Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Nos pênaltis, Corinthians vence e pega Santos na semifinal

Quinta, 28/3/2019 5:15.

LUCIANO TRINDADE
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Corinthians avançou nesta quarta-feira (27) à semifinal do Campeonato Paulista após eliminar a Ferroviária nos pênaltis. No tempo normal, houve um novo empate, por 1 a 1, mesmo placar do jogo de ida, em Araraquara.

Nas cobranças, Cássio defendeu a sua 17ª penalidade pelo time alvinegro e Pedrinho converteu a última cobrança, que classificou os corintianos.

Na semifinal, a equipe do Parque São Jorge vai enfrentar o Santos, que eliminou na terça-feira (27) o Red Bull, tinha que tinha até então a melhor campanha da competição.

O primeiro jogo da semifinal entre os dois alvinegros será disputado em Itaquera, neste domingo (31), uma vez que o Santos somou mais pontos do que o Corinthians até aqui. O duelo de volta será na Vila. Assim como nas quartas de final, não há o critério do gol marcado fora de casa.

A última vez que corintianos e santistas se enfrentaram na fase de mata-mata do Estadual ocorreu em 2013, quando o time da capital conquistou o titulo após uma vitória por 2 a 1, no Pacaembu, em um empate, por 1 a 1, na Vila Belmiro.

Na primeira fase da edição deste ano, os dois rivais se enfrentaram em Itaquera e houve um novo empate, desta vez sem gols.

Para superar a Ferroviária, o time de Fábio Carille contou com gols de Júnior Urso, aos 34 da etapa inicial.

A exibição corintiana, no entanto, ainda ficou aquém do que se espera da equipe. A entrada de Jadson e a volta de Gustavo à equipe deram mais alternativas ao ataque, mas a Ferroviária trancou bem os espaços na defesa.

No primeiro tempo, até o gol de Urso, o Corinthians havia finalizado apenas uma vez com perigo, em cabeçada de Gustavo. À beira do campo, Carille demonstrava nervosismo, mas deixou para cobrar seus atletas no vestiário.

Após abrir o placar, os donos da casa melhoraram. Depois do intervalo,

Aos 4 minutos, o técnico pediu para os reservas aquecerem. Só aos 18 ele resolveu fazer uma mudança; sacou Jadson e colocou Sornoza, à essa altura precisava de mais volume ofensivo porque a Ferroviária havia empatado, com Thiago Santos.

Nem assim o Corinthians chegou ao segundo gol. Pedrinho e Boselli também entraram e o cenário não mudou.

Estádio: Itaquerão, em São Paulo
Juiz: Luiz Flavio de Oliveira
Cartões amarelos: Danilo Avelar (C); Diogo Matheus, Thiago Santos (F)
Gols: Júnior Urso, aos 34min do 1º tempo (C); Thiago Santos, aos 14min do 2º tempo (F)

CORINTHIANS
Cássio; Michel, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf (Pedrinho), Júnior Urso e Jadson (Sornoza); Clayson, Vagner Love (Boselli) e Gustagol. T.: Fábio Carille.

FERROVIÁRIA
Tadeu; Diogo Mateus (Alison), Rayan, Rodrigão e Arthur Henrique; Anderson Uchoa, Tony e Leo Arthur (Higor Meritão); Felipe Ferreira (Uillian), Diego Gonçalves e Thiago Santos. .: Vinicius Munhoz. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Nos pênaltis, Corinthians vence e pega Santos na semifinal

Publicidade

Quinta, 28/3/2019 5:15.

LUCIANO TRINDADE
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Corinthians avançou nesta quarta-feira (27) à semifinal do Campeonato Paulista após eliminar a Ferroviária nos pênaltis. No tempo normal, houve um novo empate, por 1 a 1, mesmo placar do jogo de ida, em Araraquara.

Nas cobranças, Cássio defendeu a sua 17ª penalidade pelo time alvinegro e Pedrinho converteu a última cobrança, que classificou os corintianos.

Na semifinal, a equipe do Parque São Jorge vai enfrentar o Santos, que eliminou na terça-feira (27) o Red Bull, tinha que tinha até então a melhor campanha da competição.

O primeiro jogo da semifinal entre os dois alvinegros será disputado em Itaquera, neste domingo (31), uma vez que o Santos somou mais pontos do que o Corinthians até aqui. O duelo de volta será na Vila. Assim como nas quartas de final, não há o critério do gol marcado fora de casa.

A última vez que corintianos e santistas se enfrentaram na fase de mata-mata do Estadual ocorreu em 2013, quando o time da capital conquistou o titulo após uma vitória por 2 a 1, no Pacaembu, em um empate, por 1 a 1, na Vila Belmiro.

Na primeira fase da edição deste ano, os dois rivais se enfrentaram em Itaquera e houve um novo empate, desta vez sem gols.

Para superar a Ferroviária, o time de Fábio Carille contou com gols de Júnior Urso, aos 34 da etapa inicial.

A exibição corintiana, no entanto, ainda ficou aquém do que se espera da equipe. A entrada de Jadson e a volta de Gustavo à equipe deram mais alternativas ao ataque, mas a Ferroviária trancou bem os espaços na defesa.

No primeiro tempo, até o gol de Urso, o Corinthians havia finalizado apenas uma vez com perigo, em cabeçada de Gustavo. À beira do campo, Carille demonstrava nervosismo, mas deixou para cobrar seus atletas no vestiário.

Após abrir o placar, os donos da casa melhoraram. Depois do intervalo,

Aos 4 minutos, o técnico pediu para os reservas aquecerem. Só aos 18 ele resolveu fazer uma mudança; sacou Jadson e colocou Sornoza, à essa altura precisava de mais volume ofensivo porque a Ferroviária havia empatado, com Thiago Santos.

Nem assim o Corinthians chegou ao segundo gol. Pedrinho e Boselli também entraram e o cenário não mudou.

Estádio: Itaquerão, em São Paulo
Juiz: Luiz Flavio de Oliveira
Cartões amarelos: Danilo Avelar (C); Diogo Matheus, Thiago Santos (F)
Gols: Júnior Urso, aos 34min do 1º tempo (C); Thiago Santos, aos 14min do 2º tempo (F)

CORINTHIANS
Cássio; Michel, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf (Pedrinho), Júnior Urso e Jadson (Sornoza); Clayson, Vagner Love (Boselli) e Gustagol. T.: Fábio Carille.

FERROVIÁRIA
Tadeu; Diogo Mateus (Alison), Rayan, Rodrigão e Arthur Henrique; Anderson Uchoa, Tony e Leo Arthur (Higor Meritão); Felipe Ferreira (Uillian), Diego Gonçalves e Thiago Santos. .: Vinicius Munhoz. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade