Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Com gol de bicicleta, Grêmio afunda Chapecoense e emplaca quinta vitória seguida

Segunda, 11/11/2019 6:32.

Publicidade

Um golaço de bicicleta do atacante Luciano logo aos dois minutos do primeiro tempo fez o Grêmio emplacar a quinta vitória seguida no Campeonato Brasileiro, na noite deste domingo, ao bater a Chapecoense por 1 a 0, na Arena Condá, em Chapecó, pela 32.ª rodada. O time gremista não atingia esta sequência de triunfos na competição desde 2015.

A boa série fez o time gaúcho dar um importante passo rumo a fase de grupos da Copa Libertadores de 2020 ao se consolidar na quarta colocação, com 56 pontos, quatro na frente do São Paulo. Já a Chapecoense estacionou nos 22 e, em penúltimo lugar, está cada vez mais perto da Série B.

A torcida da Chapecoense que compareceu em bom número à Arena Condá recebeu um balde de água fria logo aos dois minutos. Após escanteio cobrado por Alisson, a bola sobrou para Luciano abrir o placar de bicicleta, marcando um bonito gol. Na sequência, Everton dominou errado e perdeu a chance de ampliar.

O time da casa sentiu o gol sofrido e não conseguia chegar com perigo ao defendido por Paulo Victor. Enquanto isso, o Grêmio ia acumulando chances. Aos 22 minutos, Alisson invadiu a área e finalizou em cima de João Ricardo. Logo depois, os gremistas reclamaram de um pênalti não marcado em Kannemann.

Na melhor oportunidade do time catarinense ao longo de todo o primeiro tempo, Renato escapou em velocidade e passou para Camilo. O meia, porém, escorregou na hora da finalização e desperdiçou uma boa chance.

Precisando da vitória, a Chapecoense criou a primeira chance do segundo tempo logo aos cinco minutos, em finalização de Camilo nas mãos de Paulo Victor. A resposta do Grêmio veio na sequência Alisson cobrou falta e João Ricardo fez grande defesa.

A partida ficou aberta e o time gaúcho começou a ter muito espaço para os contra-ataques. Aos 23, Pepê recebeu lançamento de Darlan e saiu na cara do goleiro, mas abusou do preciosismo ao tentar por cobertura e mandou pela linha de fundo. A Chapecoense tinha muitas dificuldades para criar.

Em uma das poucas oportunidades, Everaldo aproveitou falha de Kannemann e finalizou na rede pelo lado de fora. Depois disso, o Grêmio controlou a posse da bola e esperou o apito final do árbitro.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 33.ª rodada. A Chapecoense recebe o Ceará, às 18 horas, na Arena Condá, enquanto o Grêmio enfrenta o Flamengo, às 16 horas, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 0 X 1 GRÊMIO

CHAPECOENSE - João Ricardo; Renato, Rafael Pereira, Douglas (Vini Locatelli) e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo e Camilo (Dalberto); Arthur Gomes (Gustavo Campanharo), Everaldo e Roberto. Técnico: Marquinhos Santos.

GRÊMIO - Paulo Victor; Rafael Galhardo, David Braz, Kannemann e Juninho Capixaba; Darlan (Paulo Miranda), Matheus Henrique, Diego Tardelli (Pepê), Alisson e Everton; Luciano (Patrick). Técnico: Renato Gaúcho.

GOL - Luciano, aos dois minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Amaral (Chapecoense); Patrick e Kannemann (Grêmio).

RENDA - R$ 839.850,00.

PÚBLICO - 13.335 pagantes.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Com gol de bicicleta, Grêmio afunda Chapecoense e emplaca quinta vitória seguida

Publicidade

Segunda, 11/11/2019 6:32.

Um golaço de bicicleta do atacante Luciano logo aos dois minutos do primeiro tempo fez o Grêmio emplacar a quinta vitória seguida no Campeonato Brasileiro, na noite deste domingo, ao bater a Chapecoense por 1 a 0, na Arena Condá, em Chapecó, pela 32.ª rodada. O time gremista não atingia esta sequência de triunfos na competição desde 2015.

A boa série fez o time gaúcho dar um importante passo rumo a fase de grupos da Copa Libertadores de 2020 ao se consolidar na quarta colocação, com 56 pontos, quatro na frente do São Paulo. Já a Chapecoense estacionou nos 22 e, em penúltimo lugar, está cada vez mais perto da Série B.

A torcida da Chapecoense que compareceu em bom número à Arena Condá recebeu um balde de água fria logo aos dois minutos. Após escanteio cobrado por Alisson, a bola sobrou para Luciano abrir o placar de bicicleta, marcando um bonito gol. Na sequência, Everton dominou errado e perdeu a chance de ampliar.

O time da casa sentiu o gol sofrido e não conseguia chegar com perigo ao defendido por Paulo Victor. Enquanto isso, o Grêmio ia acumulando chances. Aos 22 minutos, Alisson invadiu a área e finalizou em cima de João Ricardo. Logo depois, os gremistas reclamaram de um pênalti não marcado em Kannemann.

Na melhor oportunidade do time catarinense ao longo de todo o primeiro tempo, Renato escapou em velocidade e passou para Camilo. O meia, porém, escorregou na hora da finalização e desperdiçou uma boa chance.

Precisando da vitória, a Chapecoense criou a primeira chance do segundo tempo logo aos cinco minutos, em finalização de Camilo nas mãos de Paulo Victor. A resposta do Grêmio veio na sequência Alisson cobrou falta e João Ricardo fez grande defesa.

A partida ficou aberta e o time gaúcho começou a ter muito espaço para os contra-ataques. Aos 23, Pepê recebeu lançamento de Darlan e saiu na cara do goleiro, mas abusou do preciosismo ao tentar por cobertura e mandou pela linha de fundo. A Chapecoense tinha muitas dificuldades para criar.

Em uma das poucas oportunidades, Everaldo aproveitou falha de Kannemann e finalizou na rede pelo lado de fora. Depois disso, o Grêmio controlou a posse da bola e esperou o apito final do árbitro.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 33.ª rodada. A Chapecoense recebe o Ceará, às 18 horas, na Arena Condá, enquanto o Grêmio enfrenta o Flamengo, às 16 horas, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 0 X 1 GRÊMIO

CHAPECOENSE - João Ricardo; Renato, Rafael Pereira, Douglas (Vini Locatelli) e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo e Camilo (Dalberto); Arthur Gomes (Gustavo Campanharo), Everaldo e Roberto. Técnico: Marquinhos Santos.

GRÊMIO - Paulo Victor; Rafael Galhardo, David Braz, Kannemann e Juninho Capixaba; Darlan (Paulo Miranda), Matheus Henrique, Diego Tardelli (Pepê), Alisson e Everton; Luciano (Patrick). Técnico: Renato Gaúcho.

GOL - Luciano, aos dois minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Amaral (Chapecoense); Patrick e Kannemann (Grêmio).

RENDA - R$ 839.850,00.

PÚBLICO - 13.335 pagantes.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade