Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Grêmio faz jogo irreconhecível e perde para o Libertad dentro da Arena

Quarta, 13/3/2019 5:15.

JEREMIAS WERNEK
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Grêmio segue sem vencer na Libertadores 2019. Nesta terça (12), o time gaúcho fez uma partida irreconhecível e perdeu para o Libertad, do Paraguai, em plena Arena do Grêmio. A derrota por 1 a 0 na segunda rodada do grupo 8 veio acompanhada de um desempenho fraco no ataque e com defesa exposta desde os primeiros minutos.

Bareiro, nos acréscimos do primeiro tempo, fez o gol da partida. O Grêmio não teve nenhuma chance clara de gol, nem mesmo com Diego Tardelli na reta final do confronto.

Pior que o fim da invencibilidade no ano, após 10 partidas, é o cenário da tabela do grupo. Agora o Libertad tem seis pontos e o Grêmio soma apenas um. Na quarta-feira, a chave tem o segundo jogo da segunda rodada - entre Universidad Católica e Rosario Central.

O próximo jogo do Grêmio na Libertadores é contra a Universidad Católica, no Chile, em 4 de abril. Bem antes, no domingo, o time gremista entra em campo contra o Internacional. O Gre-Nal é válido pela 10ª rodada do Campeonato Gaúcho, na Arena.

QUEM FOI MAL: MAICON

Capitão e termômetro do Grêmio, o camisa 8 ficou sem espaço para criar. No primeiro tempo, acertou sem bola adversário e levou amarelo em lance onde tinha o domínio no meio-campo. Maicon acabou sendo o segundo jogador sacado na partida.

QUEM DECEPCIONOU: FELIPE VIZEU

Vilão contra o Rosario Central, por ter perdido gols incríveis, o centroavante novamente passou em branco. Felipe Vizeu foi sacado no intervalo e assistiu o restante da atuação atípica do banco.

SEM ACERTAR CHUTE A GOL

O Grêmio teve a bola, mas não conseguiu aplicar seu estilo de jogo contra o Libertad. A marcação cerrada do time paraguaio e a pressão forte na saída dos volantes deixou a equipe gremista amarrada. O ritmo lento foi quebrado raramente e graças e lampejos individuais, ora de Marinho e ora de Luan. Mas nada suficiente para levar real perigo ao gol de Martin Silva. Foram cinco conclusões até o intervalo e nenhum no gol.

LIBERTAD USA INVERSÕES LONGAS

O time visitante não ficou só atrás. Com inversões rápidas, o Libertad chegou ao gol do Grêmio desde o início da partida. Óscar Cardozo perdeu chance incrível dentro da área. O gol, nos acréscimos do primeiro tempo, nasceu às costas do lado direito.

RENATO SE IRRITA

A irritação de Renato com a atuação do time gerou um desabafo e a TV flagrou. As imagens do SporTV captaram o treinador prometendo fazer uma troca na equipe e o Twitter enlouqueceu com a leitura labial: "Eu vou trocar, f Eu vou trocar e f... Vários internautas reproduziram a bronca de Portaluppi. E a cena ocorreu antes do Libertad abrir o placar.
No intervalo, Renato foi o primeiro a passar visivelmente irritado com o time. No segundo tempo, o treinador deu novos esporros. Em um deles, Michel foi cobrado por não informar antes que estava sentindo dores. O volante foi atendido depois da terceira troca do time.

SUBSTITUIÇÕES CEDO E ABAFA

No intervalo, Renato tirou Felipe Vizeu e botou André. Aos 13 minutos do segundo tempo, Maicon deu lugar a Jean Pyerre e aos 23 foi a vez de Marinho (com dores na panturrilha) ser sacado para a entrada de Diego Tardelli. As trocas deixaram o meio-campo mais leve, o ataque com mais mobilidade.

VESTIÁRIO DO LIBERTAD TEM PIZZA PÓS-JOGO

Enquanto a bola ainda rolava no campo, o estafe do Libertad se agilizou para dar um jeito na inevitável fome do elenco. Seis pizzas foram pedidas para matar o apetite logo depois do apito final. Apesar da boquinha ainda no vestiário da Arena, o time paraguaio manteve jantar completo no hotel, em Porto Alegre.

GRÊMIO
Paulo Victor; Leonardo Gomes, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Maicon (Jean Pyerre), Marinho (Diego Tardelli), Luan e Everton; Felipe Vizeu (André). Técnico: Renato Gaúcho

LIBERTAD
Martín Silva; Piris, Luis Cardozo, Paulo da Silva e Cougo; Aquino (Riveros), Mejía, Bareiro, Rivero (Benítez) e Óscar Cardozo; Martínez (Recalde) Técnico: José Chamot

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 32.988 pessoas (30.680 pagantes)
Renda: R$ 1.136.733
Árbitro: Diego Haro (PER)
Auxiliares: Victor Raez (PER) e Michel Orue (PER)
Cartões amarelos: Maicon e Marinho (GRE); Cougo, Cardozo e Martínez (LIB)
Gols: Bareiro, aos 48min do primeiro tempo (LIB) 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Geral

 O encontro traz à cidade palestrantes renomados no país. 


Cidade

No Estaleiro e no Estaleirinho as bandeiras seguem hasteadas até a Páscoa


Política

Guru do bolsonarismo afirmou isso no sábado em evento nos Estados Unidos


Cidade

Ele estaria em licença de saúde, mas no filme não parece doente


Publicidade


Geral

Captura além da cota em 2018 é o argumento do governo para impedir a safra de 2019.  


Esportes

Um dos campeões é de Balneário Camboriú


Geral


Cidade

Não iniciou e diretor da segunda colocada na liciitação é acusado na Lava Jato


Publicidade


Justiça

A prisão após a condenação em segunda instância, será avaliada em abril pelo STF.


Política


Geral

Leitores lançam suspeitas sobre procedimento da Caixa


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Grêmio faz jogo irreconhecível e perde para o Libertad dentro da Arena

Quarta, 13/3/2019 5:15.

JEREMIAS WERNEK
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Grêmio segue sem vencer na Libertadores 2019. Nesta terça (12), o time gaúcho fez uma partida irreconhecível e perdeu para o Libertad, do Paraguai, em plena Arena do Grêmio. A derrota por 1 a 0 na segunda rodada do grupo 8 veio acompanhada de um desempenho fraco no ataque e com defesa exposta desde os primeiros minutos.

Bareiro, nos acréscimos do primeiro tempo, fez o gol da partida. O Grêmio não teve nenhuma chance clara de gol, nem mesmo com Diego Tardelli na reta final do confronto.

Pior que o fim da invencibilidade no ano, após 10 partidas, é o cenário da tabela do grupo. Agora o Libertad tem seis pontos e o Grêmio soma apenas um. Na quarta-feira, a chave tem o segundo jogo da segunda rodada - entre Universidad Católica e Rosario Central.

O próximo jogo do Grêmio na Libertadores é contra a Universidad Católica, no Chile, em 4 de abril. Bem antes, no domingo, o time gremista entra em campo contra o Internacional. O Gre-Nal é válido pela 10ª rodada do Campeonato Gaúcho, na Arena.

QUEM FOI MAL: MAICON

Capitão e termômetro do Grêmio, o camisa 8 ficou sem espaço para criar. No primeiro tempo, acertou sem bola adversário e levou amarelo em lance onde tinha o domínio no meio-campo. Maicon acabou sendo o segundo jogador sacado na partida.

QUEM DECEPCIONOU: FELIPE VIZEU

Vilão contra o Rosario Central, por ter perdido gols incríveis, o centroavante novamente passou em branco. Felipe Vizeu foi sacado no intervalo e assistiu o restante da atuação atípica do banco.

SEM ACERTAR CHUTE A GOL

O Grêmio teve a bola, mas não conseguiu aplicar seu estilo de jogo contra o Libertad. A marcação cerrada do time paraguaio e a pressão forte na saída dos volantes deixou a equipe gremista amarrada. O ritmo lento foi quebrado raramente e graças e lampejos individuais, ora de Marinho e ora de Luan. Mas nada suficiente para levar real perigo ao gol de Martin Silva. Foram cinco conclusões até o intervalo e nenhum no gol.

LIBERTAD USA INVERSÕES LONGAS

O time visitante não ficou só atrás. Com inversões rápidas, o Libertad chegou ao gol do Grêmio desde o início da partida. Óscar Cardozo perdeu chance incrível dentro da área. O gol, nos acréscimos do primeiro tempo, nasceu às costas do lado direito.

RENATO SE IRRITA

A irritação de Renato com a atuação do time gerou um desabafo e a TV flagrou. As imagens do SporTV captaram o treinador prometendo fazer uma troca na equipe e o Twitter enlouqueceu com a leitura labial: "Eu vou trocar, f Eu vou trocar e f... Vários internautas reproduziram a bronca de Portaluppi. E a cena ocorreu antes do Libertad abrir o placar.
No intervalo, Renato foi o primeiro a passar visivelmente irritado com o time. No segundo tempo, o treinador deu novos esporros. Em um deles, Michel foi cobrado por não informar antes que estava sentindo dores. O volante foi atendido depois da terceira troca do time.

SUBSTITUIÇÕES CEDO E ABAFA

No intervalo, Renato tirou Felipe Vizeu e botou André. Aos 13 minutos do segundo tempo, Maicon deu lugar a Jean Pyerre e aos 23 foi a vez de Marinho (com dores na panturrilha) ser sacado para a entrada de Diego Tardelli. As trocas deixaram o meio-campo mais leve, o ataque com mais mobilidade.

VESTIÁRIO DO LIBERTAD TEM PIZZA PÓS-JOGO

Enquanto a bola ainda rolava no campo, o estafe do Libertad se agilizou para dar um jeito na inevitável fome do elenco. Seis pizzas foram pedidas para matar o apetite logo depois do apito final. Apesar da boquinha ainda no vestiário da Arena, o time paraguaio manteve jantar completo no hotel, em Porto Alegre.

GRÊMIO
Paulo Victor; Leonardo Gomes, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Maicon (Jean Pyerre), Marinho (Diego Tardelli), Luan e Everton; Felipe Vizeu (André). Técnico: Renato Gaúcho

LIBERTAD
Martín Silva; Piris, Luis Cardozo, Paulo da Silva e Cougo; Aquino (Riveros), Mejía, Bareiro, Rivero (Benítez) e Óscar Cardozo; Martínez (Recalde) Técnico: José Chamot

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 32.988 pessoas (30.680 pagantes)
Renda: R$ 1.136.733
Árbitro: Diego Haro (PER)
Auxiliares: Victor Raez (PER) e Michel Orue (PER)
Cartões amarelos: Maicon e Marinho (GRE); Cougo, Cardozo e Martínez (LIB)
Gols: Bareiro, aos 48min do primeiro tempo (LIB) 

Publicidade

Publicidade