Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Atlético-MG vence Ceará nos acréscimos, passa o Palmeiras e dorme líder

Domingo, 5/5/2019 8:14.

Publicidade

O Atlético-MG foi ao Castelão enfrentar o Ceará, neste sábado (4), e conseguiu mais uma excelente vitória no Brasileirão, por 2 a 1, permanecendo com os 100% de aproveitamento e indo aos nove pontos no Brasileirão. O time mineiro saiu atrás, mas virou o jogo já nos acréscimos da partida.

Ricardo Bueno abriu o placar par ao Vozão, mas Nathan empatou praticamente no lance seguinte. No final do segundo tempo, Jair colocou o Galo na frente. Com o resultado, o Ceará fica com três pontos, enquanto o Galo soma nove, passa o Palmeiras e dorme na ponta da tabela.

O Ceará começou o jogo com mais vontade, ameaçando no cruzamento de Ricardo Bueno, que ninguém apareceu para completar. O Galo respondeu no contra-ataque rápido que Chará chutou forte e rasteiro, mas viu Diogo Silva encaixar bem sem dar rebote. Quando os visitantes passavam a liderar as ações, o Vozão achou seu gol com dois ex-atleticanos. Na jogada mais característica da equipe, Samuel Xavier cruzou para Ricardo Bueno, que subiu sozinho e contou com a falha de Réver para enganar Victor e abrir o marcador.

Com dois bonitos gols na partida passada contra o Vasco, o Atlético ganhou mais confiança, e seus jogadores buscaram muitas finalizações de fora e entrada da área. Era só a defesa abrir os espaços que Elias, Ricardo Oliveira e Geuvânio arriscavam à meta do Vozão. Assim que levou seu gol, o time mineiro respondeu rápido com Guga, que encontrou Nathan dentro da área. Com muita liberdade, o meia não teve outra alternativa a não ser soltar a bomba, que ainda tocou o travessão antes de tocar as redes.

Assim como no primeiro tempo, o Ceará recomeçou o jogo com mais apetite, roubando bolas com facilidade enquanto o Atlético cochilava.

Novamente de cabeça, Ricardo Bueno chegou a marcar outro gol, mas nem precisou de VAR para ser anulado por impedimento. Aos poucos, o Galo melhorou, e Ricardo Oliveira também balançou as redes pelo alto, mas o tento não foi validado pelo mesmo motivo. Nos acréscimos, Jair subiu no capricho e fez o gol da vitória. 2 a 1 placar final.

CEARÁ
Diogo Silva; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Thiago Carleto; Fabinho, Edinho; Ricardinho (Bergson, 18'2ºT); Chico (Mateus Gonçalves, 27'2ºT) e Fernando Sobral; Ricardo Bueno (Pedro Ken, 35'2ºT).
T.: Luís Fernando Flores (auxiliar).

ATLÉTICO-MG
Victor; Guga, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison, Elias; Nathan (Jair, 13'2ºT), Geuvânio (Maicon Bolt, 20'2ºT) e Chará; Ricardo Oliveira (Papagaio, 40'2ºT).
T.: Rodrigo Santana (interino).

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Árbitro de vídeo: Jose Claudio Rocha Filho (SP)
Público/Renda: 16.815 presentes/R$181.088,00
GOLS: Ricardo Bueno (CEA), 23 minutos do primeiro tempo, Nathan (ATL), aos 26 minutos do segundo tempo; Jair (ATL) aos 47 minutos do segundo tempo.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Atlético-MG vence Ceará nos acréscimos, passa o Palmeiras e dorme líder

Publicidade

Domingo, 5/5/2019 8:14.

O Atlético-MG foi ao Castelão enfrentar o Ceará, neste sábado (4), e conseguiu mais uma excelente vitória no Brasileirão, por 2 a 1, permanecendo com os 100% de aproveitamento e indo aos nove pontos no Brasileirão. O time mineiro saiu atrás, mas virou o jogo já nos acréscimos da partida.

Ricardo Bueno abriu o placar par ao Vozão, mas Nathan empatou praticamente no lance seguinte. No final do segundo tempo, Jair colocou o Galo na frente. Com o resultado, o Ceará fica com três pontos, enquanto o Galo soma nove, passa o Palmeiras e dorme na ponta da tabela.

O Ceará começou o jogo com mais vontade, ameaçando no cruzamento de Ricardo Bueno, que ninguém apareceu para completar. O Galo respondeu no contra-ataque rápido que Chará chutou forte e rasteiro, mas viu Diogo Silva encaixar bem sem dar rebote. Quando os visitantes passavam a liderar as ações, o Vozão achou seu gol com dois ex-atleticanos. Na jogada mais característica da equipe, Samuel Xavier cruzou para Ricardo Bueno, que subiu sozinho e contou com a falha de Réver para enganar Victor e abrir o marcador.

Com dois bonitos gols na partida passada contra o Vasco, o Atlético ganhou mais confiança, e seus jogadores buscaram muitas finalizações de fora e entrada da área. Era só a defesa abrir os espaços que Elias, Ricardo Oliveira e Geuvânio arriscavam à meta do Vozão. Assim que levou seu gol, o time mineiro respondeu rápido com Guga, que encontrou Nathan dentro da área. Com muita liberdade, o meia não teve outra alternativa a não ser soltar a bomba, que ainda tocou o travessão antes de tocar as redes.

Assim como no primeiro tempo, o Ceará recomeçou o jogo com mais apetite, roubando bolas com facilidade enquanto o Atlético cochilava.

Novamente de cabeça, Ricardo Bueno chegou a marcar outro gol, mas nem precisou de VAR para ser anulado por impedimento. Aos poucos, o Galo melhorou, e Ricardo Oliveira também balançou as redes pelo alto, mas o tento não foi validado pelo mesmo motivo. Nos acréscimos, Jair subiu no capricho e fez o gol da vitória. 2 a 1 placar final.

CEARÁ
Diogo Silva; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Thiago Carleto; Fabinho, Edinho; Ricardinho (Bergson, 18'2ºT); Chico (Mateus Gonçalves, 27'2ºT) e Fernando Sobral; Ricardo Bueno (Pedro Ken, 35'2ºT).
T.: Luís Fernando Flores (auxiliar).

ATLÉTICO-MG
Victor; Guga, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison, Elias; Nathan (Jair, 13'2ºT), Geuvânio (Maicon Bolt, 20'2ºT) e Chará; Ricardo Oliveira (Papagaio, 40'2ºT).
T.: Rodrigo Santana (interino).

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Árbitro de vídeo: Jose Claudio Rocha Filho (SP)
Público/Renda: 16.815 presentes/R$181.088,00
GOLS: Ricardo Bueno (CEA), 23 minutos do primeiro tempo, Nathan (ATL), aos 26 minutos do segundo tempo; Jair (ATL) aos 47 minutos do segundo tempo.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade