Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Vasco joga mal no Piauí, empata com Altos, mas está na 2ª fase da Copa do Brasil

Quinta, 13/2/2020 7:27.

Publicidade

O Vasco jogou mal, mas empatou com o Altos-PI, nesta quarta-feira à noite, em Teresina, por 1 a 1, e garantiu vaga na segunda fase da Copa do Brasil. Com o resultado, o time do técnico Abel Braga vai enfrentar o CRB, de Alagoas.

A equipe carioca teve o domínio da partida e perdeu várias chances de gol, mas no final, com medo de levar um gol e ser eliminado, abdicou do ataque e por pouco não foi surpreendido pelo limitado time piauiense.

O primeiro tempo foi todo do Vasco, que poderia ter feito dois gols antes dos primeiros 20 minutos, com Marrony e Talles Magno. Mas foi o Altos que abriu o placar, aos 19 pontos, com um gol contra de Marrony, que desviou de cabeça, após falta cobrada na intermediária pelo lado direito. O árbitro Dyorgines Jose Padovani de Andrade, do Espírito Santo, curiosamente, anotou na súmula gol para Rafael Carioca.

A partir daí, o Vasco acumulou uma série de oportunidades. O goleiro Rodrigo Ramos, de 40 anos, foi o grande destaque do time piauiense, com pelo menos três grandes defesas. O principal momento do arqueiro ocorreu aos 39 minutos, quando as finalizações de Marrony e Cano foram defendidas.

O destaque pelo lado do Vasco foi o meia Marcos Júnior, autor de três passes, que por muito pouco não resultaram em gol para o time carioca. Mas após tanto insistir o Vasco conseguiu o empate, após jogada rápida, que Talles Magno colocou Cano mais uma vez diante de Rodrigo Ramos. Desta vez o argentino não desperdiçou: 1 a 1. Abel Braga festejou como se fosse um título

No segundo tempo, o Vasco diminuiu a pressão, enquanto o Altos demonstrou falta de preparo físico para buscar a vitória. Com isso, o jogo perdeu ritmo. O clima ficou quente apenas aos nove minutos, quando Alberto fez falta feia em Andrey e levou cartão amarelo. O capitão Leandro Castán reclamou muito e o juiz precisou intervir para evitar uma confusão maior.

O Vasco permaneceu perdendo boas chances, criadas em sua maior parte por Marcos Júnior, um dos melhores em campo. O goleiro Rodrigo Ramos, apesar de algumas saídas em falso, voltou a fazer boas defesas.

O fim de jogo foi tenso para a torcida vascaína, que se assustou ao ver Jânio subir sozinho aos 47 minutos, após cobrança de escanteio pela esquerda, mas a finalização foi para fora.

FICHA TÉCNICA

ALTOS-PI 1 X 1 VASCO

ALTOS - Rodrigo Ramos; Júlio Ferrari, Reinaldo Lobo, Leandro (Netinho) e Tiaguinho; Alberto, Max Carrasco, Echeverría (Xilu) e Klenisson; Raphael Carioca (Alex Mineiro) e Jânio. Técnico: Fernando Tonet.

VASCO - Fernando Miguel; Yago Pikachu, Werley, Leandro Castán e Henrique; Andrey, Raul e Marcos Júnior (Juninho); Talles Magno (Vinícius), Cano e Marrony (Tiago Reis). Técnico: Abel Braga.

GOLS - Rafael Carioca aos 19 e Cano aos 47 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES).

CARTÕES AMARELOS - Reinaldo Lobo, Alberto, Echeverría, Cano, Max Carrasco.

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Albertão, em Teresina.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Vasco joga mal no Piauí, empata com Altos, mas está na 2ª fase da Copa do Brasil

Publicidade

Quinta, 13/2/2020 7:27.

O Vasco jogou mal, mas empatou com o Altos-PI, nesta quarta-feira à noite, em Teresina, por 1 a 1, e garantiu vaga na segunda fase da Copa do Brasil. Com o resultado, o time do técnico Abel Braga vai enfrentar o CRB, de Alagoas.

A equipe carioca teve o domínio da partida e perdeu várias chances de gol, mas no final, com medo de levar um gol e ser eliminado, abdicou do ataque e por pouco não foi surpreendido pelo limitado time piauiense.

O primeiro tempo foi todo do Vasco, que poderia ter feito dois gols antes dos primeiros 20 minutos, com Marrony e Talles Magno. Mas foi o Altos que abriu o placar, aos 19 pontos, com um gol contra de Marrony, que desviou de cabeça, após falta cobrada na intermediária pelo lado direito. O árbitro Dyorgines Jose Padovani de Andrade, do Espírito Santo, curiosamente, anotou na súmula gol para Rafael Carioca.

A partir daí, o Vasco acumulou uma série de oportunidades. O goleiro Rodrigo Ramos, de 40 anos, foi o grande destaque do time piauiense, com pelo menos três grandes defesas. O principal momento do arqueiro ocorreu aos 39 minutos, quando as finalizações de Marrony e Cano foram defendidas.

O destaque pelo lado do Vasco foi o meia Marcos Júnior, autor de três passes, que por muito pouco não resultaram em gol para o time carioca. Mas após tanto insistir o Vasco conseguiu o empate, após jogada rápida, que Talles Magno colocou Cano mais uma vez diante de Rodrigo Ramos. Desta vez o argentino não desperdiçou: 1 a 1. Abel Braga festejou como se fosse um título

No segundo tempo, o Vasco diminuiu a pressão, enquanto o Altos demonstrou falta de preparo físico para buscar a vitória. Com isso, o jogo perdeu ritmo. O clima ficou quente apenas aos nove minutos, quando Alberto fez falta feia em Andrey e levou cartão amarelo. O capitão Leandro Castán reclamou muito e o juiz precisou intervir para evitar uma confusão maior.

O Vasco permaneceu perdendo boas chances, criadas em sua maior parte por Marcos Júnior, um dos melhores em campo. O goleiro Rodrigo Ramos, apesar de algumas saídas em falso, voltou a fazer boas defesas.

O fim de jogo foi tenso para a torcida vascaína, que se assustou ao ver Jânio subir sozinho aos 47 minutos, após cobrança de escanteio pela esquerda, mas a finalização foi para fora.

FICHA TÉCNICA

ALTOS-PI 1 X 1 VASCO

ALTOS - Rodrigo Ramos; Júlio Ferrari, Reinaldo Lobo, Leandro (Netinho) e Tiaguinho; Alberto, Max Carrasco, Echeverría (Xilu) e Klenisson; Raphael Carioca (Alex Mineiro) e Jânio. Técnico: Fernando Tonet.

VASCO - Fernando Miguel; Yago Pikachu, Werley, Leandro Castán e Henrique; Andrey, Raul e Marcos Júnior (Juninho); Talles Magno (Vinícius), Cano e Marrony (Tiago Reis). Técnico: Abel Braga.

GOLS - Rafael Carioca aos 19 e Cano aos 47 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES).

CARTÕES AMARELOS - Reinaldo Lobo, Alberto, Echeverría, Cano, Max Carrasco.

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Albertão, em Teresina.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade