Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Willian Cardoso, o Panda, embarca para treinos em El Salvador
Divulgação

Quarta, 6/3/2019 13:47.

O surfista Willian Cardoso, conhecido como Panda, morador de Balneário Camboriú, é o único catarinense que está entre os melhores atletas do mundo (ocupando a 13ª posição no ranking). Ele está se preparando para as provas desse ano, que iniciam em abril na Austrália, e embarca nesta quinta-feira (7) para El Salvador, onde vai começar a treinar de forma mais intensa para a competição.

Apesar de ter nascido em Joinville, Panda defende que nasceu em Balneário Camboriú através do surfe. “Minhas raízes se completam aqui. Foi o surfe que me colocou para o mundo. Mesmo quando viajo, a melhor coisa é voltar para casa, é surfar em casa. É diferente e único, é aqui que posso surfar com os meus amigos, ir para o mar a hora que eu quiser”, afirma.

Em El Salvador o foco maior será a parte física, para ter um rendimento melhor no campeonato desse ano. Vão ser 10 dias de viagem, para testes de equipamento e manobras. El Salvador tem, segundo Willian, muitas ondas para o lado direito, assim como sediará as três primeiras etapas do campeonato. Em 2018, Panda terminou em 13º lugar, e a meta dele agora é estar entre os cinco melhores.

Apesar de ser mais velho, Panda está com 33 anos, e alguns dos surfistas melhores do mundo terem entre 20 e 25 anos, ele está confiante.

“Quero conseguir a vaga para as Olimpíadas. Sei que tenho um longo caminho pela frente, mas estarei de igual para igual entre os melhores. Hoje o Brasil é a maior potência do surfe mundial, e não tenho dúvidas de que vamos fazer uma ótima campanha”, diz.

Antes de viajar, Panda fechou contrato com um novo patrocinador, a construtora Mendes Sibara, empresa local que assim como a marca Santacosta acredita no atleta e irá auxiliar nos custos dele durante o ano de 2019 no circuito mundial de surfe.

O surfista também adquiriu um apartamento no edifício Brava Arts, da Mendes, que está sendo construído na Praia Brava de Itajaí e é assinado pelo artista Romero Britto. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Saúde

As vizinhas Itapema (185) e Camboriú (105) lideram a lista de doentes autóctones


Justiça

MP diz que aluguel de totens de segurança causou prejuízo ao erário


Geral

Evento será nessa sexta (24) e sábado (25)


Cultura

Livro “Camboriú e Balneário e Camboriú – a história das duas cidades” em nova versão


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Willian Cardoso, o Panda, embarca para treinos em El Salvador

Divulgação

Publicidade

Quarta, 6/3/2019 13:47.

O surfista Willian Cardoso, conhecido como Panda, morador de Balneário Camboriú, é o único catarinense que está entre os melhores atletas do mundo (ocupando a 13ª posição no ranking). Ele está se preparando para as provas desse ano, que iniciam em abril na Austrália, e embarca nesta quinta-feira (7) para El Salvador, onde vai começar a treinar de forma mais intensa para a competição.

Apesar de ter nascido em Joinville, Panda defende que nasceu em Balneário Camboriú através do surfe. “Minhas raízes se completam aqui. Foi o surfe que me colocou para o mundo. Mesmo quando viajo, a melhor coisa é voltar para casa, é surfar em casa. É diferente e único, é aqui que posso surfar com os meus amigos, ir para o mar a hora que eu quiser”, afirma.

Em El Salvador o foco maior será a parte física, para ter um rendimento melhor no campeonato desse ano. Vão ser 10 dias de viagem, para testes de equipamento e manobras. El Salvador tem, segundo Willian, muitas ondas para o lado direito, assim como sediará as três primeiras etapas do campeonato. Em 2018, Panda terminou em 13º lugar, e a meta dele agora é estar entre os cinco melhores.

Apesar de ser mais velho, Panda está com 33 anos, e alguns dos surfistas melhores do mundo terem entre 20 e 25 anos, ele está confiante.

“Quero conseguir a vaga para as Olimpíadas. Sei que tenho um longo caminho pela frente, mas estarei de igual para igual entre os melhores. Hoje o Brasil é a maior potência do surfe mundial, e não tenho dúvidas de que vamos fazer uma ótima campanha”, diz.

Antes de viajar, Panda fechou contrato com um novo patrocinador, a construtora Mendes Sibara, empresa local que assim como a marca Santacosta acredita no atleta e irá auxiliar nos custos dele durante o ano de 2019 no circuito mundial de surfe.

O surfista também adquiriu um apartamento no edifício Brava Arts, da Mendes, que está sendo construído na Praia Brava de Itajaí e é assinado pelo artista Romero Britto. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade