Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Ironman Brasil: Estados Unidos dominam o pódio
Divulgação
Andrew Potts

Segunda, 27/5/2019 16:26.

Andrew Potts, com o tempo de 8h02’57 foi o vencedor do Ironman Brasil, a principal prova do triathlon brasileiro, realizada domingo (26) em Florianópolis. Na disputa feminina, novamente o pódio foi dos Estados Unidos, desta vez com a triatleta Sarah Piampiano, com o tempo de 8h40m48s. Além do título, Sarah estabeleceu novo recorde da prova.

Esta foi a 19ª edição seguida em Florianópolis. Contou com mais de 1500 competidores de 38 países.

Ígor Amorelli, da CPH/Brasil, de Balneário Camboriú, campeão da prova em 2014 e vice ano passado, considerado favorito entre os brasileiros, não estava em um dia bom. Ele nadou bem, saiu para pedalar normalmente, mas na segunda volta do ciclismo não se sentiu bem. Mesmo assim, cumpriu o percurso. Saiu para correr, mas estava debilitado. No final, completou a prova em respeito aos demais atletas e à organização. Ele chegou em 17o.lugar, sendo que nos últimos 8km ele fechou o percurso caminhando.

A melhor colocação do Brasil ficou com Pâmella Oliveira, capixaba, que treina na CPH/Brasil, em Balneário Camboriú, que conquistou o segundo lugar com o tempo de 9h03m46s. Entre os homens, o melhor foi o gaúcho Frank Silvestrin, com o terceiro lugar e o tempo de 8h10m19s. Ele garantiu a vaga para o Mundial Ironman em Kona (Havaí) deste ano, programado para outubro.

Masculino

1º Andrew Potts (EUA) - 8h02min57seg

2º William Clarke (GBR) - 8h06min30seg

3º Frank Silvestrin (BRA) - 8h10min19seg

Feminino

1ª Sarah Piampiano (EUA) - 8h40min48seg - recorde

2ª Pâmella Oliveira (BRA) - 9h03min46seg

3ª Bruna Mahn (BRA) - 9h16min55seg 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Ironman Brasil: Estados Unidos dominam o pódio

Divulgação
Andrew Potts
Andrew Potts

Publicidade

Segunda, 27/5/2019 16:26.

Andrew Potts, com o tempo de 8h02’57 foi o vencedor do Ironman Brasil, a principal prova do triathlon brasileiro, realizada domingo (26) em Florianópolis. Na disputa feminina, novamente o pódio foi dos Estados Unidos, desta vez com a triatleta Sarah Piampiano, com o tempo de 8h40m48s. Além do título, Sarah estabeleceu novo recorde da prova.

Esta foi a 19ª edição seguida em Florianópolis. Contou com mais de 1500 competidores de 38 países.

Ígor Amorelli, da CPH/Brasil, de Balneário Camboriú, campeão da prova em 2014 e vice ano passado, considerado favorito entre os brasileiros, não estava em um dia bom. Ele nadou bem, saiu para pedalar normalmente, mas na segunda volta do ciclismo não se sentiu bem. Mesmo assim, cumpriu o percurso. Saiu para correr, mas estava debilitado. No final, completou a prova em respeito aos demais atletas e à organização. Ele chegou em 17o.lugar, sendo que nos últimos 8km ele fechou o percurso caminhando.

A melhor colocação do Brasil ficou com Pâmella Oliveira, capixaba, que treina na CPH/Brasil, em Balneário Camboriú, que conquistou o segundo lugar com o tempo de 9h03m46s. Entre os homens, o melhor foi o gaúcho Frank Silvestrin, com o terceiro lugar e o tempo de 8h10m19s. Ele garantiu a vaga para o Mundial Ironman em Kona (Havaí) deste ano, programado para outubro.

Masculino

1º Andrew Potts (EUA) - 8h02min57seg

2º William Clarke (GBR) - 8h06min30seg

3º Frank Silvestrin (BRA) - 8h10min19seg

Feminino

1ª Sarah Piampiano (EUA) - 8h40min48seg - recorde

2ª Pâmella Oliveira (BRA) - 9h03min46seg

3ª Bruna Mahn (BRA) - 9h16min55seg 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade