Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Balneário Camboriú com forte representação nos Parajasc

Mariana Dalvesco, superintendente da FMEBC está otimista

Quarta, 16/10/2019 13:08.
Divulgação
Suzana, um dos destaques da delegação de Balneário no Parajasc

Publicidade

Os 50 atletas que estão representando Balneário Camboriú na 15ª edição dos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc), desde segunda-feira (14), em Caçador, carregam na bagagem uma grande expectativa de resultados nas cinco modalidades em que competirão: Atletismo, Handebol em cadeira de rodas, Basquete em cadeira de rodas, Bocha paralímpica e Bocha. A competição reúne dois mil paratletas catarinenses com deficiência física (DF), auditiva (DA) intelectual (DI) e visual (DV), que competem em 12 modalidades, até o próximo domingo (20).

A superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC), Mariana Dalvesco está otimista.

“Estamos em Caçador com a maior delegação que j´pa levamos para os Parajasc. Não só pelo número de inscritos, mas pela qualidade dos atletas. Temos chance real em figurar entre os três primeiros colocados na pontuação geral”, afirmou.

Este otimista é consequência do trabalho que a Fundação vem fazendo há dois anos, quando o paradesporto levou vários atletas para o cenário nacional. Mariana citou o exemplo de Suzana Cristina da Silva, 34 anos, que praticava atletismo, sofreu um acidente, afastou-se do esporte por um tempo até que o paradesporto a trouxe de volta, para jogar no time de handebol em cadeira de rodas. Suzana é goleira e uma das convocadas para integrar a seleção brasileira.

“A maior parte dos convocados para a seleção brasileira é de Balneário. Este é só um exemplo do esporte movimentando a vida das pessoas, através do esporte adaptado e que tem refletido no crescimento geral do paradesporto. Hoje temos uma equipe muito forte no paratletismo também, estamos com uma delegação forte, talvez a mais forte que já levamos para o Parajasc”, reforçou Mariana.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação
Suzana, um dos destaques da delegação de Balneário no Parajasc
Suzana, um dos destaques da delegação de Balneário no Parajasc

Balneário Camboriú com forte representação nos Parajasc

Mariana Dalvesco, superintendente da FMEBC está otimista

Publicidade

Quarta, 16/10/2019 13:08.

Os 50 atletas que estão representando Balneário Camboriú na 15ª edição dos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc), desde segunda-feira (14), em Caçador, carregam na bagagem uma grande expectativa de resultados nas cinco modalidades em que competirão: Atletismo, Handebol em cadeira de rodas, Basquete em cadeira de rodas, Bocha paralímpica e Bocha. A competição reúne dois mil paratletas catarinenses com deficiência física (DF), auditiva (DA) intelectual (DI) e visual (DV), que competem em 12 modalidades, até o próximo domingo (20).

A superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC), Mariana Dalvesco está otimista.

“Estamos em Caçador com a maior delegação que j´pa levamos para os Parajasc. Não só pelo número de inscritos, mas pela qualidade dos atletas. Temos chance real em figurar entre os três primeiros colocados na pontuação geral”, afirmou.

Este otimista é consequência do trabalho que a Fundação vem fazendo há dois anos, quando o paradesporto levou vários atletas para o cenário nacional. Mariana citou o exemplo de Suzana Cristina da Silva, 34 anos, que praticava atletismo, sofreu um acidente, afastou-se do esporte por um tempo até que o paradesporto a trouxe de volta, para jogar no time de handebol em cadeira de rodas. Suzana é goleira e uma das convocadas para integrar a seleção brasileira.

“A maior parte dos convocados para a seleção brasileira é de Balneário. Este é só um exemplo do esporte movimentando a vida das pessoas, através do esporte adaptado e que tem refletido no crescimento geral do paradesporto. Hoje temos uma equipe muito forte no paratletismo também, estamos com uma delegação forte, talvez a mais forte que já levamos para o Parajasc”, reforçou Mariana.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade