Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esportes
Goiá e Baleia, os campeões do futebol de areia de Balneário Camboriú

Ideia é promover mudanças para tornar campeonato mais atraente  

Quarta, 27/3/2019 7:29.
Divulgação
Goiá, campeão da categoria Novos.

Publicidade

A 55a edição do Campeonato Oficial de Futebol de Areia terminou no sábado (23), com a disputa das finais nas três categorias. O Goiá venceu nas categorias Novos e Master e o Baleia é o novo campeão da categoria Senior.

Na decisão dos Novos, Goiá e Baleia terminaram sem gols, na disputa por penalidades, o Goiá venceu por 4x2. O terceiro lugar ficou com o Orca.

Na categoria Master o Goiá goleou o Focas por 4x0, deixando o Pescada em terceiro lugar.

Na final do Sênior, o Baleia venceu por 5x4 o Pescada.

A competição reuniu sete equipes, cada uma disputando as três categorias, totalizando mais de 300 jogadores. Ao todo foram realizados 72 jogos.

Mudanças

A superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) Mariana Dalvesco disse que é preciso tornar o campeonato de futebol de areia mais atrativo e para isso, a direção está estudando a possibilidade de um chamamento público.

“Queremos enriquecer o campeonato, tornar ele mais atrativo e valorizar esse que é o campeonato de futebol de areia mais antigo do Brasil. É uma competição histórica, mas queremos que ele seja reconhecido como tal”, disse.

O diretor de Esportes Comunitários, Elias Alcides Luciano disse que algumas mudanças são necessárias e elas começarão a ser discutidas logo após o encerramento do Campeonato Paralelo, que tem finais marcadas para a próxima sexta-feira (29).

“Queremos organizar melhor, talvez limitar o número de atletas por categoria, porque temos alguns jogadores que disputam nas três categorias do Oficial. Se ele tem mais de 37 anos, pode jogar nas três categorias, por exemplo e isso não está certo. Até porque quando ele chega na terceira partida da noite, já está cansado. E ao mesmo tempo temos que abrir espaço para outros jogadores”, salientou Elias.

Abrir categorias Sub-15, Sub-20 masculinas e realizar um campeonato feminino é outro assunto que entrará em discussão assim que a temporada atual do futebol de areia acabar.

Goiá, campeão na categoria Master.

Baleia, campeão na categoria Sênior. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Goiá e Baleia, os campeões do futebol de areia de Balneário Camboriú

Divulgação
Goiá, campeão da categoria Novos.
Goiá, campeão da categoria Novos.

Publicidade

Quarta, 27/3/2019 7:29.

A 55a edição do Campeonato Oficial de Futebol de Areia terminou no sábado (23), com a disputa das finais nas três categorias. O Goiá venceu nas categorias Novos e Master e o Baleia é o novo campeão da categoria Senior.

Na decisão dos Novos, Goiá e Baleia terminaram sem gols, na disputa por penalidades, o Goiá venceu por 4x2. O terceiro lugar ficou com o Orca.

Na categoria Master o Goiá goleou o Focas por 4x0, deixando o Pescada em terceiro lugar.

Na final do Sênior, o Baleia venceu por 5x4 o Pescada.

A competição reuniu sete equipes, cada uma disputando as três categorias, totalizando mais de 300 jogadores. Ao todo foram realizados 72 jogos.

Mudanças

A superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) Mariana Dalvesco disse que é preciso tornar o campeonato de futebol de areia mais atrativo e para isso, a direção está estudando a possibilidade de um chamamento público.

“Queremos enriquecer o campeonato, tornar ele mais atrativo e valorizar esse que é o campeonato de futebol de areia mais antigo do Brasil. É uma competição histórica, mas queremos que ele seja reconhecido como tal”, disse.

O diretor de Esportes Comunitários, Elias Alcides Luciano disse que algumas mudanças são necessárias e elas começarão a ser discutidas logo após o encerramento do Campeonato Paralelo, que tem finais marcadas para a próxima sexta-feira (29).

“Queremos organizar melhor, talvez limitar o número de atletas por categoria, porque temos alguns jogadores que disputam nas três categorias do Oficial. Se ele tem mais de 37 anos, pode jogar nas três categorias, por exemplo e isso não está certo. Até porque quando ele chega na terceira partida da noite, já está cansado. E ao mesmo tempo temos que abrir espaço para outros jogadores”, salientou Elias.

Abrir categorias Sub-15, Sub-20 masculinas e realizar um campeonato feminino é outro assunto que entrará em discussão assim que a temporada atual do futebol de areia acabar.

Goiá, campeão na categoria Master.

Baleia, campeão na categoria Sênior. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade