Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Grêmio joga mal e perde novamente para o Athletico-PR na Arena da Baixada

Quinta, 28/11/2019 8:27.

Publicidade

O reencontro do Grêmio com o Athletico-PR após perder a semifinal da Copa do Brasil foi para ser esquecido. Nesta quarta-feira, o time gaúcho foi dominado pelo adversário e perdeu por 2 a 0, na Arena da Baixada, pela 35.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado negativo evitou que o Grêmio garantisse a classificação antecipada para a fase de grupos da Copa Libertadores. Com os mesmos 59 pontos do Athletico-PR, que emplacou a quarta vitória seguida, o time comandado por Renato Gaúcho é o quarto colocado por causa do saldo de gols (21 a 18)

Com o Grêmio priorizando a marcação, o Athletico começou a partida com mais posse de bola e criou a primeira chance aos dez minutos. Rony fez a jogada individual e passou para Marcelo Cirino finalizar com perigo. A resposta do time tricolor veio em chute rasteiro de Diego Tardelli nas mãos de Santos.

Aos 25 minutos, Cortez escapou bem pela esquerda e cruzou na medida para Alisson. Livre, o atacante perdeu boa oportunidade ao cabecear para fora. O Grêmio foi se soltando aos poucos. Depois foi a vez de Everton testar o goleiro rubro-negro.

O Athletico voltou a assustar com Rony, que passou por Galhardo e finalizou. Paulo Victor espalmou. A partida era movimentada e os donos da casa abriram o placar aos 33. Márcio Azevedo tabelou com Rony e, mesmo sem ângulo, soltou a bomba: 1 a 0.

O gol acabou abalando o time gaúcho, que não conseguiu mais criar até o intervalo. Por outro lado, o Athletico perdeu a chance de ampliar quando Nikão finalizou e viu a bola passar perto da trave.

Na volta do intervalo, o Grêmio esboçou uma pressão e teve boa oportunidade em cabeceio de Michel. Atento, Santos fez a defesa sem dar rebote. A situação da equipe gaúcha, porém, ficou ainda pior aos 18 minutos. Nikão chutou forte e a bola bateu no braço de Matheus Henrique dentro da área. O pênalti só foi assinalado pelo árbitro após consulta do VAR. Nikão cobrou forte, sem chances para Paulo Victor.

Logo depois, Rony recebeu na cara do goleiro, mas mandou fraco nas mãos do goleiro. Aos 21, o atacante gremista Diego Tardelli agrediu Nikão e foi expulso pelo árbitro. A torcida rubro-negra gritava "olé" a cada troca de passe do time. Sem forças para reagir, o Grêmio viu o Athletico-PR tirar o pé e apenas tocar a bola esperando o tempo passar até o apito final do árbitro.

O Athletico-PR volta a campo no sábado, contra o Ceará, às 19 horas, no Castelão, em Fortaleza, enquanto o Grêmio encara o São Paulo, no domingo, também às 19 horas, na sua arena, em Porto Alegre. Os jogos são válidos pela 36.ª rodada.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR 2 X 0 GRÊMIO

ATHLETICO-PR - Santos; Jonathan (Adriano), Thiago Heleno, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Camacho (Erick) e Lucho González (Léo Cittadini); Nikão, Rony e Marcelo Cirino. Técnico: Eduardo Barros.

GRÊMIO - Paulo Victor; Rafael Galhardo, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Matheus Henrique, Alisson (Darlan), Luciano (Pepê) e Everton; Diego Tardelli. Técnico: Renato Gaúcho

GOLS - Márcio Azevedo, aos 33 minutos do primeiro tempo; Nikão, aos 18 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Bruno Arleu de Araújo (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Wellington, Camacho e Nikão (Athletico-PR); Kannemann, Cortez e Matheus Henrique (Grêmio).

CARTÃO VERMELHO - Diego Tardelli (Grêmio).

RENDA - R$ 572.985,00.

PÚBLICO - 21.709 presentes.

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Grêmio joga mal e perde novamente para o Athletico-PR na Arena da Baixada

Publicidade

Quinta, 28/11/2019 8:27.

O reencontro do Grêmio com o Athletico-PR após perder a semifinal da Copa do Brasil foi para ser esquecido. Nesta quarta-feira, o time gaúcho foi dominado pelo adversário e perdeu por 2 a 0, na Arena da Baixada, pela 35.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado negativo evitou que o Grêmio garantisse a classificação antecipada para a fase de grupos da Copa Libertadores. Com os mesmos 59 pontos do Athletico-PR, que emplacou a quarta vitória seguida, o time comandado por Renato Gaúcho é o quarto colocado por causa do saldo de gols (21 a 18)

Com o Grêmio priorizando a marcação, o Athletico começou a partida com mais posse de bola e criou a primeira chance aos dez minutos. Rony fez a jogada individual e passou para Marcelo Cirino finalizar com perigo. A resposta do time tricolor veio em chute rasteiro de Diego Tardelli nas mãos de Santos.

Aos 25 minutos, Cortez escapou bem pela esquerda e cruzou na medida para Alisson. Livre, o atacante perdeu boa oportunidade ao cabecear para fora. O Grêmio foi se soltando aos poucos. Depois foi a vez de Everton testar o goleiro rubro-negro.

O Athletico voltou a assustar com Rony, que passou por Galhardo e finalizou. Paulo Victor espalmou. A partida era movimentada e os donos da casa abriram o placar aos 33. Márcio Azevedo tabelou com Rony e, mesmo sem ângulo, soltou a bomba: 1 a 0.

O gol acabou abalando o time gaúcho, que não conseguiu mais criar até o intervalo. Por outro lado, o Athletico perdeu a chance de ampliar quando Nikão finalizou e viu a bola passar perto da trave.

Na volta do intervalo, o Grêmio esboçou uma pressão e teve boa oportunidade em cabeceio de Michel. Atento, Santos fez a defesa sem dar rebote. A situação da equipe gaúcha, porém, ficou ainda pior aos 18 minutos. Nikão chutou forte e a bola bateu no braço de Matheus Henrique dentro da área. O pênalti só foi assinalado pelo árbitro após consulta do VAR. Nikão cobrou forte, sem chances para Paulo Victor.

Logo depois, Rony recebeu na cara do goleiro, mas mandou fraco nas mãos do goleiro. Aos 21, o atacante gremista Diego Tardelli agrediu Nikão e foi expulso pelo árbitro. A torcida rubro-negra gritava "olé" a cada troca de passe do time. Sem forças para reagir, o Grêmio viu o Athletico-PR tirar o pé e apenas tocar a bola esperando o tempo passar até o apito final do árbitro.

O Athletico-PR volta a campo no sábado, contra o Ceará, às 19 horas, no Castelão, em Fortaleza, enquanto o Grêmio encara o São Paulo, no domingo, também às 19 horas, na sua arena, em Porto Alegre. Os jogos são válidos pela 36.ª rodada.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR 2 X 0 GRÊMIO

ATHLETICO-PR - Santos; Jonathan (Adriano), Thiago Heleno, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Camacho (Erick) e Lucho González (Léo Cittadini); Nikão, Rony e Marcelo Cirino. Técnico: Eduardo Barros.

GRÊMIO - Paulo Victor; Rafael Galhardo, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Matheus Henrique, Alisson (Darlan), Luciano (Pepê) e Everton; Diego Tardelli. Técnico: Renato Gaúcho

GOLS - Márcio Azevedo, aos 33 minutos do primeiro tempo; Nikão, aos 18 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Bruno Arleu de Araújo (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Wellington, Camacho e Nikão (Athletico-PR); Kannemann, Cortez e Matheus Henrique (Grêmio).

CARTÃO VERMELHO - Diego Tardelli (Grêmio).

RENDA - R$ 572.985,00.

PÚBLICO - 21.709 presentes.

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade