Sorín.

Ele disse que tem grandes objetivos para esse ano e os primeiros passos estão dados com sucesso.

“Agora é seguir trabalhando muito. No dia 1° de junho em Itajaí ocorre o Campeonato Catarinense, que é seletivo para o Campeonato Brasileiro 2019 que pela primeira vez vai acontecer em Santa Catarina. A Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) estará em Itajaí com 10 representantes”, disse Sorín.

Antonio Barbosa foi campeão por nocaute até 60kg. Ele assim como Sorín é oriundo do Boxe Chinês, porém visando uma transição para o MMA, ele complementa seus treinos junto com a equipe Astra Fight Team

William Malvadeza e Alef Andrade são lutadores do KickBoxing, alunos do Mestre Alexandre Guerra da FMEBC. Malvadeza venceu o GP valendo o Cinturão 70kg, com nocaute na primeira luta e decisão unânime na final.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade