Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
5º Capoezade, projeto social, movimenta Itajaí

O projeto é aprovado pela lei de incentivo à cultura, da Fundação Cultural de Itajaí

Quarta, 23/10/2019 18:05.
Divulgação

Publicidade

O 5º Capoezade – Festival de Capoeira, projeto social com diversidade cultural fomentada por mestres de Santa Catarina e outros lugares do Brasil, movimenta Itajaí de sexta-feira (25) a domingo (27). O objetivo é contribuir para a profissionalização de grupos de capoeira através de cursos de maculelê, histórias das origens do surgimento da capoeira e de cantigas que envolvem a prática. Além disso, o festival busca promover o intercâmbio cultural com mestres de vários cantos do país, como Bahia, Pará e São Paulo, e de diversas cidades catarinenses.

A abertura do evento será na sexta-feira, às 19h. com workshops, roda de abertura com mestres e capoeiristas de quatro estados brasileiros, no Centro Comunitário do Bairro Bambuzal. Sábado (26), às 13h, será realizado o torneio Capoezade 2019 no átrio da prefeitura de Itajaí. O torneio é dividido nas categorias masculino e feminino, e modalidades que vão do infantil até o profissional. Às 19h, acontecerá o 'Festival noite dos cantadores' no auditório da prefeitura e no domingo, às 14h, acontecerá o batizado e a troca de graduação, além de roda de encerramento, no átrio da prefeitura de Itajaí.

Entre os convidados do evento, estão o mestre Santana de Piçarras, a contramestre Aranha Paraná, a mestranda Kallú São Paulo e a professora Foguetinho. O Capoezade foi idealizado pelo capoeirista Edson Sousa, conhecido como mestre Cachorro. Desde 2008, o profissional ministra aulas de capoeira para crianças e adolescentes em diversos bairros de Itajaí.

O projeto é aprovado pela lei de incentivo à cultura, da Fundação Cultural de Itajaí e Prefeitura de Itajaí, com renúncia fiscal da Unimed Litoral.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação

5º Capoezade, projeto social, movimenta Itajaí

O projeto é aprovado pela lei de incentivo à cultura, da Fundação Cultural de Itajaí

Publicidade

Quarta, 23/10/2019 18:05.

O 5º Capoezade – Festival de Capoeira, projeto social com diversidade cultural fomentada por mestres de Santa Catarina e outros lugares do Brasil, movimenta Itajaí de sexta-feira (25) a domingo (27). O objetivo é contribuir para a profissionalização de grupos de capoeira através de cursos de maculelê, histórias das origens do surgimento da capoeira e de cantigas que envolvem a prática. Além disso, o festival busca promover o intercâmbio cultural com mestres de vários cantos do país, como Bahia, Pará e São Paulo, e de diversas cidades catarinenses.

A abertura do evento será na sexta-feira, às 19h. com workshops, roda de abertura com mestres e capoeiristas de quatro estados brasileiros, no Centro Comunitário do Bairro Bambuzal. Sábado (26), às 13h, será realizado o torneio Capoezade 2019 no átrio da prefeitura de Itajaí. O torneio é dividido nas categorias masculino e feminino, e modalidades que vão do infantil até o profissional. Às 19h, acontecerá o 'Festival noite dos cantadores' no auditório da prefeitura e no domingo, às 14h, acontecerá o batizado e a troca de graduação, além de roda de encerramento, no átrio da prefeitura de Itajaí.

Entre os convidados do evento, estão o mestre Santana de Piçarras, a contramestre Aranha Paraná, a mestranda Kallú São Paulo e a professora Foguetinho. O Capoezade foi idealizado pelo capoeirista Edson Sousa, conhecido como mestre Cachorro. Desde 2008, o profissional ministra aulas de capoeira para crianças e adolescentes em diversos bairros de Itajaí.

O projeto é aprovado pela lei de incentivo à cultura, da Fundação Cultural de Itajaí e Prefeitura de Itajaí, com renúncia fiscal da Unimed Litoral.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade