Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Martinho de Balneário Camboriú conquista Circuito Trakcyon UVP por antecipação

Ele formou dupla com Ceará, de São José

Segunda, 21/10/2019 18:46.
Divulgação
Martinho, de Balneário e Ceará, campeões do Trackcyon2019

Publicidade

A dupla formada pelos jogadores Martinho, da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) e Ceará, de São José, conquistou a oitava etapa do Circuito Trakcyon UVP, disputada final de semana, em São Francisco do Sul. Com esta vitória, a dupla conquistou por antecipação o título da temporada, sagrando-se campeã geral da competição, mesmo faltando ainda duas etapas. Na partida decisiva da etapa, Martinho e Ceará venceram a dupla Dudu e Picoli, de Timbó.

Além de Martinho, Balneário Camboriú jogou a etapa com Daniel, Tony e Rafael. Todos são treinados por Leize Bianchini.

Jogo Universitários

Os atletas da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC), Tony Celso Mafra Júnior, 22 anos e Esthela Michalsky Puel, 20 anos estão viajando para Salvador, onde disputarão a etapa nacional dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs).

Esthela é estudante da Universidade Federal (UFSC) e Toni é acadêmico da Univali. Os dois venceram a etapa do Catarinense Universitário, o que os credenciou a disputar a fase nacional da competição.

Os Jogos Universitários iniciaram nesta segunda-feira (21) e seguem por uma semana. São perto de 2.500 atletas e técnicos que irão disputar as modalidades de futsal, handebol, judô, karatê, natação, vôlei, vôlei de praia, basquete e basquete 3×3 que fazem parte da grade dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, mas também estão inclusos no JUBs competições de jogos eletrônicos (FIFA e League of Legends), disputa acadêmica - que premia artigos científicos relacionados a esporte - e cheerleading, novidade desta edição, composta por levantamentos, acrobacias, saltos, dança e pirâmides.

O vice-presidente da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), Alim Maluf Neto explicou que para chegarem à fase decisiva, os finalistas foram selecionados em quatro regionais.

"Eles passaram pelas etapas estaduais, depois por etapas regionais classificatórias para culminar em Salvador com o que a gente pode dizer que é o supra-sumo do esporte universitário nacional. Na CBDU hoje passam 80 mil alunos-atletas e aqui estão os 2.500 melhores", disse Maluf Neto.

A jogadora Esthela, da UFSC

O jogador Toni, da Univali


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação
Martinho, de Balneário e Ceará, campeões do Trackcyon2019
Martinho, de Balneário e Ceará, campeões do Trackcyon2019

Martinho de Balneário Camboriú conquista Circuito Trakcyon UVP por antecipação

Ele formou dupla com Ceará, de São José

Publicidade

Segunda, 21/10/2019 18:46.

A dupla formada pelos jogadores Martinho, da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) e Ceará, de São José, conquistou a oitava etapa do Circuito Trakcyon UVP, disputada final de semana, em São Francisco do Sul. Com esta vitória, a dupla conquistou por antecipação o título da temporada, sagrando-se campeã geral da competição, mesmo faltando ainda duas etapas. Na partida decisiva da etapa, Martinho e Ceará venceram a dupla Dudu e Picoli, de Timbó.

Além de Martinho, Balneário Camboriú jogou a etapa com Daniel, Tony e Rafael. Todos são treinados por Leize Bianchini.

Jogo Universitários

Os atletas da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC), Tony Celso Mafra Júnior, 22 anos e Esthela Michalsky Puel, 20 anos estão viajando para Salvador, onde disputarão a etapa nacional dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs).

Esthela é estudante da Universidade Federal (UFSC) e Toni é acadêmico da Univali. Os dois venceram a etapa do Catarinense Universitário, o que os credenciou a disputar a fase nacional da competição.

Os Jogos Universitários iniciaram nesta segunda-feira (21) e seguem por uma semana. São perto de 2.500 atletas e técnicos que irão disputar as modalidades de futsal, handebol, judô, karatê, natação, vôlei, vôlei de praia, basquete e basquete 3×3 que fazem parte da grade dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, mas também estão inclusos no JUBs competições de jogos eletrônicos (FIFA e League of Legends), disputa acadêmica - que premia artigos científicos relacionados a esporte - e cheerleading, novidade desta edição, composta por levantamentos, acrobacias, saltos, dança e pirâmides.

O vice-presidente da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), Alim Maluf Neto explicou que para chegarem à fase decisiva, os finalistas foram selecionados em quatro regionais.

"Eles passaram pelas etapas estaduais, depois por etapas regionais classificatórias para culminar em Salvador com o que a gente pode dizer que é o supra-sumo do esporte universitário nacional. Na CBDU hoje passam 80 mil alunos-atletas e aqui estão os 2.500 melhores", disse Maluf Neto.

A jogadora Esthela, da UFSC

O jogador Toni, da Univali


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade